Home / Colunistas / Monica Romeiro / Dilemas de uma mãe que trabalha em casa

Dilemas de uma mãe que trabalha em casa

mae e filho computador by blog.beliefnet.com
Foto: blog.beliefnet.com

Quando eu e meu marido decidimos que seria melhor eu trabalhar de casa para poder cuidar das crianças, eu jamais poderia imaginar que essa decisão me deixaria exausta todos os dias, muito mais do que se eu trabalhasse fora.

Existem dias em que eu me arrependo, quero jogar tudo para o alto, colocar as crianças em tempo integral na escola e procurar um emprego. Pensar que terei um chefe chato, colegas de trabalho malas ou até mesmo um ambiente de trabalho hostil ainda é mais fácil do que encarar a maratona da mãe que trabalha em casa.  Geralmente esses pensamentos acontecem quando meus dois filhos estão brigando pelo mesmo brinquedo, pendurados na minha perna, tirando a fralda, jogando pão mastigado no tapete e colocando a mão melada na tela da TV ao mesmo tempo – sim, eles conseguem fazer tudo isso ao mesmo tempo, principalmente se notarem que eu estou tentando me concentrar.

E, finalmente, começa a anoitecer. Dou o jantar para as crianças, brincamos por uns 30 minutos ainda na sala e começamos a rotina no sono – desligo TV, dou banho demorado para relaxar, marido chega e colocamos os pequenos para dormir. Por volta das 20:00hrs os dois estão dormindo e eu esgotada que mal consigo preparar o jantar e apelo para o delivery.

Claro que é muito cansativo e eu me cobro muito para que tudo esteja em ordem, não admito um trabalho mal feito ou feito pela metade, se eu me comprometi a fazer, vou fazer direito. Mas como fazer direito dois trabalhos ao mesmo tempo? Qual deve ser priorizado?

Minha prioridade é ser mãe do Lucas (2 anos e 7 meses) e da Larissa (1 ano e 1 mês), é amamentar minha filha enquanto for importante para ela, é correr ao supermercado quando acaba a banana (dá para fazer compra do mês para ganhar tempo, mas frutas e legumes tem que ser toda semana), é trocar as fraldas cheias, é cuidar de quem estiver “dodói”, é educar e ensinar, é me superar todos os dias, é me tornar um bom exemplo como cidadã e uma boa mãe.

Depois de todas essas prioridades acima entra a necessidade profissional, de fazer um bom trabalho, que seja rentável e referência, que traga frutos e satisfação, que me deixa feliz e realizada como mulher, profissional e, novamente, mãe, afinal até meu trabalho gira em torno da maternidade.

E assim vou seguindo, repensando se estou no caminho certo e, depois de pensar um pouco – ou escrever um post para o blog – ter a certeza que é exatamente assim que quero viver: Trabalhar todo o tempo que as crianças deixarem, e estar com meus filhos todo o tempo que o mundo deixar!

 

Monica Romeiro é mãe do Lucas e da Larissa e administradora do Almanaque dos Pais

Sobre Monica Romeiro

Monica Romeiro
Monica Romeiro é mamãe babona e apaixonada do Lucas - nascido em janeiro de 2011 - e da Larissa - nascida em julho de 2012 -, casada, publicitária por formação e empreendedora na Internet por paixão – paixão por criar, ler, escrever, pesquisar, colaborar, navegar, ajudar e compartilhar suas experiências. Escreve (sem papas na língua) sobre maternidade e dá dicas sobre empreendedorismo.

Veja também

cartao-dia-dos-pais-turma-da-monica

Aplicativo para cartão Dia dos Pais | Turma da Mônica

Durante todo o mês de agosto estará disponível o aplicativo para você preparar o cartão do Dia dos Pais com o tema da Turma da Mônica. Pegue o link aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.