Priscilla Aitelli – Almanaque dos Pais https://www.almanaquedospais.com.br Do sonho de ser mãe aos 6 anos do seu filho Tue, 05 Feb 2019 17:57:25 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=5.1 https://www.almanaquedospais.com.br/wp-content/uploads/2016/09/cropped-logo-Almanaque-dos-pais-512x512-150x150.png Priscilla Aitelli – Almanaque dos Pais https://www.almanaquedospais.com.br 32 32 Curso à Pretendentes à Adoção exigido pela Vara de infância e juventude https://www.almanaquedospais.com.br/curso-a-pretendentes-a-adocao-exigido-pela-vara-de-infancia-e-juventude/ https://www.almanaquedospais.com.br/curso-a-pretendentes-a-adocao-exigido-pela-vara-de-infancia-e-juventude/#respond Mon, 07 Dec 2015 10:00:36 +0000 http://www.almanaquedospais.com.br/?p=11721 Hoje trago para vocês um pouquinho mais de informação sobre uma das etapas do Processo de Habilitação para os Pretendentes à Adoção: O Curso à Pretendentes.

The post Curso à Pretendentes à Adoção exigido pela Vara de infância e juventude appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
Olá Pessoal!

Hoje trago para vocês um pouquinho mais de informação sobre uma das etapas do Processo de Habilitação para os Pretendentes à Adoção – O Curso à Pretendentes.

Adocao

Adotar não é tão simples como parece, não é apenas juntada de documentos e pronto “vocês estão na fila”. Todas estas etapas visam a seguridade das crianças, para que não haja risco que criança, já “fragilizada”, seja inserida em uma outra família que têm duvidas sobre a adoção. E para isso, hoje em dia, é obrigatório aos pais candidatos à adoção a participação em um curso, ministrado pelos Técnicos das Varas de Infância e Juventude (Juiz, Advogados, Psicólogos, Assistentes Sociais).

Esse curso à pretendentes está previsto na Lei 8.069/90, no Art. 197-C, § 1º:

Art. 197-C. Intervirá no feito, obrigatoriamente, equipe interprofissional a serviço da Justiça da Infância e da Juventude, que deverá elaborar estudo psicossocial, que conterá subsídios que permitam aferir a capacidade e o preparo dos postulantes para o exercício de uma paternidade ou maternidade responsável, à luz dos requisitos e princípios desta lei. § 1º É obrigatória a participação dos postulantes em programa oferecido pela Justiça da Infância e da Juventude preferencialmente com apoio dos técnicos responsáveis pela execução da política municipal de garantia do direito à convivência familiar, que inclua preparação psicológica, orientação e estímulo à adoção inter-racial, de crianças maiores ou de adolescentes, com necessidades específicas de saúde ou com deficiências e de grupos de irmãos.

Depois da entrega dos papeis esse é o próximo passo a ser dado, claro, volto a lembrar que cada Comarca tem uma sistemática, infelizmente não há padronização no processo, pelo menos é o que tenho visto e escutado nas rodas de conversa sobre o tema. Contudo todos os quesitos são efetuados: inscrição, curso, entrevista e homologação.

Cada comarca convoca os pretendentes à adoção para o curso que é realizado no período de funcionamento do Fórum, geralmente duas tardes, assim foi aqui.

Fique tranquilo se tiver que justificar a falta no trabalho, é dado um documento de comparecimento, assinado pelo Juiz, informando da convocação judicial para a participação no curso.

Nesse curso à pretendentes à adoção são abordados vários temas:

– Tipos de Adoção – Adoção Legal e Ilegal;

– Psicologia da Adoção;

– A situação da Comarca – quantas crianças foram adotadas, quantas ainda estão para adotar, faixas etárias;

– Os abrigos e a vida das crianças abrigadas;

– Por que passar pela preparação;

– O que entendemos por adoção;

– O adotante, a decisão, o luto da infertilidade, a renúncia do parceiro fértil;

– A mulher que entrega o filho;

– A criança que será filho, sua história de vida, o nome que tem;

– Laços sanguíneos ou ligação afetiva;

– Se o filho desejar buscar sua origem;

– Limites e projeto educativo;

– Revelação de sua origem;

– Vínculos anteriores, tempo de adaptação;

– Período de convivência e guarda;

– Criança maior, regressão psicológica;

– Grupos de irmãos e adoções especiais;

– A família ampliada e a necessidade de sua preparação;

– Depoimentos.

 

Cada Comarca abordará esses e outros temas que achar pertinente, sendo uma reunião “Tira Duvidas” com a troca de informações com os outros casais adotantes.

Após o término a pessoa receberá um documento de conclusão, que será anexado ao processo de habilitação.

Então, pronto… mais uma etapa concluída e rumo a próxima!!

E não precisa ter medo em nenhuma delas viu… vai na fé e com foco, rumo a maternidade, rumo ao positivo da Gestação do Coração!!

The post Curso à Pretendentes à Adoção exigido pela Vara de infância e juventude appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
https://www.almanaquedospais.com.br/curso-a-pretendentes-a-adocao-exigido-pela-vara-de-infancia-e-juventude/feed/ 0
Quando dizer chega para as tentativas por um filho biológico https://www.almanaquedospais.com.br/quando-dizer-chega-para-as-tentativas-por-um-filho-biologico/ https://www.almanaquedospais.com.br/quando-dizer-chega-para-as-tentativas-por-um-filho-biologico/#respond Mon, 19 Oct 2015 10:00:51 +0000 http://www.almanaquedospais.com.br/?p=11327 Priscilla Aitelli fala sobre quando dizer chega para as tentativas por um filho biológico e partir para a Gestação do Coração (Adoção).

The post Quando dizer chega para as tentativas por um filho biológico appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
Olá Pessoal do Almanaque dos Pais,

Como vocês leram no primeiro post aqui no site, fui tentante por muitos anos, fizemos diversos procedimentos, fui revirada do avesso, tinha tudo e ao mesmo tempo nada, todos os problemas tratados e mesmo assim a gestação “natural” não acontecia, quando acontecia era através das técnicas de reprodução humana.

E quando chega a hora de parar?

Cada pessoa, cada casal, tem seu limite, físico, emocional e financeiro. Conheço pessoas que estão na 4°, 5° FIV e estão super animados, além de ansiosos, para mais uma tentativa – tiro o meu chapéu para essas mulheres guerreiras. Conheço outras que após os primeiros exames já cogitaram outras formas de constituição familiar.

O que quero dizer para vocês é que cada pessoa é única, e essa decisão deve ser feita com seu parceiro – caso tenha um, pois muitas mulheres embarcam na “produção independente” e estão muito felizes com sua escolha – vale o que seu coração mandar, ele saberá a hora certa.
Cada um tem seu tempo…

Divido com vocês o post que escrevi no meu Blog quando decidimos parar de fazer as tentativas de ter o filho biológico e vivenciar a Gestação do Coração!

No último post do meu blog vocês souberam que a nossa FIV não tinha dado certo… doeu e ainda dói mas tenho a grande certeza que a ferida cicatrizará sim!!!

Para uma mulher não é fácil lidar com o fato que não gestará seu filho, todas nós (ou a maioria de nós) sonhamos em ver a barrigona crescer, fazer pré-natal (com direito a Ultrassom e escutar os batimentos do coração), são 9 meses de espera e preparativos!

Nenhum médico me disse: “Você nunca engravidará!”, mas já sabemos que se não foi fácil até agora, com a idade avançando só tende a piorar… Claro, claro, sei que se for a vontade de Deus isso vai acontecer, mas nesse momento penso que a melhor coisa a fazer é deixar as coisas acontecerem… não ficar me desgastando emocionalmente com essa história, me remoendo todo o mês quando a minha menstruação chegar, sabe por quê?

Porque já estou GRÁVIDA… é siiiiim…. estou sim!!!

Já estou grávida há 1 ano e 6 meses… nossos (meu e do meu marido) corações estão grávidos, e nesse ponto teremos uma gravidez conjunta, imaginem só, homem e mulher igualitários na gestação…raro não é?! pois a mãe sempre tem o privilégio de “gestar” e carregar o novo serzinho… e dessa forma eu e o Silvio gestamos nosso filho(s).

Pri Aitelli 04

É uma gravidez um pouco diferente, não mais nem menos, apenas diferente!

Você também vai gostar de ler:

Documentação para adoção
As similaridades da Gestação do Coração e a Biológica

The post Quando dizer chega para as tentativas por um filho biológico appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
https://www.almanaquedospais.com.br/quando-dizer-chega-para-as-tentativas-por-um-filho-biologico/feed/ 0
As similaridades da Gestação do Coração e a Biológica https://www.almanaquedospais.com.br/as-similaridades-da-gestacao-do-coracao-e-a-biologica/ https://www.almanaquedospais.com.br/as-similaridades-da-gestacao-do-coracao-e-a-biologica/#respond Tue, 22 Sep 2015 10:00:15 +0000 http://www.almanaquedospais.com.br/?p=11185 Priscilla Aitelli fala sobre as similaridades da Gestação do Coração e a Biológica, sintomas que as mamães que adotam sentem durante a gravidez do coração.

The post As similaridades da Gestação do Coração e a Biológica appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
Olá Pessoal,

Estar grávida do coração tem algumas similarides com a gravidez biológica, e claro, algumas diferenças. Não temos a barriga, mas a ansiedade da espera é a mesma, na do coração, o tempo, é só um pouquinho (ou poucão) maior, muitas vezes superando os 9 meses da gravidez biológica.

Todas as mamães e papais criam expectativas de como seu filhotinho vai ser (fisicamente e sua personalidade. Quem não sonha?!) e a dúvida se daremos conta do recado (sabemos que sim) ronda constantemente!

Pri Aitelli 08

Uma das preocupações de uma mãe que gesta o coração é a falta de “controle”, não sei se essa é a palavra correta, mas enfim…. Não temos o controle do processo que corre na Vara de Infância, podemos acompanhá-lo pelo site do TJ (Tribunal de Justiça), mas não há prazos preestabelecidos para cada etapa da habilitação dos pretendentes à adoção, então tudo depende da Comarca em que você reside, da quantidade de processos lá e da quantidade de profissionais existentes para fazer com que esses processos andem.

Quando você se descobre grávida biológica, você repensa a sua vida, seus hábitos, como você tem cuidado de sua saúde, se está se alimentando bem, se está fazendo uma atividade física; se não está, pensa em mudar para proporcionar um bom desenvolvimento do bebê. Claro que deveríamos nos comportar assim também quando estamos Gravidos do Coração, por uma questão de saúde com nós mesmos, pensando em gozar de bons momentos com esse novo serzinho, mas nem sempre é assim que acontece, rsrs. Quando se está grávida do coração, rezamos muito para que a vida intrauterina do bebê seja calma, tranquila, para que qualquer adversidade que aconteça seja posteriormente superada e transformada com o amor.

Uma das coisas fisiológicas que acontecem com as Gravidas do Coração (pelo menos comigo) que se assemelha a gravidez biológica é a famosa falta de memória. Nossa, como tenho sofrido com isso! Minha memória foi consumida pela gestação, não que tivesse uma mega memória anteriormente, mas dois passos para escrever um item da dispensa que está faltando fazem com que eu esqueça e tenha que voltar ao ponto inicial para relembrar! Tenho vivido de anotações em bloco de notas!!

Outro sintoma da gravidez biológica que afeta as gravidas do coração são as alternancias de dias que você tem um sono “infinito”, que dorme em qualquer lugar (é só encostar), com dias em que fica com a cabeça a mil sem sono e planejando mil coisas do futuro! Digo que a natureza é sábia e também promove esses momentos de teste drive para as futuras mamães que terão o seu parto através da Adoção.

Por aqui ainda não tivemos desejo, nem enjoo, mas já ouvi de amigas também gravidas do coração que são sintomas que podem existir nessa gestação!!

E por favor, não subestime os sintomas dessa gravidez, alterações hormonais também ocorrem nosso corpo, e não deixe que outras pessoas que não estão vivenciando esse momento falarem que são coisas da sua cabeça, erga a cabeça, viva essa gestação plenamente, pois ela é SIM legitima e linda!!

E todas nós grávidas do coração e grávidas biológicas queremos o melhor para os nossos filhos, e vivenciando com plenitude as nossas gestações estamos nos preparando para recebe-los com todo amor e carinho!

The post As similaridades da Gestação do Coração e a Biológica appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
https://www.almanaquedospais.com.br/as-similaridades-da-gestacao-do-coracao-e-a-biologica/feed/ 0
Documentação para adoção https://www.almanaquedospais.com.br/documentacao-para-adocao/ https://www.almanaquedospais.com.br/documentacao-para-adocao/#respond Tue, 25 Aug 2015 10:00:37 +0000 http://www.almanaquedospais.com.br/?p=11098 Saiba como proceder e toda a documentação para adoção necessária para iniciar o processo e entrar no Cadastro Estadual ou Nacional de Adoção (CNJ)

The post Documentação para adoção appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
Olá,

Tudo bem?

Por aqui tudo tranquilo, a gravidez do Coração está bem, apesar de nosso processo estar meio enrolado por causa da mudança de cidade e consequentemente mudança do processo de comarca (assunto para um próximo post).

Como contei no primeiro post aqui no Almanaque a adoção sempre esteve presente em nossos pensamentos, meu e do Silvio, mesmo que tivéssemos nossos filhos biológicos, decidimos desde que namorávamos, que um de nossos filhos também viria através da adoção.

Quando a gravidez começou a demorar, essa ideia começou a rondar com mais frequência a minha cabeça, então em 2012 resolvemos reunir a papelada e levar ao Fórum, na Vara de Infância e Juventude (VIJ), para começar esse processo da Gravidez do Coração.

Confesso que se soubesse que o processo em minha cidade era tão demorado teríamos antecipado essa entrada. Vale lembrar que o processo de habilitação dos futuros pretendentes a pais adotivos varia de comarca para comarca, e vai depender do número de processos de habilitação e do número de profissionais para fazer essa habilitação na VIJ.

Então se tens BEM claro que quer (ou querem) realmente adotar uma criança aconselho ir até a VIJ da sua cidade e conversar com a Assistente Social, perguntando qual é o tempo médio de espera por uma criança no perfil desejado (dependendo do perfil pode levar meses ou anos, mas isso é uma escolha do coração, e não deve ser influenciado pelo tempo de espera).

Tendo a vontade de adotar e as “duvidas” sanadas você deverá fazer a entrega da documentação exigida na Comarca da sua Residência (onde você mora efetivamente), levando os seguintes documentos (se for casal, das duas pessoas):

Documentação para adoção:

documentacao-para-adocao-600x749

  • Identidade;
  • CPF;
  • Requerimento conforme o modelo (modelo aqui em baixo);
  • Certidão de antecedentes criminais**;
  • Certidão negativa de distribuição cível***;
  • Atestado de sanidade mental;
  • Comprovante de residência;
  • Comprovante de rendimentos;
  • Certidão de casamento ou declaração relativo ao período de união estável, ou certidão de nascimento (se solteiro);
  • Fotos dos requerentes.

 

Você deve apresentar os documentos originais, acompanhado de cópias; ou cópias autenticadas.

** Os papéis mais chatinhos de conseguir, pois você tem que ir em todos os Fóruns da sua comarca, caso tenha mais que 1, ex: aqui em Floripa tem 2, tivemos que pegar nos dois.

*** Dependendo da Comarca é exigido o atestado de um Médico Psiquiatra. Mas se não for exigido pode ser dado por qualquer médico, então podes escolher um médico que você vá com frequência (que foi o nosso caso).

Modelo do Requerimento

Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz da Vara de Infância e Juventude.

( Nome do casal ), ele nascido ( local e data ), profissão; ela nascida ( local e data ), profissão; residentes ( endereço completo ), vêm respeitosamente junto a Vossa Excelência requerer a inscrição como candidatos a adoção de ( número de crianças ), em condições jurídicas de adoção, com fundamento no art. 50, 1, da Lei 8.069/90, de 30 de julho de 1990.

 

Nestes Termos

Pede Deferimento

Local e data.

Assinatura da Pessoa ( se for Casal, dos dois ).

 

Clique aqui para acessar o Site do Modelo

 

Depois de protocolar esses documentos no Fórum não significa que você já está no Cadastro Estadual ou Nacional de Adoção (CNJ), existem mais 2 etapas importantes para vocês receberam o “APTOS à Adoção”, o tão sonhado “POSITIVO” da Gestação do Coração, que são:

  1. Curso de Pretendentes a Pais Adotivos (ministrado pela VIJ);
  2. Estudo Psicossocial realizado pela Assistente Social e Psicologo da VIJ, com entrevista e visita a residência dos futuros pais.

 

Esses são os primeiros passos a serem tomados quando se decide ficar Gravida do Coração!

 

Um grande Beijo no Coração,

The post Documentação para adoção appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
https://www.almanaquedospais.com.br/documentacao-para-adocao/feed/ 0
Gestação do Coração: Ensaio Fotográfico https://www.almanaquedospais.com.br/gestacao-do-coracao-ensaio-fotografico/ https://www.almanaquedospais.com.br/gestacao-do-coracao-ensaio-fotografico/#respond Tue, 28 Jul 2015 10:00:59 +0000 http://www.almanaquedospais.com.br/?p=10930 Conheça o ensaio fotográfico da gestação do coração, realizado por casais que recebem o “positivo”, a inclusão no CNA (Cadastro Nacional da Adoção).

The post Gestação do Coração: Ensaio Fotográfico appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
Registrar momentos de felicidade é muito importante para eternizar e poder relembrar. Gestação, Nascimento, 1º Aniversário, 15 anos, Casamento… quem nunca reviveu os momentos folheando os álbuns de fotos?

Registrar o momento de espera de um filho é o que geralmente as Gestantes fazem, muitas vezes mês a mês, e terminam com aquele Ensaio Fotográfico lindo; pura ostentação de 9 meses de felicidades – na maioria das vezes, rsrs – pois sabemos que podem ocorrer alguns “contratempos”.

E como fazem as Mulheres que escolheram uma gestação diferente? Uma gestação sem “barriga”, muitas vezes com um período de espera maior que os 9 meses – uma gestação que ocorre no coração, em que o filho virá através da Adoção!

Fazem também um ensaio fotográfico para registrar essa espera! Porque não?

Foi o que nós fizemos, e confesso que foi um dos nossos maiores acertos, depois da nossa decisão de adotar.

Talvez para os homens, esse registro não tenha o mesmo significado que têm para as mulheres. Muitos deles não verbalizam, com facilidade, os sentimentos dessa espera. Muitos não têm tanta paciência para essas coisas de pose, foto, book, mas fazem para agradar suas amadas (nada mais justo, rsrs).

As mulheres, 1000 vezes mais emotivas (na sua maioria), necessitam de desses momentos para se sentirem confiantes, especiais e amadas. E para as mulheres que gestam o coração, esse ensaio tem um poder de empoderamento fenomenal, é uma autoafirmação de que: SIM, nossa gestação existe!

Esse foi o nosso Ensaio Fotográfico da Gestação do Coração, fizemos 5 meses após recebermos nosso “positivo”, a inclusão no CNA (Cadastro Nacional da Adoção). Foi bem descontraído e envolvemos todos os integrantes da nossa família: Eu, Marido, Tayna (a irmã humana), Dora e Minduim (os irmãos caninos), numa tarde de muita risada e cumplicidade.

Tudo registrado pelas lentes que captam amor da fotografa Jéssica Melo, que mesmo sem muita referencia de ensaios fotográficos como esse (da Gestação do Coração) no Brasil, soube nos escutar, sentir a essência da nossa família e clicar momentos de descontração e alegria.

O Ensaio da Gestação do Coração é um ensaio novo aqui no Brasil, poucas pessoas o fizeram; mas é muito comum em países estrangeiros.

Para todas as Gestantes do Coração aconselho a investir na vivência com plenitude dessa gestação, bem como no preparo para a chegada dos filhos, através muita informação, escolhas conscientes e muito amor.

Clique nas fotos do Ensaio Fotográfico abaixo para ampliar!

Pri Aitelli 03 Pri Aitelli 02 Pri Aitelli 06
Pri Aitelli 01 Pri Aitelli 05 Pri Aitelli 07
Pri Aitelli 08 Pri Aitelli 09 Pri Aitelli 10
Pri Aitelli 04 Pri Aitelli 11 Pri Aitelli 12

The post Gestação do Coração: Ensaio Fotográfico appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
https://www.almanaquedospais.com.br/gestacao-do-coracao-ensaio-fotografico/feed/ 0
Priscilla Aitelli: Vontade de ser mãe https://www.almanaquedospais.com.br/priscilla-aitelli-vontade-de-ser-mae/ https://www.almanaquedospais.com.br/priscilla-aitelli-vontade-de-ser-mae/#respond Tue, 14 Jul 2015 10:00:44 +0000 http://www.almanaquedospais.com.br/?p=10912 Conheça Priscilla Aitelli, a nova colunista do Almanaque dos pais. Neste post ela fala sobre sua história, a vontade de ser mãe e a gestação do coração.

The post Priscilla Aitelli: Vontade de ser mãe appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
Olá,

Meu nome é Priscilla Aitelli, tenho 37 anos, e dentro de mim sempre reinou a vontade de ser mãe, mas nunca pensei que travaria uma “batalha” para ter esse meu sonho realizado.

Cresci com a ideia de que antes dos filhos teriam que vir os estudos, trabalho, estabilidade financeira, bem como um marido e um casamento. A sociedade é cruel com certas imposições feitas às mulheres nos dias de hoje.

Então segui o ritmo “normal” e estudei, me formei, passei num concurso publico, me casei, me separei, encontrei uma pessoa maravilhosa e quis formar uma família logo. Sempre tive a convicção de que meus filhos viriam da barriga e do coração, através da adoção, e fiquei feliz ao saber que meu Marido também compartilhava desse desejo.

Os meses foram passando e nada da gravidez ocorrer. Tentamos pelos métodos “naturais”, através da “reprodução assistida” e no meio de tudo isso iniciamos o preparo para a Gestação do Coração, entregamos os papéis na Vara de Infância e Juventude e aguardamos o curso de preparação de pretendentes à Adoção, as entrevistas com a Assistente Social e a Psicóloga, visitas na nossa casa e a inclusão no Cadastro Nacional da Adoção (CNA).

Enquanto esse tempo corria, 2 cirurgias de Endometriose, 1 Inseminação Artificial (já tínhamos feito outras 3 anteriormente, com 2 gestações não levadas até o segundo mês) e 1 Fertilização in Vitro (FIV), também sem sucesso.

Todos esses procedimentos me levaram a questionar, por várias vezes, se estávamos no caminho certo em busca da maternidade e paternidade. Parei e olhei para dentro de mim, e a vontade de ser mãe aumentava a cada dia, mas cheguei a conclusão que eu não precisava de uma barriga para me tornar uma.

Assumir a minha Gestação do Coração de forma plena e única me fez poder vivenciar o estado “estar grávida” de uma forma diferente, mas tão empoderadora quanto. Mostrar para a sociedade essa nova forma de gestar está sendo um desafio, pois convencionalmente “gestante é = a barriga” e a gravidez através da adoção se torna invisível.

Pri Aitelli 03

E o Blog Mamy Antenada que começou como uma forma de compartilhar os anseios e angústias durante as tentativas de reprodução assistida se tornou um Diário da Gestação do Coração, além de poder compartilhar algumas Mulherices, o que me faz muito bem e ajudando aliviar o estresse da espera.

Foi nesse momento que conheci várias outras mulheres que estão também dando voz a essa gestação, vi que não estava sozinha e assim essa caminhada tem sido mais fácil.

A gestação do coração é muito aguarda e envolve uma grande espera, é uma gestação onde não há uma data prevista para o parto, muitas vezes não sabemos o sexo e a idade certa da criança que virá, e por aqui também não sabemos quantos virão (é, pode ser mais que 1!). Mas mesmo assim é uma gestação prazerosa, linda e compartilhada, onde a busca por informações é essencial para que a adoção se concretize de forma segura e feliz.

Nós recebemos nosso positivo em Novembro de 2014, após 2 anos e 8 meses que entramos com os papéis, sendo incluídos no CNA; mas atualmente a nossa luta é para movimentação do nosso processo para a Comarca em que estamos residindo.

Apesar de toda a morosidade e entraves nos processos que envolvem a Adoção tentamos buscar o lado positivo dessa vivência! E é com muito prazer que vou compartilhar com vocês todo esse processo aqui no Almanaque dos Pais!

Um grande beijo no Coração

Pri

The post Priscilla Aitelli: Vontade de ser mãe appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
https://www.almanaquedospais.com.br/priscilla-aitelli-vontade-de-ser-mae/feed/ 0