Home / Filhos / Educação e comportamento / Soluço do bebê: é normal soluçar todos os dias? Como parar?

Soluço do bebê: é normal soluçar todos os dias? Como parar?

O soluço do bebê muitas vezes preocupa as mamães, dando uma sensação de que o bebê está sofrendo ou mesmo por desconfiar que pode ser sinal de algum probleminha. Mas o soluço no bebê é normal, inclusive antes de nascer eles já soluçavam dentro da barriga da mamãe.

soluco-do-bebe

Foto: Shuterstock

Soluço do bebê: é normal soluçar todos os dias?

É normal o recém-nascido soluçar todos os dias, inclusive em seu primeiro mês de vida ele pode chegar a soluçar até mais de uma vez por dia.

Da mesma forma que o soluço surge, sem aviso, ele também tende a desaparecer por volta dos 6 meses de idade, ficando cada vez mais raro de acontecer.

O que causa o soluço nos bebês?

Ao contrário do que a grande parte das pessoas acreditam, o soluço não está ligado ao engasgo, mas sim à imaturidade do diafragma do bebê, um músculo que separa cavidade abdominal da torácica e é o principal responsável pela nossa respiração.

A posição em que o bebê é amamentado, a rápida distensão abdominal causada pela alimentação em grande quantidade, ou mesmo se ele ingere muito ar durante a mamada – seja no seio materno, ou mamadeira – pode desencadear o soluço.

Outro fator que pode desencadear o soluço, porém não está ligada à alimentação, é a mudança repentina de temperatura.

Bebês que mamam em mamadeira tendem a soluçar mais do que os bebês que mamam no peito.

Nas crianças crescidinhas, um fator que contribui para o soluço é comer muito rápido ou falando, assim elas ingerem mais ar, um dos fatores que provoca o soluço.

O que fazer para EVITAR o soluço nos bebês?

1 ) O primeiro passo é se atentar à posição do bebê durante a mamada, evitando que ele fique na posição horizontal e que seu nariz esteja livre para respirar.

2 ) Durante à amamentação perceba se o seu bebê faz barulhinhos durante a sucção, o que seria um sinal de que ele está ingerindo ar junto com o leite. Neste caso o mais indicado é retirar o bebê do peito e ajustar a pega.

3 ) Após a amamentação, deixe o bebê em pé em seu colo por 10 a 15 minutos.

4 ) Coloque o bebê para arrotar.

5 ) Note se o soluço começou quando houve uma mudança rápida de temperatura e vista seu bebê de acordo com o clima. Se o bebê começou a soluçar durante o banho, cubra-o com a toalha, seque bem e coloque uma roupinha.

O soluço faz mal para o bebê?

Não, apesar de um ser muito desconfortável para os adultos, ele não incomoda tanto os bebês e não causa dor.

Quando o soluço no bebê pode ser sinal de problema?

Se o soluço atrapalha a rotina do bebê, dificultando alimentação ou mesmo o sono, é indicado conversar com o pediatra.

Outro caso de alerta é que bebês com refluxo acabam soluçando mais do que outros bebês. Procure pelo pediatra se o seu bebê, juntamente com o soluço, apresenta episódios de irritabilidade, tosse, vômitos ou refluxo.

Agora, se o seu filho já está com mais de 1 ano de idade e apresenta soluços frequentes, também vale a pena comentar com o pediatra para que ele investigue.

O que fazer para parar o soluço do bebê?

Se o soluço já começou, o desafio é tentar fazê-lo parar o quanto antes, porém não há uma solução que seja considerada eficiente por todos os médicos.

A única solução indicada é oferecer algo para o bebê ingerir, já que o movimento de sucção pode ajudar a estabilizar os espasmos do diafragma. Você pode oferecer a mama para os pequenos e para os crescidinhos pode oferecer mamadeira, suco natural ou água.

Soluções caseiras e crenças antigas ainda são utilizadas hoje em dia, como colocar um pedacinho de linha vermelha na testa do bebê. Essa simpatia, apesar de não trazer riscos para a criança, não possui comprovação científica, mas se você acredita nela, não custa nada tentar, certo?

Jamais dê susto ou permita que alguém assuste seu bebê com a finalidade de parar o soluço, apesar de surtir efeito com crianças maiores e adultos por liberar a adrenalina que pode inibir os espasmos do diafragma, o susto pode deixar seu bebê assutado, angustiado ou mesmo com medo, além de não surtir efeito para acabar com o soluço

Você também vai gostar de ler:

Parece cólica, mas não é! Descubra o que pode causar choro no bebê
Devo acordar o bebê para amamentar?
Pé cresceu depois da gravidez? É verdade!
Bebê com febre: tudo o que você precisa saber

Sobre Almanaque dos pais

Conteúdo produzido pela equipe do Almanaque dos pais.

Veja também

Regras para visitar bebê recém-nascido e dicas de presentes

A vontade de conhecer o mais novo membro da família, ou o filho daquele grande …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.