Home / Mamãe / Comportamento / Em paz, em meio ao caos

Em paz, em meio ao caos

A maternidade me ensinou que a vida está mais para uma maratona do que para os 100 metros rasos. É preciso resistência e persistência, não apenas explosão e velocidade…

Ser mãe e cuidar da casa são serviços que nunca têm fim. Você arruma a sala e guarda os brinquedos; quando seu filho chega da escola, em poucos minutos parece que um furacão passou pela sala! Você lava uma tonelada de roupas, passa e guarda nas gavetas; em 3 dias, outra tonelada de roupas se refez no cesto. Você rala pra fazer o almoço e logo chega a hora do jantar. Quando você decora o nome dos personagens do desenho que seu filho ama, outro desenho passa a ser seu favorito. Não adianta querer fazer tudo e terminar o serviço, pois o serviço nunca acaba… Ou você enlouquece tentando manter tudo sob controle ou deixa um pouquinho de caos fazer parte da sua vida e mantém a sanidade. Eu tenho escolhido a segunda opção na maioria das vezes. Já desencanei da arrumação da sala, que se tornou um enorme estacionamento de carrinhos e pistas de corrida (só guardamos os brinquedos antes de dormir). Temos uma alimentação correta, mas também pedimos pizza quando a comida saudável acaba e estou com preguiça de cozinhar.

Sempre fui perfeccionista e muito organizada, do tipo que já deixa a roupa do dia seguinte separada na noite anterior (inclusive os acessórios). Lazer e diversão só podiam vir depois das obrigações cumpridas. Pois bem, tenho percebido que é possível deixar algumas coisas para depois e ir dar uma voltinha no parque no final da tarde. Muitas coisas que parecem que têm que ser feitas agora podem ficar para depois de uma corrida de carrinhos e muita gargalhada.

Crédito Foto: FreeDigitalPhotos.net
Crédito Foto: FreeDigitalPhotos.net

As perspectivas do que é realmente importante mudam.

E no meio de toda essa correria do dia-a-dia, se você olhar com atenção, percebe que há um ser-humano crescendo e se desenvolvendo e que isso é um processo alheio à sua vontade. Sim, estimular o desenvolvimento é importante, mas ele acontece por si só, em seu ritmo, independente do quanto você se preocupa com ele, independente do quanto você se empenha em manter tudo em ordem ou fazer tudo perfeito. Você vê aquele bebezinho, que não conseguia nem se virar na cama, começar a engatinhar, andar, correr e falar pelos cotovelos… Então, por que se prender a detalhes e se angustiar com coisas pequenas se temos diante dos olhos a vida acontecendo? Pare agora e olhe para seu filho; contemple o milagre da existência, a ordem e a perfeição intrínsecas da natureza, a vida que flui, sem muito esforço… E talvez você encontre dentro de si mesma esse milagre, essa ordem e perfeição sem esforços e aprenda a deixar também sua vida fluir, em seu próprio ritmo.

Sobre Dra. Patricia Carrenho Ruiz

Patricia Carrenho Ruiz, médica pediatra e neonatologista. CRM 113719. Mãe do Lucas, nascido em janeiro de 2012, atualmente, se dedica a ser uma boa mãe pediatra e também uma boa pediatra mãe, refletindo sobre aspectos técnicos, mas também humanísticos dos cuidados com as crianças. Consultório em São José dos Campos. Contato (12) 3922-0331

Veja também

Talentos – Comece a libertá-los

Seja sincero: você sente que usa seu talento naquilo que faz? O que você produz …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.