Home / Mamãe / Comportamento / Quanto tempo esperar para ter o segundo filho?

Quanto tempo esperar para ter o segundo filho?

Tem gente que diz que é melhor ter um filho na sequência do outro, também são muitos os que dizem que o melhor é deixar o primeiro crescer um pouco. Existem inclusive algumas teorias sobre ter filhos de 7 em 7 anos… Então como decidir quando ter o segundo filho?

Quanto-tempo-esperar-para-ter-o-segundo-filho

Quanto tempo esperar para ter o segundo filho?

O tempo de espera entre uma gravidez e outra é muito relativo. A melhor decisão é particular e dependerá de vários fatores, incluindo a personalidade dos pais, sua situação e também do primeiro filho. Do ponto de vista médico, uma coisa importante para levar em consideração é a idade materna para evitar que esperar possa colocar a fertilidade em risco.

Quando o primeiro filho chega depois da mulher passar dos 35 anos, não é recomendável esperar muito tempo, pois a partir dessa idade a reserva de óvulos disponível para toda sua vida reprodutiva começa a perder qualidade e quantidade rapidamente. A partir desta idade, a cada ano a fertilidade reduz bastante. Aos 40, as chances de ter filhos naturalmente é de no máximo 10%, na direção contrária, o risco de ter um bebê com alguma alteração cromossômica, como a Síndrome de Down, aumenta.

nivel-de-fertilidade-feminina-por-idade

No quadro acima apresento o nível de fertilidade feminina de acordo com a Idade, o que é diferente de chances de gravidez. Considere que as chances de engravidar de um casal jovem e fértil estão em torno a 25% por ciclo! Por esta razão, é normal que mesmo com a saúde reprodutiva em ordem, o tempo de espera para suspeitar da infertilidade é de um ano tentando engravidar sem sucesso.

E se a idade limite chega, mas o momento de ter outro filho não?

Ocorre com frequência que o casal quer ter filhos, mas por circunstâncias que parecem pontuais, pouco a pouco adiam a gravidez alguns meses e depois outros mais, até que sem perceber pode ser tarde para ter filhos com óvulos próprios. Aos 43 anos, por exemplo, mesmo com a ajuda de tratamento de reprodução humana, grande parte das mulheres precisam de óvulos doados para poder engravidar novamente.

A alternativa de congelar óvulos para engravidar no futuro é recomendada para mulheres até 35 anos, após esta idade também é possível fazer o congelamento e gerar embriões sadios, mas não é a situação ideal, pois a fertilidade já está em queda a partir desta idade.

Toda mulher precisa fazer acompanhamento periódico da fertilidade

A avaliação da fertilidade é algo novo assim como é recente a mudança social que levou as famílias a ter filhos mais tarde. Por isso, sua rotina de exames ginecológicos periódicos deve incluir estudos da reserva ovariana, que seriam no mínimo a dosagem de FSH e a ultrassonografia transvaginal.

Com o acompanhamento periódico da sua fertilidade com seu ginecologista, você terá um bom controle e informação confiável para decidir sobre a chegada do segundo filho na família!

Sobre Dra. Genevieve Coelho

Dra. Genevieve Coelho
Dra. Genevieve Coelho é ginecologista especialista em reprodução humana pelo Instituto Valenciano de Infertilidade (IVI), na Espanha, e especialista em vídeo cirurgia pelo Instituto São Rafael em Milão, Itália. Dirige o IVI Salvador desde sua fundação em 2009. www.ivi.net.br (71) 3014 9999

Veja também

muco hostil

Muco cervical hostil, ou muco hostil. O que é, como identificar e o que fazer

O muco cervical hostil, ou simplesmente muco hostil, é considerado por alguns especialistas em fertilidade …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.