Home / Geral / Efeito Cinderela

Efeito Cinderela

Uma das principais características das gerações atuais é a preocupação que temos com a nossa saúde e beleza. Com o avanço da medicina e uma grande mudança em nossos hábitos diários, estamos envelhecendo a cada dia com mais qualidade, saúde e aparência jovial. Não é à toa que uma das maiores preocupações dos meus pacientes é justamente combater os sinais da idade que começam a aparecer a partir dos trinta anos.

efeito cinderelaÉ neste contexto que existe diversos tipos de tratamentos, como o facelift, toxina botulínica, ácido hialurônico, peelings e cosméticos para tratar os sinais da idade. A novidade agora é o chamado “Efeito Cinderela”, que são produtos dermocosméticos, como o “Instantly Ageless”, capazes de amenizar as linhas de expressão de forma instantânea, porém com efeitos que duram apenas oito horas.

Os produtos agem instantaneamente ao entrar em contato com a pele e têm a função de diminuir os sinais do envelhecimento ao uniformizar e tencionar a pele, o que reduz visivelmente as linhas finas de expressão, os poros, e o inchaço sob os olhos. Esta é uma alternativa para quem quer melhorar a aparência, sem precisar passar por um procedimento estético invasivo. Os resultados são sutis e duram por um curto período, mas podem ser uma boa solução para usar antes de ir a uma festa ou ocasião especial.

Atenção: Esses produtos não são indicados para gestantes e lactantes.

Atualmente, o órgão de regulamentação Americano está trabalhando na aprovação de um cosmético à base de toxina botulínica, que promete combater os sinais da idade por um período mais longo, sem o paciente precisar passar pela técnica de aplicação atual, com o auxílio de agulhas. Vamos aguardar para ver.

Sobre Dr. Eduardo Zampieri Gauch

Dr. Eduardo Zampieri Gauch
Dr. Eduardo Zampieri Gauch CRM: 113650 | RQE 43109 Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

Veja também

Insolação: O que é insolação, como evitar, sintomas e tratamento

Dr. Marcelo Ruiz explica o que é a insolação, seus sintomas, o que fazer e dicas para evitar a insolação em crianças e adultos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.