Home / Filhos / O bebê mês a mês / Desenvolvimento do bebê de 5 meses

Desenvolvimento do bebê de 5 meses

Ao completar 5 meses o seu bebê entrou no 6º mês de vida e está se desenvolvendo cada dia mais. Acompanhe com a gente o desenvolvimento do bebê de 5 meses, dicas para a mamãe, saúde, vacinas, estímulos e muito mais.

Menino logo-FILHO

Altura mínima: 61,7 cm
Altura máxima: 70,1 cm
Peso mínimo: 6,0 kg
Peso máximo: 9,6 kg

Meninalogo-FILHA

Altura mínima: 59,6 cm
Altura máxima: 68,5 cm
Peso mínimo: 5,4 kg
Peso máximo: 8,8 kg

O desenvolvimento do bebê de 5 meses

Foto: Sherry & John
Foto: Sherry & John

Por volta dos 5 meses fica evidente que seu bebê adora interagir, é nessa fase que um bebê consegue ganhar sorrisos até daquele adulto mais sério, fica impossível resistir ao seu charme. E realmente você não deve resistir, o cérebro do seu pequeno está criando mais conexões e todo essa atenção e carinho farão parte do seu desenvolvimento.

Os sentidos

Sua vocalização está progredindo! “Gugus”, “angus”, “bolinhas de saliva”, balbuciadas e risadas são recorrentes. A boca, além de vocalizar, também é usada para explorar objetos, formas e texturas.

Uma hora ótima para estimular seu pequeno é pela manhã, logo após ele se alimentar. Ele estará com energia de sobra e se sentindo ótimo por estar com a barriguinha cheia. Fique com o pequeno na cama e aguarde que ele chame sua atenção para então você responder. Se notá-lo distraído, chame seu nome docemente e o bebê irá procurar por você, pois sua audição está ainda melhor e ele já começa a identificar de onde o som está vindo. Por falar em chamar seu nome, nessa fase o bebê já consegue identificar qual é o seu nome e a procurar quem o chama.

Ao notar que seu pequeno está interessado em um brinquedo que está por perto, ao invés de lhe entregar, estimule-o a buscar o brinquedo para que aprenda a controlar e movimentar seu corpo e, se necessário, ajude movimentando seu pequeno até o brinquedo.

Com tantos movimentos acontecendo, o chão é considerado o lugar mais seguro para deixar seu filho brincar. Se colocado de bruços ele movimentará a cabeça e peito para olhar para frente, fortalecendo os músculos essenciais para seu equilíbrio.

Comportamento, estímulos, brincadeiras e brinquedos

Com 5 meses você já pode colocar seu bebê sentado apoiado em almofadas, sempre com supervisão de um adulto. Essa posição é incrível para o bebê, que consegue olhar à sua volta. Outro benefício é o fortalecimento da coluna vertebral, porém se permanecer assim por muito tempo poderá haver uma sobrecarga. Caso ele consiga ficar sentado sozinho, não saia de perto, sua cabeça logo começará a inclinar para frente e ele cairá.

Bebês com 5 meses são alegres, correspondem à estímulos e são mais fáceis de segurar no colo, pois seu corpo já está mais firme. Por conta de sua capacidade de ficar mais firme no colo e olhar tudo que há em sua volta, é nesse fase que ele começa a chamar atenção de todos a sua volta, muitas vezes distribuindo sorrisos e respondendo quando alguém lhe dá atenção.

Por outro lado, quando o bebê está com fome, sujo, com calor ou frio, entediado ou qualquer outro sentimento não muito alegre, isso é facilmente transmitido por ele, suas emoções são bem óbvias nessa fase.

Uma brincadeira que pode começar a surgir nesse mês é a de jogar brinquedos no chão, seja para admirar seu movimento e barulho, seja para ver outra pessoa interagindo junto, ou seja, buscando o brinquedo e entregando de volta para suas mãos.

Alimentação

O bebê necessita somente de leite materno em seus primeiros 6 meses de vida. Para que suas necessidades nutricionais sejam supridas ele precisa ingerir cerca de 600ml de leite por dia, o que significa cerca de 400 a 900 calorias por dia.

Caso seu bebê esteja sendo alimentado com fórmula, nessa idade geralmente eles ingerem 5 mamadeiras inteiras por dia. Certifique-se de seguir corretamente as orientações do pediatra, assim como as orientações de preparo das fórmulas para que seu pequeno esteja sempre alimentado na medida certa.

Apesar de mostrar mais interesse por alimentos sólidos – especialmente os que você ingere – ainda não é o momento de começar a introduzir esses alimentos na dieta. Leite materno e fórmulas próprias para bebês devem ser a única alimentação do bebê.

Como o bebê se mantém acordado cada vez por mais tempo, porém ainda necessita de pelo menos 1 cochilo pela manhã e outro a tarde, programe a alimentação para os períodos em que esteja acordado.

Sono do bebê de 5 meses

Com 5 meses o bebê começa a rolar, inclusive enquanto dorme. Mas e como fica aquela posição de dormir ideal, na qual o bebê é colocado de costas para o colchão? Continue colocando o bebê nessa posição, ele deve continuar assim nas primeiras horas de sono e se movimentar durante o sono para o lado que sentir confortável. Porém não se esqueça de não deixar o bebê dormindo em locais em que possa cair, como sofás e camas. O berço também merece atenção especial: os vãos não devem ser maiores do que 6cm e protetores de berço podem causar asfixia, especialmente quando há enfeites como cordões, fitas e apliques.

O sono da maioria dos bebês começa regular durante o 4º e 5º mês de vida, o que significa dormir mais a noite e só esporadicamente acordar para mamar. Vale lembrar que uma noite de sono significa 6 a 7 horas, se o seu bebê dormir mais do que 6 horas por noite você é privilegiada! Alguns bebês precisarão de mais alguns meses para ajustarem seu sono noturno.

Durante o dia mantenha a rotina da casa inclusive enquanto o bebê cochila. Não apague luzes ou diminua o som de conversas, televisores e demais sons da casa. Nesta idade o bebê necessita de 2 cochilos, uma pela manhã e outro a tarde, mas bebês mais preguiçosos podem dormir um pouco mais.
Antes da hora de dormir tenha uma rotina relaxante com o bebê, confira essa dica:

Rotina do sono do bebê

– 1 hora antes da hora de dormir desligue televisores, músicas e qualquer estímulo que possa deixar o bebê atento;
– prepare um banho morno com brinquedinhos próprios para bebê;
– dê um banho relaxante, conversando baixinho, cantando cantigas infantis tranquilas;
– após o banho faça uma massagem leve com creme hidratante infantil;
– coloque uma roupinha confortável para o bebê dormir;
– imediatamente alimente o bebê com as luzes apagadas e sem sons, conversas ou músicas;
– ao notar que o bebê adormeceu aguarde mais alguns minutos antes de colocá-lo no berço para que ele esteja bem relaxado.

Cuidados

Seu bebê já cresceu bastante, perdendo aquele jeitinho de recém-nascido e ganhando forma e tamanho de bebê fofinho. Uma das melhores forma de saber se o crescimento e peso estão adequados é através do acompanhamento do pediatra. Ele usará um gráfico com toda evolução do bebê e, através de uma tabela de percentil, verificar se está tudo em ordem.

Veja também: Tabela de peso e altura para meninos de 0 a 2 anos e Tabela de peso e altura para meninas de 0 a 2 anos. As tabelas são baseadas nos dados da OMS (Organização Mundial da Saúde) e apresentam os valores mínimos, médios e máximos considerados normais.

Saúde

É hora de reforço de vacina!

Vacinas
vacina02_shutterstock

Reforço da vacina: Meningocócica C conjugada

Bebês prematuros

Se o seu filho nasceu prematuramente, ele levará um pouco mais de tempo para apresentar as características citadas. Por esta razão os prematuros possuem duas datas, a cronológica (data do nascimento) e a corrigida (data prevista do parto). Para acompanhar o desenvolvimento do bebê considere a data corrigida.

A mamãe

A licença maternidade de 4 meses já chegou ao fim, mas se você trabalha em uma “empresa amiga da criança” a sua licença já deve estar acabando e você se sentindo insegura quanto à ficar longe do filhote durante a jornada de trabalho. Aproveite para organizar como você poderá agir se o seu filho ficar doente, se pode contar com a ajuda de algum familiar ou se precisará se ausentar no trabalho. Muitas empresas são flexíveis quanto ao Home Office para cobrir essas eventualidades.

Outra dúvida comum é se você irá optar por escolinha, creche ou babá. Visite todas as escolinhas e creches que puder observando sempre as condições de higiene, preparo das cuidadoras, rotinas, estímulos, como o dia da criança é reportado na agenda e ações quando há alguma emergência como queda, febre ou outras doenças. Entreviste algumas babás e pergunte sobre tudo que você quer saber e fale tudo que você espera dela. Só tome a decisão quando se sentir segura.

Tanto as mamães que voltarão ao trabalho, quanto as mamães que ficarão com os filhotes por mais tempo, devem organizar um tempinho para cuidar delas. Ir ao salão para arrumar os cabelos, unhas e até dar um jeito naquela depilação que ficou para depois, fazem milagres com a autoestima da mulher e reflete diretamente no humor e na forma de lidar com os filhotes e para voltar a dar aquela atenção especial ao maridão que deve estar se sentindo um pouco de lado.

Cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo. Havendo qualquer dúvida fale sempre com o pediatra, somente ele está apto a avaliar o desenvolvimento do seu filho está adequado para a idade.

Você também pode gostar de ler:

Desenvolvimento do bebê de 4 meses
10 sinais de que o seu bebê está mamando o suficiente
Dicas para evitar acidentes com as crianças no banheiro

Viagem de avião com bebês e crianças
Noites de mamãe e bebê

Sobre Almanaque dos pais

Conteúdo produzido pela equipe do Almanaque dos pais.

Veja também

Desenvolvimento do bebê de 6 meses

Desenvolvimento do bebê de 6 meses, saiba sobre comportamento, estímulos, saúde, cuidados, vacinas, dicas para a mamãe e muito mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.