Home / Mamãe / Comportamento / Como descubro quem é o pai do meu filho?

Como descubro quem é o pai do meu filho?

Como descubro quem é o pai do meu filho?

A dúvida sobre a paternidade do bebê é muito mais comum do que você pode imaginar e muitas mulheres estão, neste momento, na mesma situação que você. Não sinta vergonha ou deixe que comentários maldosos afetem sua vida, afinal há uma nova vida sendo gerada e que precisa de uma mamãe forte e guerreira para educá-la, amá-la e criá-la.

quem-é-o-pai-do-meu-filho

Foto: Reprodução www.dred.com

Descobrir quem é o pai é importante não só para você, mas também para seu filho, já que a figura paterna também é importante para a criança.

A boa notícia é que existem algumas formas diferentes de descobrir quem é o pai e vou falar a vantagem e desvantagens de cada uma delas para você.

Como descubro quem é o pai do meu filho?

Descobrir quem é o pai através da data da Relação Sexual

Para saber quem é o pai através da data da relação sexual, alguns fatores precisam ser levados em consideração, e o principal deles é:

  • Intervalo entre as relações sexuais maior do que 10 dias

 

Se o intervalo entre as relações for menor do que 10 dias, a única forma segura de descobrir quem é o pai, é através do exame de DNA.

Se o intervalo for maior do que 10 dias, você pode utilizar nossa calculadora da concepção ou a calculadora da gravidez para saber a data mais provável da sua ovulação, ou seja, o dia em que o óvulo foi fecundado.

  • O resultado da calculadora não é 100% seguro, já que mesmo mulheres com ciclo menstrual regular podem ovular alguns dias antes ou depois da data informada.
  • Outro ponto que deve ser levado em consideração é que os espermatozoides sobrevivem alguns dias dentro do corpo da mulher – em média 3 a 5 dias – ou seja, nem sempre a data da ovulação é a mesma data da relação sexual, que pode ter acontecido dias antes.

 

Descobrir quem é o pai através do Tipo Sanguíneo:

Para utilizar esse método é preciso que o tipo sanguíneo dos prováveis pais sejam diferentes e, com um pouco de sorte, você pode calcular se a combinação é possível.

Antes do nascimento:
É possível e não traz risco para o bebê já que é necessário apenas a coleta do sangue da mãe para realizar a análise. Porém é um exame de alto custo e que não é coberto por convênios.

Após o nascimento:
Após o nascimento a própria maternidade informa para a mãe do bebê qual é o tipo sanguíneo dela e da criança. Através desta informação, com um pouco de sorte e considerando que os possíveis pais tenham tipo sanguíneo diferentes, é possível analisar quem é o pais.

Segue abaixo uma tabela de variações possíveis:

tipo-sanguineo-pai-mae-e-filho

Leia também: Tabela do Fator RH dos pais e possível fator RH dos filhos

Descobrir quem é o pai através do Exame de DNA:

Este método é o único 100% seguro. Através da análise do sangue do bebê e dos possíveis pais, é possível afirmar quem é o pai com total segurança.

Além de alto custo, também é necessário a colaboração de pelo menos um dos pais. Também é possível contratar um advogado ou entrar em contato com a Defensoria Pública de seu estado para entrar com uma ação judicial para solicitar o teste de DNA gratuito, porém pode levar muitos anos para a conclusão da ação.

O teste de DNA para descobrir a paternidade pode ser realizado antes do nascimento coletando o sangue da mãe e pelo menos de um possível pai, ou após o nascimento coletando o sangue do bebê ao invés do da mãe.

Você também vai gostar de ler:

É normal ter corrimento na gravidez?
A gravidez tem seus lados difíceis
Grávida pode menstruar? Sangramento durante a gravidez
Sexo durante a gravidez

Sobre Almanaque dos pais

Conteúdo produzido pela equipe do Almanaque dos pais.

Veja também

Dor no pé da barriga na gravidez

A dor no pé da barriga na gravidez é causada principalmente pelo estiramento dos músculos da barriga, ligamentos mais relaxados, mudança postural e peso da barriga.

3 comentários

  1. Tive uma relação desprotegida no dia 24/06 e tomei pílula do dia seguinte, no dia 30/06 como eu estava esperando a minha menstruação veio por 5 dias, como sempre acontece.
    No dia 06/07, 13/07 e 16/07 tive novamente relações sexuais desprotegida e tomei pilula do dia seguinte novamente no dia 13/07…
    Estou grávida de 10 semanas conforme o ultrassom que fiz na 6a semana.
    Será que é possível ter engravidado no dia 24/06?
    Qual a probabilidade disso?
    Minha DPP é dia 07/04/18
    E meu ciclo é de 30 dias
    Me ajudem!!!

  2. Gente. Me ajuda. Não me julguem por favor. Dia 1 de julho de 2017 minha menstruação veio. Tive relação dia 14 e dia 22 de julho, mas não foi com a mesma pessoa e não me previni, mas dia 1 de agosto minha menstruação não veio. Estou com 12 dias de atraso. Ainda não fiz o teste por medo de estar grávida. Caso se eu tiver grávida será de quem?

    • Stephanie, depende do seu ciclo menstrual.
      Geralmente, o dia mais fértil da mulher é o 14°, o que não é o meu caso, pois meu ciclo é maior do que 28 dias.
      Então, na minha leiga opinião, a probabilidade de ser o do dia 14/07 é maior.
      Com 12 dias de atraso já dá para fazer o exame de farmácia, porém, o mais aconselhado é o laboratorial Beta HCG.
      E, confirmada a gravidez, procure um médico para informações mais precisas.
      Boa sorte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.