Home / Colunistas / Dra. Taila Billa / Grávida pode fazer radiografia?

Grávida pode fazer radiografia?

A gravidez está cercada de mitos e crenças, e um deles é o tema do nosso post: Grávida pode fazer radiografia?

radiografia

Antes de mais nada, o que são os raios-x e como funcionam?

São emissões eletromagnéticas semelhantes à luz visível, mas este tipo de radiação é invisível.

Um gerador emite um feixe de elétrons que colide contra os átomos. Dependendo do material e do átomo, forma-se uma imagem bidimensional, uma mais clara e outra mais escura.

O raio ultrapassa o corpo e forma uma sombra onde colide, imprimindo uma imagem no filme que está do outro lado.

O mito: Grávida pode fazer radiografia?

O medo de que possa afetar o bebê se deve em grande parte à maneira como a radiação ionizante (raios-x) foi usada no início do século passado.

Nos anos 20, muitas mulheres que sofriam de doença inflamatória pélvica e miomas foram tratadas com várias aplicações desta radiação. Só depois verificou-se os efeitos devastadores para o feto, como retardo mental, microcefalia, microftalmia e catarata.

Quais os riscos de fazer um exame radiográfico grávida?

​​O maior perigo de fazer exames de raio X durante a gravidez é o risco de defeitos genéticos no feto, mas este problema é RARO porque é necessária uma quantidade muito elevada de radiação para provocar alterações no feto.

Atualmente, sabe-se que a radiação máxima recomendada para uma gestante é de 5 rads, mas as radiografias mais utilizadas não chegam nem perto desta quantidade.

Observe no quadro abaixo:

gravida pode fazer radiografia

Como minimizar ainda mais os riscos durante uma radiografia?

Comunique o médico ou dentista sobre a gravidez, assim ele poderá avaliar a necessidade de realizar o exame, e também identificar a quantidade necessária (NUNCA superior) de Rads para formar uma imagem boa para o diagnóstico, utilização de aventais e protetores de tireóide de chumbo.

A conduta dos médicos e dentistas costuma ser cautelosa, embora os riscos ligados a radiografias diagnósticas sejam baixos, os especialistas recomendam que as gestantes adiem mesmo assim exames não-urgentes para depois do parto. Se o raio x for necessário para algum diagnostico, procure se tranquilizar, lembrando que a quantidade de radiação que o bebê receberá é provavelmente inferior ao limite seguro.

Ao contrário do que muita gente pensa, grávidas podem fazer exames radiográficos sem representar risco à sua saúde ou à do bebê, basta seguir os protocolos de segurança para uma radiografia comum.

Sobre Dra. Taila Billa

Dra. Taila Billa é dentista especialista em ortodontia com aperfeiçoamento em cirurgia bucal. Atende em consultório próprio na cidade de Taubaté - SP. Contato: (12) 3026-8789.

Veja também

Como realizar corretamente a higiene íntima da mulher

Realizar corretamente a higiene íntima da mulher é fundamental também para as tentantes, gestantes e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.