Home / Colunistas / Monica Romeiro / Se eu te der um chocolate você fica feliz?

Se eu te der um chocolate você fica feliz?

Eu e meu marido sempre explicamos para o Lucas – 2 anos e 5 meses – o motivo pelo qual ele tem que ir embora, ou largar um brinquedo, mesmo que seja para trocar a fralda nós sempre avisamos, e assim muitas birras e choros são evitados. Não achamos adequado tirar a criança de seu entretenimento sem justificativas porque não gostaríamos que fizessem isso conosco também.

Tem dias que eu explico para o Lucas que temos que ir embora do parque ou shopping e ele numa boa me atende e vamos embora conversando, felizes e brincando. Mas tem dias que não há explicação que resolva, tenho que pegar no colo e levá-lo embora aos prantos. No carro o chororô continua e assim vai até chegar a nossa casa.

Mas nem sempre estamos com aquela energia toda para lidar com as birras que, de vez em quando, cismam em aparecer, e é nessa hora que eu acabo cometendo um pecado que, acredito eu, muitas mães cometem, mas ninguém quer assumir: chantagem, mas para ficar mais “leve” vamos chamar de negociação!

Quem é mãe e nunca negociou com uma guloseima, um parque no dia seguinte ou mesmo um brinquedinho deveria ganhar um prêmio Nobel, ser canonizada ou ter uma estátua em praça pública! Não estou dizendo que esse artifício deve ser praticado com frequência, mas não me sinto tão mal assim em usá-lo de vez em quando.

chocolate04Um chocolate pode mudar o humor de uma criança em 2 segundos! Um carrinho faz o almoço ficar mais saboroso! Um parque pode transformar a despedida da casa da vovó em uma situação tranquila para a família toda!

Mas acredito que essa negociação deve ser usada somente em momentos estratégicos, evitando futilidades e sem livrar dos pais a obrigação de educar e acalmar os filhos. Deixo para aquele dia em que minha paciência foi para o brejo ou quando estamos em algum evento e quero evitar aborrecimentos e olhos tortos – como se meu filho fosse a única criança do planeta a chorar quando é “forçado” a ir embora.

Agora é torcer para que o pediatra das crianças jamais leia essa blogada! Caso o Doutor esteja lendo, é só de vez em quanto, viu?

Monica Romeiro é mãe do Lucas e da Larissa e administradora do Almanaque dos Pais

Sobre Monica Romeiro

Monica Romeiro
Monica Romeiro é mamãe babona e apaixonada do Lucas - nascido em janeiro de 2011 - e da Larissa - nascida em julho de 2012 -, casada, publicitária por formação e empreendedora na Internet por paixão – paixão por criar, ler, escrever, pesquisar, colaborar, navegar, ajudar e compartilhar suas experiências. Escreve (sem papas na língua) sobre maternidade e dá dicas sobre empreendedorismo.

Veja também

cartao-dia-dos-pais-turma-da-monica

Aplicativo para cartão Dia dos Pais | Turma da Mônica

Durante todo o mês de agosto estará disponível o aplicativo para você preparar o cartão do Dia dos Pais com o tema da Turma da Mônica. Pegue o link aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.