O que você precisa saber – Almanaque dos Pais https://www.almanaquedospais.com.br Do sonho de ser mãe aos 6 anos do seu filho Tue, 05 Feb 2019 17:57:25 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=5.1 https://www.almanaquedospais.com.br/wp-content/uploads/2016/09/cropped-logo-Almanaque-dos-pais-512x512-150x150.png O que você precisa saber – Almanaque dos Pais https://www.almanaquedospais.com.br 32 32 Mala da maternidade – itens, documentos, dicas e cuidados https://www.almanaquedospais.com.br/mala-da-maternidade-itens-documentos-dicas-e-cuidados/ https://www.almanaquedospais.com.br/mala-da-maternidade-itens-documentos-dicas-e-cuidados/#comments Mon, 10 Sep 2018 17:50:00 +0000 http://www.almanaquedospais.com.br/?p=1329 Saiba os documentos, itens, dicas e cuidados na hora de preparar a mala da maternidade. Lista dos itens em pdf para baixar e imprimir.

The post Mala da maternidade – itens, documentos, dicas e cuidados appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
Está chegando o grande dia! Certifique-se de que a Mala da maternidade, ou melhor, as malas (serão 3 malas) estejam todas prontas quando você entrar na semana 35 de gestação, desta forma você ficará mais tranquila e evitará correria caso seu trabalho de parto inicie antes da semana 40.


As 3 malas que você precisará organizar são a mala do bebê, a sua e a do acompanhante. A lista é um pouco exagerada para que, havendo imprevistos, você não precise pedir para alguém sair correndo pegar alguma coisa na sua casa.

Clique aqui para baixar a LISTA DA MALA DA MATERNIDADE

Informações importantes antes de organizar a Mala da maternidade:

Geralmente as maternidades fornecem uma lista com os itens que você deverá levar para você e o bebê e eles podem variar de acordo com a estação, mas antes de iniciar a organização da mala do bebê verifique se a maternidade que você escolheu tem sua temperatura controlada por climatizador, pois neste caso você levará somente conjuntos de meia-estação.
Fraldas e artigos de higiene serão fornecidos pelo hospital, mas não custa confirmar com eles quando você entrar em contato para saber sobre a temperatura.

Tradição das cores amarela e vermelha das roupas do bebê:

Você já notou que os filhos dos famosos saem da maternidade sempre com uma peça de roupa, sapatinho ou manta na cor vermelha?
É porque há uma tradição aqui no Brasil de que o bebê deve usar roupa amarela no dia do nascimento e vermelha na saída da maternidade. E a razão é simples, o significado da cor.

Foto: Diogo Santos
Foto: Diogo Santos

Amarelo: Vida, riqueza e prosperidade;
Vermelho: Proteção e boas energias (inclusive protegendo de mau-olhado e inveja).
Existem significados para várias outras cores e você também pode usar mais de uma:
Azul: paz e tranquilidade;
Rosa: amor e felicidade
Verde: Saúde e serenidade;
Branco: pureza e leveza;
Lilás: delicadeza.

Cuidados com as roupas do bebê:

– Lavar com sabão neutro todas as peças;
– Não utilizar amaciantes e perfumes nas roupas;
– Retirar todos os alfinetes, etiquetas, embalagens e elásticos apertados;
– Escolha tecidos adequados à estação (por exemplo, não leve lã no verão);
– Não leve broches ou enfeites que precisem de alfinete para prender na roupa;
– Evite fitas com elástico para cabelo das meninas;
– Cuidado com babados e golas altas que podem incomodar o bebê e atrapalhar na amamentação.
– Evite levar meias, sapatinhos, pulseirinhas, enfeites de cabelo para as meninas, gorros e qualquer outro item pequeno, pois eles podem acabar sumindo entre uma troca e outra do bebê.

Itens para a mala do bebê:

2 mantas ou xales (uma de algodão leve e outra de soft ou outro tecido mais quentinho)
6 macacões ou conjuntinhos (no verão opte por tecidos leves e no inverno opte pelos mais quentinhos, tais como o soft. Se houver temperatura controlada provavelmente o bebê utilizará somente tecidos leves ou conjuntinhos de malha e, se precisar, a mantinha.)
6 bodies de manga comprida ou conjunto pagão
6 calças com pé, só leve meias se for inverno.
8 fraldinhas ou paninhos de boca (para dar mamar ao bebê e pode limpar o excesso)
1 saída maternidade (não é obrigatório, mas algumas mamães compram uma roupinha especial para a saída da maternidade, geralmente com uma manta combinando)
Separe em envelopes ou saquinhos com uma etiqueta os conjuntinhos que seu bebê utilizará por dia. Serão 6 saquinhos. Geralmente a primeira roupinha quem entregará para a enfermeira será seu acompanhante, então é melhor deixar tudo organizadinho.

Cuidados com a mala da mamãe:

Suas roupas também devem ser lavadas com sabão neutro porque o bebê estará em contato direto com você. Esqueça os perfumes, cremes perfumados, pulseiras e anéis desta vez, mas não deixe a vaidade de lado e invista em batom, rímel, presilhas para cabelo e brincos pequenos.
Absorvente geralmente são fornecidos pelo hospital, mas se você possui alguma marca preferida vale levar uma embalagem do tipo noturno. Já os artigos de higiene pessoal que muitas vezes também são fornecidos, a dica é levar os quais você já está habituada pois precisará lavar os cabelos e, se possível, passar hidratante na barriga.

Itens da mala da mamãe:

2 sutiãs de amamentação com alças largas
absorventes para seio para não vazar leite em seu sutiã e roupas.
6 calcinhas altas, de preferência próprias para pós parto. Nas lojas especializadas você encontra vários modelos, elas não podem ser baixas ou apertadas demais, se ficar justinha em você hoje ela estará boa para o pós-parto. Vale lembrar que você as usará com absorvente.
3 pares de meia. Algumas mamães que precisam se submeter ao parto cesáreo podem ter tremor de frio depois que passar o efeito da anestesia. As meias ajudam muito nesse caso.
3 camisolas ou pijamas que permitam você amamentar. Pode optar também por roupas bem confortáveis que também permitam amamentar, mas lembre-se que após o parto há um sangramento intenso por 2 ou 3 dias e pode manchar sua roupa. Roupa extra é importante. E se as roupas serão frescas ou quentinhas vai depender se o hospital possui temperatura controlada ou não.
1 penhoar. Ele é usado por algumas mamães que querem ou precisam passear pelo corredores, porém se você está levando pijamas, camisolas ou roupas que não são reveladoras não há necessidade do penhoar.
chinelo ou sapatinho baixo que você consiga calçar sozinha e sem se abaixar.
roupa para a saída da maternidade. Será do mesmo tamanho das roupas que você usa no final da gestação por conta do inchaço.
artigos de higiene pessoal:  sabonete, shampoo, condicionador, desodorante, escova/pente de cabelo, hidratante para o corpo (cheiro suave ou sem cheiro), escova de dente, pasta de dente, fio dental, enxaguante bucal, cotonete, lixa de unha e maquiagem.

Mala do acompanhante:

– 3 trocas de roupa de acordo com a estação;
– 2 pijamas;
– 4 trocas de roupa íntima;
– Artigos de higiene pessoal: sabonete, shampoo, condicionador, desodorante…

Documentos:

Documento de identidade com foto da gestante;
Documento de identidade com foto do papai ou responsável;
Certidão de casamento (se houver);
Carteirinha do plano de saúde;
Guia de autorização do plano de saúde sou senha;
Atestado de internação do médico ou cartão pré-natal;
Último ultrassom;
Exames de sangue realizados;
Resultado do exame para Streptococcus Grupo B realizado entre as semanas 35 e 36 de gestação;
Outros exames feitos durante a gestação, se houver.

Não esquecer:

Enfeite da porta do quarto da maternidade;
Lembrancinhas do recém-nascido;
Lista com os contatos das pessoas que você quer avisar sobre o nascimento;
Livros e revistas para passar o tempo;
Máquina fotográfica;
Filmadora;
Pilhas extras;
Carregadores das câmeras;
Carregadores dos celulares.

Cuidados com a aparência da mamãe:

Para a hora do parto as mamães não podem:

  • estar com hidratante em qualquer parte do corpo;
  • usar maquiagem;
  • estar com unhas pintadas com esmalte colorido ou gliter;
  • usar qualquer tipo de joias, brincos, alianças e piercings;
  • estar com qualquer produto no cabelo, como gel, pomada e fixadores.
Clique aqui para baixar a LISTA DA MALA DA MATERNIDADE

Se a gestante chegou ao terceiro trimestre, esteja atento aos sinais de trabalho de parto para agir de maneira adequada e segura: Saiba mais sobre sinais de trabalho de parto.
Saiba mais sobre tipos de parto.


Conteúdo atualizado em 10/09/2018

The post Mala da maternidade – itens, documentos, dicas e cuidados appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
https://www.almanaquedospais.com.br/mala-da-maternidade-itens-documentos-dicas-e-cuidados/feed/ 15
Depilação íntima feminina | O que você precisa saber antes de depilar a virilha https://www.almanaquedospais.com.br/depilacao-intima-feminina-o-que-voce-precisa-saber-antes-de-depilar-virilha/ https://www.almanaquedospais.com.br/depilacao-intima-feminina-o-que-voce-precisa-saber-antes-de-depilar-virilha/#respond Mon, 02 Apr 2018 11:00:21 +0000 https://www.almanaquedospais.com.br/?p=14503 Você sabia que existem fatores que você precisa conhecer antes de decidir qual a melhor depilação íntima feminina para você? Então, antes de pegar a lâmina, cera quente ou creme depilatório para depilar a virilha, confira o que você precisa saber! Depilação íntima feminina | O que você precisa saber antes de depilar a virilha …

The post Depilação íntima feminina | O que você precisa saber antes de depilar a virilha appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
Você sabia que existem fatores que você precisa conhecer antes de decidir qual a melhor depilação íntima feminina para você? Então, antes de pegar a lâmina, cera quente ou creme depilatório para depilar a virilha, confira o que você precisa saber!

Depilação íntima feminina | O que você precisa saber antes de depilar a virilha – em vídeo

Depilação íntima feminina: Ter pelos é falta de higiene?

Ter pelos não é falta de higiene, desde que você se higienize corretamente. A mesma regra vale para quem não tem pelos, a higiene é fundamental para a saúde íntima da mulher.

Para saber como se higienizar corretamente, clique aqui.

A opção por depilar ou não depilar é sua, você tem o direito de manter sua região íntima da forma que lhe convém!

depilação íntima feminina depilar virilha

Qual a função dos pelos pubianos?

A principal função dos pelos pubianos era a de proteger a região íntima da mulher para evitar entrada de insetos na vulva e vagina, já que nossos ancestrais dormiam no chão, sem roupas e sem proteção.

Devo remover todos os pelos?

Se você não gosta dos pelos pubianos não há contraindicação em remove-los. Mas antes de tomar esta decisão, tenho uma dica importante para lhe passar:

– Você sabia que deixar um pouco de pelo acima da vulva – o chamado bigodinho de Hitler – deixa sua pele mais hidratada e evita irritações por conta do atrito com calcinha ou absorvente?

Cerca de 2cm de largura por 2 a 3cm de altura é o suficiente.

Cera quente, cera fria, lâmina, creme depilatório ou laser?

Não existe uma recomendação geral para o melhor ou pior tipo de depilação, mas existem recomendações que devem ser avaliadas antes de depilar a virilha e vulva:

Laser: se você possui pele negra ou pelos claros, antes de decidir pelo laser, converse com seu dermatologista, já que o laser precisa do contraste para sua eficiência. Apesar de ser um método doloroso, o resultado é duradouro e ajuda a clarear a pele que escureceu devido à fricção com tecidos ou lâminas.

Cera quente ou fria: é um método doloroso e com durabilidade entre 4 a 6 semanas.

Lâminas: higienize sua região íntima antes e depois da depilação e não esqueça de também higienizar a lâmina. Para que a lâmina deslize melhor e cause menos atrito na pele, você deve usar cremes próprios ou pode usar condicionador de cabelos (dica caseira que funciona). Com o tempo o uso da lâmina pode causar escurecimento na pele.

Creme depilatório: a maioria dos cremes não devem se usados por tentantes (que ainda não sabem se estão grávidas) ou gestantes devido aos produtos químicos. A durabilidade é similar ao da lâmina, além de ser indolor e não causar escurecimento da pele. Antes de usar, testar em uma região pequena da pele para analisar se há alguma alergia ao produto.

Você também vai gostar de ver:

Grávida pode depilar com cera quente/fria, lâmina, laser ou cremes?
Posso me depilar durante a gravidez?
Dor no pé da barriga na gravidez – vídeo
É normal vazar leite do seio durante a gravidez?

The post Depilação íntima feminina | O que você precisa saber antes de depilar a virilha appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
https://www.almanaquedospais.com.br/depilacao-intima-feminina-o-que-voce-precisa-saber-antes-de-depilar-virilha/feed/ 0
O embrião não apareceu no ultrassom da 5ª semana, e agora? – em vídeo https://www.almanaquedospais.com.br/engravidar-fora-do-periodo-fertil-e-possivel-em-video/ https://www.almanaquedospais.com.br/engravidar-fora-do-periodo-fertil-e-possivel-em-video/#respond Fri, 23 Mar 2018 09:00:19 +0000 https://www.almanaquedospais.com.br/?p=14053 Ansiedade bateu e você corre fazer um ultrassom lá por volta da 5º semana de gravidez, mas o embrião não apareceu, e agora?

The post O embrião não apareceu no ultrassom da 5ª semana, e agora? – em vídeo appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
 

Fez um teste de farmácia: Positivo. Fez um beta-hCG quantitativo: Positivo novamente. Ansiedade bateu e você corre fazer um ultrassom lá por volta da 5º semana de gravidez, mas o embrião não apareceu, e agora?

O saco gestacional aparece no ultrassom transvaginal a partir da 5ª semana de gravidez. Se realizar o ultrassom transvaginal antes de 5 semanas de gravidez a mulher pode estar grávida mesmo sem que o saco gestacional esteja visível, sendo necessário repetir o exame após algumas semanas.

Saiba mais assistindo ao meu vídeo.

Você também vai gostar:

Os 21 sintomas de gravidez mais comuns nas primeiras semanas
Gravidez Incipiente, entenda o que significa
7 Sintomas de Gravidez que você nem imaginava – Vídeo
É verdade que problemas na tireoide causa aborto?

The post O embrião não apareceu no ultrassom da 5ª semana, e agora? – em vídeo appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
https://www.almanaquedospais.com.br/engravidar-fora-do-periodo-fertil-e-possivel-em-video/feed/ 0
Todas as vacinas que grávida precisa tomar https://www.almanaquedospais.com.br/todas-as-vacinas-que-gravida-precisa-tomar/ https://www.almanaquedospais.com.br/todas-as-vacinas-que-gravida-precisa-tomar/#respond Mon, 12 Mar 2018 11:00:04 +0000 https://www.almanaquedospais.com.br/?p=14517 A Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) possui um calendário com todas as vacinas que grávida precisa tomar. O calendário é dividido em 3 partes: recomendadas para todas as situações; recomendadas em situações especiais; contraindicadas. Vacinas que grávida precisa tomar: Confira abaixo todas as vacinas que a grávida precisa tomar, as que precisam tomar somente em …

The post Todas as vacinas que grávida precisa tomar appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
A Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) possui um calendário com todas as vacinas que grávida precisa tomar.

todas as vacinas que grávida precisa tomar

O calendário é dividido em 3 partes:

  1. recomendadas para todas as situações;
  2. recomendadas em situações especiais;
  3. contraindicadas.

Vacinas que grávida precisa tomar:

Confira abaixo todas as vacinas que a grávida precisa tomar, as que precisam tomar somente em situações especial (risco de contágio) e as vacinas proibidas para gestantes.

Clique aqui para baixar o calendário com as vacinas que grávida precisa tomar.

RECOMENDADAS PARA TODAS AS SITUAÇÕES:

dTpa ou dTpa-VIP – Trípilice bacteriana acelular do tipo adulto (Difteria, Tétano e Coqueluche)

O esquema de vacinação depende do histórico vacinal da gestante, variando de 1 dose a partir da 20ª semana de gestação (para gestantes previamente vacinadas com pelo menos 3 doses da vacina contendo o componente tetânico), à 2 doses de dT e uma dose de dTpa (para gestantes  não vacinadas ou com histórico vacinal não conhecido).

A dTpa protege a gestante e evita que ela transmita  a Bordetelle pertussis ao recém-nascido. Permite a transferência de anticorpos ao feto, protegendo-o nos primeiros meses de vida até que possa ser imunizado.

Gratuita na UBS: dT e dTpa.
Clínicas privadas de vacinação: dTpa e dTpa-VIP

Hepatite B

Três doses no esquema 0 – 1 – 6 meses.

É recomendada a vacina da hepatite B para todas as gestantes suscetíveis

Gratuita na UBS: Sim.
Clínicas privadas de vacinação: Sim

Influenza (gripe)

Dose única anual

A gestante é grupo de risco para as complicações  de infecção pelo vírus Influenza. A vacina está recomendada nos meses de sazonalidade do vírus e pode ser tomada em qualquer estágio da gestação.

Gratuita na UBS: Sim, a 3V
Clínicas privadas de vacinação: Sim, a 3V e 4V

RECOMENDADAS EM SITUAÇÕES ESPECIAIS:

Hepatite A

Duas doses no esquema 0 – 6 meses.

Gratuita na UBS: NÃO.
Clínicas privadas de vacinação: Sim

Hepatite A e B

Para menores de 16 anos: Duas doses no esquema 0 – 6 meses.
Para maiores de 16 anos: Três doses no esquema 0 – 1 – 6 meses.

A vacina combinada  é uma opção para substituir a vacinação isolada das hepatites A e B.

Gratuita na UBS: NÃO.
Clínicas privadas de vacinação: Sim

Pneumocócicas

É recomendada quando há risco para a doença pneumocócica invasiva (DPI)

Gratuita na UBS: NÃO.
Clínicas privadas de vacinação: Sim

Meningocócica Conjugada ACWY

Dose única.

Considera a vacinação avaliando a situação epidemiológica e/ou presença de comorbidades consideradas de risco para a doença meningocócica.

Gratuita na UBS: NÃO.
Clínicas privadas de vacinação: Sim

Meningocócica B

Duas doses com intervalo de 1 a 2 meses.

Considera a vacinação avaliando a situação epidemiológica e/ou presença de comorbidades consideradas de risco para a doença meningocócica.

Gratuita na UBS: NÃO.
Clínicas privadas de vacinação: Sim

Febre Amarela

Normalmente contraindicada para gestantes. Porém em situações em que o risco de contaminação supera os riscos potenciais da vacinação, pode ser feita durante a gravidez.

Gestantes que viajam para países que exigem o Certificado de Vacinação e Profilaxia (CIVP) devem ser isentadas da vacinação pelo médico assistente, se não houver risco de contrair a infecção.

Gratuita na UBS: Sim
Clínicas privadas de vacinação: Sim

VACINAS CONTRAINDICADAS PARA GESTANTES:

Tríplice viral (Sarampo, Caxumba e Rubéola)

Não vacinar na gestação.

Pode ser aplicada no puerpério e amamentação.

Gratuita na UBS: Sim (para puerpérias até 49 anos)
Clínicas privadas de vacinação: Sim (para puerpérias)

HPV

Não vacinar na gestação. Se a mulher já tiver iniciado o esquema antes da gestação, deverá suspendê-lo até o puerpério.

Pode ser aplicada no puerpério e amamentação.

Gratuita na UBS: NÃO
Clínicas privadas de vacinação: Sim (para puerpérias)

Varicela (Catapora)

Não vacinar na gestação.

Pode ser aplicada no puerpério e amamentação.

Gratuita na UBS: NÃO
Clínicas privadas de vacinação: Sim (para puerpérias)

Dengue

Não vacinar na gestação.

Contraindicada para mulheres amamentando.

Gratuita na UBS: NÃO
Clínicas privadas de vacinação: NÃO


Fonte: https://sbim.org.br

 

Você também vai gostar de ver:

Cólica na gravidez | Do Sintoma de Gestação ao Trabalho de Parto
Tampão Mucoso e a Perda do Tampão Mucoso – em vídeo
Posso me depilar durante a gravidez?
É normal vazar leite do seio durante a gravidez?

The post Todas as vacinas que grávida precisa tomar appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
https://www.almanaquedospais.com.br/todas-as-vacinas-que-gravida-precisa-tomar/feed/ 0
Como realizar corretamente a higiene íntima da mulher https://www.almanaquedospais.com.br/como-realizar-corretamente-higiene-intima-da-mulher/ https://www.almanaquedospais.com.br/como-realizar-corretamente-higiene-intima-da-mulher/#respond Fri, 02 Mar 2018 14:21:42 +0000 https://www.almanaquedospais.com.br/?p=14504 Realizar corretamente a higiene íntima da mulher é fundamental também para as tentantes, gestantes e mães. A sua região íntima precisa estar higienizada – sem excessos – para manter sua fertilidade, diminuir chances de infecções, candidíase, entre outras complicações que podem ocorrer por conta da higiene realizada de forma incorreta e duchas íntimas. Como realizar …

The post Como realizar corretamente a higiene íntima da mulher appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
Realizar corretamente a higiene íntima da mulher é fundamental também para as tentantes, gestantes e mães.

A sua região íntima precisa estar higienizada – sem excessos – para manter sua fertilidade, diminuir chances de infecções, candidíase, entre outras complicações que podem ocorrer por conta da higiene realizada de forma incorreta e duchas íntimas.

Como realizar corretamente a higiene íntima da mulher – em vídeo

Higiene íntima da mulher é na vulva e não no canal vaginal

Esta confusão é mais comum do que você imagina, a higiene íntima da mulher é facilmente confundida com a higiene do canal vaginal, ou seja, realização de duchas íntimas.

Ao realizar uma ducha íntima, mesmo que somente água, você destrói as bactérias do bem que habitam o canal vaginal e protegem esta região, ficando mais suscetível a infecções, candidíase, entre outras complicações.

Não é saudável realizar qualquer tipo de ducha no canal vaginal, somente se houver recomendação do seu ginecologista ou obstetra.

higiene íntima da mulher
question mark over vagina

Duchas com bicarbonato ou sabonete líquido infantil ajudam a engravidar?

MITO!!! Muito cuidado com as receitas caseiras que se espalham facilmente pela Internet. Essas duchas também são maléficas para seu canal vaginal e não aumentam sua fertilidade, pelo contrário, aumentam as chances de infecções.

Como realizar a higiene íntima da mulher

A higiene íntima deve ser realizada somente na vulva, ou seja, somente na parte externa da vagina.

1º Passo : escolha do sabonete adequado

Uma informação importante é que o PH da vagina é ácido (entre 4,5 e 5), enquanto o PH da nossa pele é neutro (7). Agora veja outras características que precisam ser avaliadas:

  • Sabonete neutro não é uma boa opção, já que não é compatível com o PH da vagina e pode matar as bactérias do bem;
  • Sabonete em barra não é uma boa escolha por ter contato com outras partes do nosso corpo e pode carregar células morta para nossa região íntima;
  • Sabonete infantil não é uma boa opção por não ter o PH adequado para higiene íntima da mulher.
  • Deve ser líquido, já que somente o que você vai utilizar entra em contato com sua pele e o restante continua sem contaminação;
  • Deve possuir baixa detergência, ou seja, não remove toda gordura da região;
  • Hipoalergênico, para não causar alergias;
  • Não Bactericida, ou seja, ele não pode matar as bactérias do bem que estão na sua região íntima, ao contrário de um sabonete de mão que mata as bactérias.
    • Se você está com alguma bactéria que precisa ser combatida, será através do tratamento que o ginecologista irá passar e não através do sabonete íntimo.
  • Alguns sabonetes íntimos possuem a informação “PH Equilibrado”, ou seja, adequado para sua região íntima.

Os sabonetes íntimos que você encontra em farmácias e supermercados são os mais indicados para você, mas lembre-se de conferir na embalagem se eles são hipoalergênicos, não bactericidas e com baixa detergência.

2º Passo, como realizar a higiene íntima

Comece a higienizar pela virilha e desça até a região externa dos grandes lábios até alcançar o períneo, que é a região entre a entrada da vagina e o ânus. Não penetre no ânus ou vagina.

Afaste gentilmente os grandes lábios. Entre os grandes e os pequenos lábios há um acúmulo de secreção, chamada de sebo, que é o que geralmente dá mau cheiro na parte íntima feminina. Para remover este sebinho não utilize bucha ou unha, somente com o dedos e com cuidado para não machucar, faça movimentos de cima para baixo.

Higienize também dentro dos pequenos lábios, gentilmente e sem introduzir o dedo dentro da vagina e também com movimentos de cima para baixo.

Deixe o sabonete agir por  2 a 3 minutos e enxágue com bastante água para remover qualquer resíduo.

Depois da relação preciso realizar esta higiene íntima?

A higiene íntima completa (com sabonete) deve ser realizada 1 vez ao dia. Se você teve relação em um momento em que não tem como tomar banho, por exemplo, tente higienizar somente com água, sem o sabonete, ou lencinho umedecido.

O sêmen de um homem saudável não causa problemas ou alergias.

Uma recomendação importante é urinar após o sexo, assim evitando infecções urinárias.

Você também vai gostar de ler:

Grávida pode depilar com cera quente/fria, lâmina, laser ou cremes?
A Melhor a Idade para Engravidar
11 Verdades e mitos sobre a fertilidade
Muco cervical hostil, ou muco hostil. O que é, como identificar e o que fazer

 

The post Como realizar corretamente a higiene íntima da mulher appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
https://www.almanaquedospais.com.br/como-realizar-corretamente-higiene-intima-da-mulher/feed/ 0
Cólica na gravidez | Do Sintoma de Gestação ao Trabalho de Parto https://www.almanaquedospais.com.br/colica-na-gravidez-do-sintoma-de-gestacao-ao-trabalho-de-parto/ https://www.almanaquedospais.com.br/colica-na-gravidez-do-sintoma-de-gestacao-ao-trabalho-de-parto/#respond Wed, 28 Feb 2018 13:22:58 +0000 https://www.almanaquedospais.com.br/?p=14494 A cólica na gravidez, apesar de despertar temores, pode acontecer em diversos estágios da gravidez sem que isto represente qualquer complicação. Cólica na Gravidez – 1º trimestre A cólica é dos primeiros sintomas de gravidez que a maioria das mulheres sentem, e que pode aparecer antes mesmo do atraso menstrual. Isto porquê durante a nidação, …

The post Cólica na gravidez | Do Sintoma de Gestação ao Trabalho de Parto appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
A cólica na gravidez, apesar de despertar temores, pode acontecer em diversos estágios da gravidez sem que isto represente qualquer complicação.

cólica na gravidez

Cólica na Gravidez – 1º trimestre

A cólica é dos primeiros sintomas de gravidez que a maioria das mulheres sentem, e que pode aparecer antes mesmo do atraso menstrual.

Isto porquê durante a nidação, em que o óvulo fecundado está se implantando na parede do útero, a mulher sente este processo como cólicas ou pontadas na barriga.

A cólica da implantação do óvulo não é intensa, apesar de causar desconforto. Como ela acontece próxima ao período pré-menstrual, é facilmente confundida com a cólica menstrual.

Como diferenciar a cólica da implantação da cólica menstrual

Apesar de muito semelhantes, a cólica da implantação do embrião na parede do útero – endométrio – uma característica que as diferenciam é que a cólica da implantação não é tão intensa e parece como umas fisgadinhas no útero.

Outra característica é que a cólica da implantação não é duradoura, ou seja, ela dói um pouquinho e some, depois volta a doer e some novamente.

Porém se a dor for intensa, é importante procurar por ajuda médica já que pode ser endometriose ou gravidez ectópica.

Cólica na Gravidez – 2º e 3º trimestre gestação

No segundo e até mesmo no terceiro trimestre de gravidez, é comum sentir cólicas, já que o útero é um músculo que está sendo pressionado para que cresça e acomode o bebê.

Todo este estímulo que o útero recebe para crescer, unido aos órgãos que estão sendo pressionados, causam cólicas.

Se as cólicas vieram acompanhadas de dor intensa ou sangramento, procure por ajuda médica imediatamente!

Cólica na Gravidez ou Braxton Hick (contrações indolores)

Durante toda a gravidez o útero faz um treinamento para o parto, as chamadas Braxton Hicks, que são contrações indolores e que podem acontecer a qualquer momento.

Durante estas contrações a barriga fica dura e pode causar desconforto (não causa dor), mas ela é completamente diferente da cólica, que não causa o enrijecimento do útero.

Cólica na Gravidez ou Trabalho de Parto

Quando o trabalho de parto começa, as contrações são mais espaçadas e vão ficando cada vez mais frequente e duradouras.

No início do trabalho de parto as contrações são sentidas como as cólicas, mas elas ficam um pouco mais concentradas nas costas ânus e até mesmo ombros. Apesar dessas cólicas serem fortes, elas ainda não são intensas, o que vai acontecer após já haver dilatação (clique aqui para saber mais).

No segundo estágio do trabalho de parto a dor não mais se parece com cólica, já que também está acompanhada de uma necessidade de fazer força.

Veja este conteúdo em vídeo:

Você também vai gostar de ver:

Tampão Mucoso e a Perda do Tampão Mucoso – em vídeo
É normal vazar leite do seio durante a gravidez?
Regras para visitar bebê recém-nascido e dicas de presentes
Mudança de lua influencia no trabalho de parto?

The post Cólica na gravidez | Do Sintoma de Gestação ao Trabalho de Parto appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
https://www.almanaquedospais.com.br/colica-na-gravidez-do-sintoma-de-gestacao-ao-trabalho-de-parto/feed/ 0
Tampão Mucoso e a Perda do Tampão Mucoso – em vídeo https://www.almanaquedospais.com.br/tampao-mucoso-e-perda-do-tampao-mucoso-em-video/ https://www.almanaquedospais.com.br/tampao-mucoso-e-perda-do-tampao-mucoso-em-video/#respond Mon, 26 Feb 2018 11:00:04 +0000 https://www.almanaquedospais.com.br/?p=14488 O tampão mucoso, também chamado de rolhão mucoso, é uma secreção produzida pelo colo do útero logo no 1º mês de gravidez e sua função é isolar o útero, protegendo-o e ao bebê de infecções e, assim, deixando a gestação mais segura. Quando o trabalho de parto está próximo ou em andamento, acontece a perda …

The post Tampão Mucoso e a Perda do Tampão Mucoso – em vídeo appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
O tampão mucoso, também chamado de rolhão mucoso, é uma secreção produzida pelo colo do útero logo no 1º mês de gravidez e sua função é isolar o útero, protegendo-o e ao bebê de infecções e, assim, deixando a gestação mais segura. Quando o trabalho de parto está próximo ou em andamento, acontece a perda do tampão mucoso.

perda do tampão mucoso

A perda do tampão mucoso é indolor e acontece quando o colo do útero começa a encurtar e o muco fica mais escorregadio. É identificada geralmente ao se limpar após urinar ou na roupa íntima. Apesar da coloração variar de transparente ao branco com fios de sangue, até o tom amarronzado, é possível identificar a perda do tampão mucoso pela quantidade de muco que sai pelo canal vaginal (equivalente a 2 colheres de sopa).

Caso o trabalho de parto não tenha se iniciado, em até 2 semanas após a perda do tampão mucoso ele se inciará, por isso a importância de identificar a perda do tampão, especialmente antes de 37 semanas de gravidez, em que o bebê ainda é prematuro, ou seja, ainda não é considerado a termo, pronto para nascer.


Assista ao vídeo em que explico sobre o tampão mucoso, a perda do tampão e o que fazer ao notar a perda do tampão.

As foto que cito no vídeo podem ser visualizadas logo abaixo.

Tampão Mucoso e a Perda do Tampão Mucoso – em vídeo

Veja abaixo algumas imagens de tampão mucoso (atenção, as imagens podem impressionar)

Tampão mucoso rosado

Tampão mucoso amarronzado

Tampão mucoso com fios de sangue

Tampão mucoso branco

Você também vai gostar de ver:

Dor no pé da barriga na gravidez – vídeo
É normal sair leite do peito durante a gravidez? Em vídeo
Como lidar com cabelos brancos na gravidez – em vídeo
Posso me depilar durante a gravidez?

The post Tampão Mucoso e a Perda do Tampão Mucoso – em vídeo appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
https://www.almanaquedospais.com.br/tampao-mucoso-e-perda-do-tampao-mucoso-em-video/feed/ 0
Posso me depilar durante a gravidez? https://www.almanaquedospais.com.br/posso-depilar-durante-a-gravidez/ https://www.almanaquedospais.com.br/posso-depilar-durante-a-gravidez/#respond Mon, 18 Dec 2017 10:00:15 +0000 https://www.almanaquedospais.com.br/?p=14326 Sim, a mulher pode se depilar durante a gravidez, porém nem todos os métodos são seguros e vou falar de cada um deles para você não ficar com nenhuma dúvida.

The post Posso me depilar durante a gravidez? appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
Sim, a mulher pode se depilar durante a gravidez, porém nem todos os métodos são seguros e vou falar de cada um deles para você não ficar com nenhuma dúvida.

Grávida pode se depilar com cera quente ou fria?

A cera está liberada, já que não traz qualquer risco para a gestante ou bebê.

Porém – sempre tem um porém, neh? – como há o aumento do fluxo sanguíneo durante a gravidez, muitas vezes acontece o aumento da sensibilidade, especialmente nas regiões íntimas e axilas, ou seja, a depilação pode ser mais dolorida do que antes.

depilar durante a gravidez
Hot wax treatment

Recomendações para depilação com cera durante a gravidez:

  • utilizar a cera morna ao invés de quente ou fria;
  • não utilizar ceras reutilizadas;
  • verificar a higiene do local;
  • a depiladora deve utilizar máscara e luvas descartáveis;
  • utilizar produtos descartáveis para a depilação (palitos, algodão e manta de proteção da maca…).

A cera de camomila é mais fina do que a cera comum e pode causar menos desconforto durante a depilação.

Posso me depilar com lâminas durante a gravidez?

Sim, as lâminas são consideradas seguras, porém – olha o porém novamente por aqui – durante a gravidez aumentam as chances dos pelos encravarem e de micro lesões na pele que facilitam a entrada de bactérias e infecções.

Recomendações para a gestante se depilar com lâmina

  • Durante o banho é um bom momento para se depilar;
  • Higienize a lâmina antes de usá-la;
  • Lave bem a região que será depilada com água e sabão;
  • Para que a lâmina deslize melhor e evitar irritações e cortes na pele, passe condicionador de cabelos na região que será depilada;
  • Após a depilação, lave novamente a região com água e sabão.

Posso usar creme depilatório durante a gravidez?

Não, os cremes depilatórios não são considerados seguros para a gestante e bebê, especialmente por conta de produtos químicos que podem conter em suas fórmulas.

Para evitar complicações, nunca utilize qualquer produto químico ao se depilar.

Grávida pode fazer depilação à laser?

Não, por duas razões:

  1. Os procedimentos com laser e eletrólise não são considerados de risco, porém como não é permitido realizar testes em gestantes, esses procedimentos não devem ser realizados durante a gravidez.
  2. A pele da gestante fica mais sensível e, muitas vezes escurecida nas regiões da axila e virilha e outras regiões da pele. Como o laser é realizado através do contraste da pele com o pelo, o resultado final poderia agradar.

Grávida pode descolorir os pelos?

Não também. Muitos descolorantes utilizam produtos que não se sabe o quanto poderiam penetrar pela pele da gestante e entrar em contato com corrente sanguínea e o bebê. Por esta razão descolorir os pelos não é uma boa alternativa durante a gravidez.

Outro complicador é que a pele fica mais sensível durante a gravidez, aumentando as chances de irritações e alergias nos locais em que os produtos foram aplicados.

Você também vai gostar de ler:

Como lidar com os cabelos brancos na gravidez?
Exame de Toque na Gravidez: como e quando é feito, será que dói?
Candidíase na gravidez: o que é, sintomas e tratamentos
Incompatibilidade sanguínea – Fator RH

 

The post Posso me depilar durante a gravidez? appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
https://www.almanaquedospais.com.br/posso-depilar-durante-a-gravidez/feed/ 0
É normal vazar leite do seio durante a gravidez? https://www.almanaquedospais.com.br/e-normal-vazar-leite-do-seio-durante-a-gravidez/ https://www.almanaquedospais.com.br/e-normal-vazar-leite-do-seio-durante-a-gravidez/#respond Wed, 06 Dec 2017 11:00:11 +0000 https://www.almanaquedospais.com.br/?p=14423 Sim, é normal vazar leite do seio durante a gravidez. A partir da 16ª semana de gestação o corpo começa a produzir o colostro, e durante a gravidez pode sair colostro do seio da gestante. Em todas as gestantes sai leite do peito? Não há uma regra, algumas gestantes não notam nem uma gotinha sair …

The post É normal vazar leite do seio durante a gravidez? appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
Sim, é normal vazar leite do seio durante a gravidez. A partir da 16ª semana de gestação o corpo começa a produzir o colostro, e durante a gravidez pode sair colostro do seio da gestante.

Em todas as gestantes sai leite do peito?

Não há uma regra, algumas gestantes não notam nem uma gotinha sair durante a gravidez. Enquanto em outras o colostro pode sair em quantidades razoáveis que podem deixar a roupa molhada.

É normal vazar leite do seio durante a gravidez

Quais os momentos mais comuns para vazar o leite do seio durante a gravidez?

Apesar de poder sair a qualquer momento, algumas posições e situações contribuem mais:

  • Durante relação sexual;
  • Dormindo, quando os seios ficam mais “achatados” (neste caso, forre o colchão com um plástico e, para dar mais conforto, coloque por cima uma toalha e depois o lençol, já que o colostro pode manchar o colchão);
  • Durante o banho, porque a ducha com água morna estimula as glândulas mamárias.

Pode ser necessário utilizar protetores de seio para evitar ficar molhada durante um passeio ou mesmo no trabalho. Invista já em um sutiã de amamentação de algodão, que além de mais confortável, permite que sua pele respire.

Não saiu nada de leite do meu peito, eu terei leite após o parto?

Fique tranquila, não há qualquer relação em não vazar o leite durante a gravidez com ter ou não ter leite após o nascimento do bebê.

Se você não percebeu vazar leite durante a gestação, fique tranquila. Logo após o nascimento, com a estimulação da mamada, o leite sairá de seu seio.

Vazou muito leite durante a gravidez, ainda assim terei leite quando o bebê nascer?

Sim, mesmo já tendo saído bastante leite de seus seios durante a gravidez não faltará colostro para seu bebê na primeira ou nas próximas mamadas.

Meu seios ainda não estão tão grandes, será que não terei leite?

Assim que o bebê nasce, sua capacidade gástrica é pequena, então ele não conseguirá mamar em grandes quantidades.

No terceiro dia de mamada, quando o colostro acaba, começa a descer o leite e, então, você notará que seus seios ficarão maiores, mais pesados e mais cheios.

A produção do leite continuará de acordo com a necessidade do seu bebê, quanto mais ele mamar, mais leite você irá produzir. O corpo da mulher é perfeito!

Você também vai gostar de ler:

Trabalho de Parto: como é o trabalho de parto, fases e características
O que diminui e o que pode aumentar a produção de leite materno
Posso tomar café ou comer chocolate amamentando
Devo acordar o bebê para amamentar?

The post É normal vazar leite do seio durante a gravidez? appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
https://www.almanaquedospais.com.br/e-normal-vazar-leite-do-seio-durante-a-gravidez/feed/ 0
Dor no pé da barriga na gravidez – vídeo https://www.almanaquedospais.com.br/dor-no-pe-da-barriga-na-gravidez-video/ https://www.almanaquedospais.com.br/dor-no-pe-da-barriga-na-gravidez-video/#respond Fri, 17 Nov 2017 11:00:47 +0000 https://www.almanaquedospais.com.br/?p=14434 The post Dor no pé da barriga na gravidez – vídeo appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
The post Dor no pé da barriga na gravidez – vídeo appeared first on Almanaque dos Pais.

]]>
https://www.almanaquedospais.com.br/dor-no-pe-da-barriga-na-gravidez-video/feed/ 0