Home / Colunistas / Dra. Silvana Chedid / Como é a consulta com um especialista em Reprodução Humana Assistida

Como é a consulta com um especialista em Reprodução Humana Assistida

Como é a consulta com um especialista em Reprodução Humana Assistida?

Quando uma mulher com mais de 35 anos está tentando engravidar há mais de seis meses é hora de pensar em procurar um especialista em reprodução humana, aquelas que têm menos de 35 podem esperar até um ano. Este é um passo importante e necessário porque muitas vezes a questão pode ser simples e corrigida rapidamente evitando que a dificuldade de gravidez aumente, além de perder um tempo valioso para a saúde reprodutiva da mulher e inclusive dinheiro, pois quanto mais simples o problema, mais barato o tratamento.

A infertilidade tem sido um problema crescente no Brasil e no mundo, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde) aproximadamente 15% da população sofre de infertilidade, no entanto também é certo que a maioria dos casais que procuram uma clínica de Reprodução Assistida consegue engravidar.

consulta com um especialista em Reprodução Humana Assistida

Passo a passo da consulta com o especialista em infertilidade

Na primeira consulta com o especialista em reprodução humana o médico revisa o histórico clínico do casal, casos de infertilidade ou menopausa precoce na família, avaliação de eventuais tentativas anteriores de tratamento de fertilidade. Mesmo que o casal tenha realizado exames anteriores, o médico pode pedir novos exames para atualizar o diagnóstico ou confirmar a informação existente e inclusive pode pedir exames adicionais.

Como sei qual tratamento é indicado para mim?

É comum que as pessoas pesquisem o preço de tratamentos antes mesmo de saber o que é indicado para elas, isto pode causar angustias ou criar expectativas que não se aplicam com a necessidade individual do casal. Por isso o melhor é aguardar a opinião médica, que quando tiver toda a informação necessária vai propor um tratamento adequado e individualizado.

Quanto custa o tratamento de fertilidade?

Depende do tratamento. O custo da Inseminação Artificial, também conhecida como inseminação intrauterina é mais econômico e pode custar menos que um smartphone, já os tratamentos de Fertilização in Vitro, são mais caros, porém também existem opções de acesso para pessoas com baixa renda. Nos dois casos além do custo do tratamento existe o custo adicional da medicação. Mas antes de preocupar-se em excesso com o custo do tratamento é melhor saber qual é a solução para engravidar indicada para você.

Que exames são solicitados?

Foi publicado anteriormente aqui no Almanaque dos pais a lista de exames que existem para a avaliação da fertilidade feminina. No caso do homem, inicialmente o exame solicitado é o espermograma.

Sobre Dra. Silvana Chedid

Dra. Silvana Chedid
Dra. Silvana Chedid (CRM 57672) é especialista em Reprodução Humana pelo Center for Reproductive Medicine da Universidade de Bruxelas (Bélgica). Por 15 anos dirigiu o CEPERH (Centro de Endoscopia Pélvica e Reprodução Humana do Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo) e por 10 anos sua clínica própria, que foi incorporada ao grupo espanhol de medicina reprodutiva IVI em 2012. www.ivi.net.br

Veja também

4 mulheres engravidam após técnica para rejuvenescer o ovário

Permitir que um ovário envelhecido seja capaz de ovular novamente poderia ser a solução para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.