Home / Gestação e parto / Complicações / Dor na virilha durante a gravidez | Dor pélvica

Dor na virilha durante a gravidez | Dor pélvica

A dor pélvica, comumente conhecida como a dor na virilha durante a gravidez, é muito comum, especialmente a partir do segundo trimestre de gestação. Algumas mulheres também se queixam por sentirem umas visgadas na virilha ou até mesmo entre a vagina e ânus.

gravidez-dor-na-virilha-dor-pelvica

Foto: Reprodução www.everydayfamily.com

Entrar e sair do carro, levantar da cama e até mesmo mudar a posição quando está dormindo vira um tormento. A boa notícia é que existem algumas formas de evitar e aliviar essas dores tão incômodas.

Quais os sintomas da dor pélvica, dor na virilha ou púbis?

A dor pélvica, diferente da dor ciática, possui as seguintes características:

  • geralmente somente 1 lado é afetado, mas a dor pode mudar de um lado para o outro;
  • pode ser sentida na nádega e parte de trás da coxa;
  • pode ser sentida nos quadris;
  • se levantar quando sentada ou deitada pode ser muito doloroso;
  • mudar de posição durante a noite pode ser muito doloroso;
  • piora da dor à noite, geralmente relacionado aos esforços da gestante durante o dia.

 

O que causa a dor na virilha durante a gravidez?

Para que o bebê possa se acomodar melhor e também com o objetivo de possibilitar o parto normal, durante a gestação a mulher produz um hormônio chamado relaxina que, como o próprio nome se refere, relaxa os ligamentos para proporcionar o alargamento dos ligamentos e articulações. Como esse hormônio não age apenas localmente, todo o corpo da mulher é influenciado por ele.

Como o corpo da gestante está em constante transformação, o que inclui peso, postura, equilíbrio e novos esforços, os músculos e ligamentos, especialmente da bacia, acabam “sofrendo” com essa nova carga, o que pode resultar na dor pélvica.

Em alguns casos a dor também é sentida na lombar. Geralmente por conta da articulação sacro-ilíaca e, mais raramente, por conta do nervo ciático que pode estar inflamado ou sofrendo com a pressão da coluna, porém não há relação com o peso ou pressão do bebê.

No caso de dor ciática, o sintoma mais comum é sentir fraqueza ou formigamento em uma das pernas (ou ambas). Outros sintomas que podem acompanhar é a dor nas costas e até mesmo dor nas pernas.

Dicas para aliviar a dor na virilha e dor pélvica

  • Se atentar à sua postura enquanto anda, mantendo ombros retos e balançando os braços enquanto caminha;
  • Aposentar, pelo menos até o final da gestação, sapatos com salto alto;
  • Evitar esforço físico, com o corpo aquecido a dor pode aliviar, mas no final do dia ela poderá piorar;
  • Evitar levantar e arrastar peso. Nesta lista entram até carrinhos de supermercado, pois o esforço para empurrá-los pode piorar consideravelmente a dor;
  • Para pegar objetos no chão, sempre que possível utilize um apoio (mesa, sofá..) e dobre os joelhos para se aproximar do objeto. Nunca incline sua coluna;
  • Sentar-se para vestir calcinha, calça, meia e sapatos;
  • Descansar sempre que possível;
  • Evitar ficar deitada com a barriga para cima. Se for realmente necessário, colocar um apoio na altura da cintura, como um travesseiro baixo, e manter as pernas dobradas;
  • Praticar exercícios ajudam a fortalecer os músculos e evitar ou aliviar a dor na virilha e pélvica. Os mais indicados são os de baixo impacto como hidroginástica, pilates e alongamentos;
  • Uso de cinta de suporte, indicada pelo obstetra, ajuda a aliviar a pressão da barriga. O alívio da dor com o uso de cinta chega a ser instantâneo.
  • Calcinhas altas que sustentam o peso da barriga também são indicadas, porém merecem atenção especial porque não devem apertar a barriga, somente oferecer sustentação.
  • Fisioterapia auxilia no tratamento e prevenção das dores;
  • Bolsa de água quente na região.

 

Atenção: Consulte sempre seu médico e peça que ele indique o melhor tratamento para você. Não se automedique ou resolva o tratamento por conta própria, pode ser perigoso para você e seu bebê.

Acompanhe com a gente a sua gravidez semana a semana  e descubra tudo que que acontece com o seu corpo, o desenvolvimento do seu bebê, dicas de alimentação e todas as informações que você precisa.

Você também vai gostar de ler:

Como aumentar a produção de leite materno
O que é placenta de grau 0, grau 1, grau 2 e grau 3
É normal ter corrimento na gravidez?
Câimbra na gravidez: o que fazer e como evitar

Sobre Almanaque dos pais

Conteúdo produzido pela equipe do Almanaque dos pais.

Veja também

Como está dividido o peso da gestante no final da gravidez

Saiba como está dividido o peso da gestante no final da gravidez: peso do bebê, útero, seios, sangue, gorduras, placenta, líquido amniótico....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.