Home / Colunistas / Dra. Silvana Chedid / Período fértil e ovulação

Período fértil e ovulação

Na hora de planejar a gravidez é importante identificar o período fértil. Existem várias alternativas para saber quando se está ovulando. Uma das formas mais efetivas para saber o momento de maior fertilidade é ter conhecimento do próprio ciclo menstrual.

A melhor técnica para saber quando se está ovulando é saber a duração completa do ciclo menstrual (número de dias entre o primeiro dia de duas menstruações consecutivas) e diminuir 14 dias.  Por exemplo, se o ciclo dura 30 dias, o dia da ovulação seria aproximadamente o dia 16, se o ciclo é de 24 dias, a ovulação estaria em torno do dia 10 e assim sucessivamente. Lembrando que ter menstruado não necessariamente significa ter ovulado.

periodo-fertil-e-ovulacao

Ciclo menstrual

Durante o ciclo menstrual os óvulos se desenvolvem e se preparam para uma possível gravidez. O início deste ciclo é o primeiro dia da menstruação e o final é o dia anterior ao início da próxima menstruação. O ciclo pode variar com relação à quantidade de dias, mas sempre terá 3 fases. Considerando um ciclo de 28 dias, temos:

–       Fase folicular ou proliferativa: entre o primeiro e o décimo terceiro dia do ciclo ocorre o crescimento de um grande número de folículos, sendo que cada folículo contém um óvulo. No final apenas um deles será o “escolhido” para ser desenvolvido e liberado, enquanto o resto dos folículos vão minguar. Nesta fase acontece o engrossamento ou proliferação do endométrio, que é a capa interna do útero onde se instala o embrião, e por isto, deve estar preparada para oferecer as condições adequadas para a futura gravidez.

–       Ovulação, entre os dias 14 e 15 do ciclo o folículo rompe para a liberação do óvulo e amadurecimento. Se, quando maduro, o óvulo encontrar-se com o espermatozoide que vem pela trompa de Falópio, poderá acontecer a fecundação.

–       Fase lútea ou secretora, com uma duração de 14 dias, onde é produzido o hormônio progesterona, que provoca as mudanças no endométrio para que ele esteja receptivo ao embrião. A duração desta fase deve servir para calcular o possível momento da ovulação.

Risco de tomar medicamentos que estimulam a ovulação sem prescrição médica

Se você desconfia que não está ovulando, consulte um especialista e jamais tome medicamentos que estimulem a ovulação (como o Clomid) por conta própria, pois além de nem sempre serem eficazes, automedicar-se implica em  uma série de riscos importantes para sua saúde e saúde do futuro bebê:

1º É possível que a mulher não esteja ovulando por alguma patologia que deve ser diagnosticada e tratada de outra forma;

2º Estes medicamentos estão contraindicados em alguns tipos de enfermidades e circunstâncias, por isso é fundamental que tenham sido receitados pelo ginecologista;

3º Existe um risco de provocar ovulações múltiplas ao tomar o medicamento sem controle e consequentemente acabar provocando uma gravidez múltipla, algo que é um risco para os futuros bebês e também para a mãe.

Sobre Dra. Silvana Chedid

Dra. Silvana Chedid
Dra. Silvana Chedid (CRM 57672) é especialista em Reprodução Humana pelo Center for Reproductive Medicine da Universidade de Bruxelas (Bélgica). Por 15 anos dirigiu o CEPERH (Centro de Endoscopia Pélvica e Reprodução Humana do Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo) e por 10 anos sua clínica própria, que foi incorporada ao grupo espanhol de medicina reprodutiva IVI em 2012. www.ivi.net.br

Veja também

Desafio para Aumentar as Chances de Gravidez

IVI SALVADOR LANÇA DESAFIO PARA AUMENTAR AS CHANCES DE GRAVIDEZ Todas pessoas podem aumentar as …

6 comentários

  1. Olá! Meu nome é Julia, tenho 24 anos e tomava o anticoncepcional Tamisa 30 desde OUT/2010. O último comprimido tomei dia 7/3/16 e minha última menstruação iniciou em 12/03/16 e após o término da mesma parei de tomar o AC pois quero engravidar. Pelos cálculos que fiz o dia da ovulação seria 26/3 (Sábado) e tive relação na Quinta (23/3) e na madrugada de Sábado para Domingo (26/3 para 27/3). Existe a possibilidade de ter engravidado? Aguardo ansiosamente um retorno.

    • Almanaque dos pais

      Olá Julia,
      Ao parar com o anticoncepcional o corpo da mulher algumas vezes demora um pouco para se ajustar, podendo haver mudança no ciclo menstrual, no fluxo e até ovulação “fora de hora”, mas mesmo assim é possível que você já tenha engravidado logo no primeiro ciclo.
      Para ter certeza você precisará realizar algum teste de gravidez. Clique aqui e saiba quantos dias deve aguardar para realizar cada tipo de teste.
      Beijos

  2. Olá, tomei ac contínuo cerazete por quatro anos ai parei dia 01/03 e até agora não menstruei, por ter ficado quatro anos sem posso engravidar antes dela vim?

    • Almanaque dos pais

      Olá Thayse, tudo bem?
      Ao parar de tomar anticoncepcional, o corpo de grande parte das mulheres demora um pouquinho para se ajustar, o que pode causar atraso menstrual ou mudança no fluxo.
      Você pode sim engravidar antes da menstruação aparecer, por isso fique atenta aos sinais e realize um teste de gravidez cerca de 15 dias após a relação para tirar a dúvida.
      Beijos

      • Oiee me chamo Nathalia,eu começei a tomar remedio em janeiro, parei agora em março, gostaria de saber se consigo engravidar rapido mesmo tendo tomado só dois meses ?
        Queria saber também se o periodo feril da mulher só é nos dias que a calculadora mostra, uma vez ouvi falar que uma semana antes e uma apos da M,a mulher ta fertil é verdade ??

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.