Home / Gestação e parto / O que você precisa saber / Engravidar de gêmeos: Quais as chances de gravidez gemelar?

Engravidar de gêmeos: Quais as chances de gravidez gemelar?

Quais as chances de engravidar de gêmeos?

Enquanto algumas mulheres chegam a arrepiar só em pensar como seria gerar e cuidar de dois bebês ao mesmo tempo, outras sonham engravidar de gêmeos, um sonho não tão fácil de se realizar, especialmente quando se trata de gravidez natural em que a incidência é de 1 gravidez de gêmeos a cada 90 gestações. Com os tratamentos para engravidar a incidência subiu para 3,2%.

engravidar-de-gemeos

Foto: Reprodução  www.newhealthadvisor.com

A gravidez de gêmeos idênticos, em que um único óvulo é fecundado e depois este se divide em 2, ainda é um mistério para a medicina. Esta situação é mais rara do que a gravidez de gêmeos dizigóticos, ou seja, gravidez em que 2 óvulos são liberados e fecundados, representando 0,95% dos casos de gravidez múltipla.

Quais as chances de engravidar de gêmeos com tratamento de infertilidade?

As chances de engravidar de gêmeos, quando falamos em tratamentos para engravidar como estimulação ovariana, inseminação artificial ou mesmo Fertilização in Vitro (FIV) variam muito entre as clínicas de reprodução humana. Um estudo realizado em 2011 com mais de 10 mil mulheres que engravidaram graças aos tratamentos de fertilização in vitro, cerca de 2.500 tiveram gravidez múltipla – gêmeos, trigêmeos ou quadrigêmeos.

As chances de engravidar de gêmeos realizando tratamento de fertilização in vitro é de 22,4% para mulheres abaixo dos 35 anos. Com o aumento da idade da mulher as chances de engravidar de gêmeos diminuem.

Como a quantidade de embriões transferidos nas FIVs foi reduzida, até mesmo por determinação da ANVISA, pode-se dizer que com a utilização de tratamentos para engravidar, como indução, FIV, inseminação artificial, entre outras, as chances de engravidar de gêmeos é de aproximadamente 15%.

Quais as chances de engravidar de gêmeos naturalmente?

Vários fatores influenciam nas suas chances de engravidar de gêmeos naturalmente, especialmente o fator genético e a idade. Alguns fatores combinados podem aumentar ainda mais suas chances, como por exemplo, histórico familiar unido ao tratamento para engravidar.

Confira abaixo alguns fatores que podem aumentar as chances de engravidar de gêmeos.

Idade da mulher

A idade avançada é um dos fatores que têm contribuído para o aumento no número de casos de gêmeos, juntamente com os tratamentos para engravidar. Isto acontece porquê acima dos 30 anos o hormônio FSH, que estimula o desenvolvimento dos óvulos ainda dentro dos ovários, começa a aumentar, já que é necessária uma maior estimulação para que os óvulos amadureçam em comparação com uma mulher com menos idade.

Com a produção do FSH aumentada, aumentam as chances de que mais de um óvulo seja liberado, resultando em gravidez gemelar de bebês não idênticos.

Hereditariedade – histórico de gêmeos dizigóticos na família

Mais um fator que envolve somente a mulher: casos de gêmeos não idênticos na família. Não existe comprovação que casos de gêmeos idênticos na família também aumente as chances de uma gravidez gemelar.

Amamentação

Quando o bebê se alimenta exclusivamente de leite materno, as chances de uma mulher que amamenta engravidar são muito reduzidas, porém, além de ser possível engravidar amamentando, a taxa de gravidez de gêmeos nesses casos é de 11,4% em comparação com 1,1% dos casos de gravidez múltipla em mulheres que não amamentavam quando engravidaram.

Raça negra

As mulheres negras possuem mais históricos de gestação gemelar do que de outras raças. As asiáticas são as consideradas menos propensas à gravidez múltipla.

Peso – IMC maior do que 30

O excesso de peso é um fator que contribui para a infertilidade da mulher. Com o excesso de gordura o corpo começa a produzir mais estrogênio, o que pode estimular os ovários a liberarem mais de um óvulo.

Altura da mulher

Um fator ainda sem comprovação científica é que mulheres mais altas possuem maiores chances de engravidar de gêmeos. Esse fator começou a ser considerado após um estudo que descobriu que mulheres com cerca de 1,61 centímetros tinham menor incidência de gestação múltipla quando comparadas com mulheres com cerca de 1,65 centímetros.

Consumo de derivados do leite de vaca / mandioca / inhame

Outro fator também sem comprovação científica e que divide muito as opiniões é que mulheres que consomem leite de vaca e seus derivados são mais propensas a engravidar de gêmeos. Acredita-se que seja devido aos hormônios de crescimento dado às vacas.

Também acredita-se que o consumo de inhame e mandioca influenciam a ovulação da mulher, aumentando as chances de liberar mais de um óvulo.

Fonte: http://www.fertil.med.br

Você também vai gostar de ler:

Ovulação Tardia | O que é e como acontece a ovulação tardia
A gravidez múltipla e o parto de gêmeos
Beta hCG | O exame Beta hCG quantitativo, qualitativo e a betaespera
O enjoo na gravidez vai até que mês?

Sobre Almanaque dos pais

Conteúdo produzido pela equipe do Almanaque dos pais.

Veja também

Dor no pé da barriga na gravidez

A dor no pé da barriga na gravidez é causada principalmente pelo estiramento dos músculos da barriga, ligamentos mais relaxados, mudança postural e peso da barriga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.