Home / Colunistas / Dra. Taila Billa / Como escolher o creme dental ideal

Como escolher o creme dental ideal

Pode não parecer, mas escolher o creme de dente ideal pode ser uma tarefa difícil e confusa para muita gente, principalmente com tanta variedade de cor, sabor, e até mesmo de embalagens.

creme dental

Se você é do tipo que olha para as prateleiras e fica indecisa com qual creme dental comprar devido a grande variedade destes produtos, ou se você não sabe como escolher o melhor creme dental para meu filho, aqui vão algumas dicas que podem facilitar a escolha.

Para escolher o creme dental ideal devemos sempre ficar de olho em algumas informações nas entrelinhas:

  • Fluoretos

 

Na minha opinião, esse item é o mais importante de todos.

Segundo a ADA (Academy of General Dentistry) dos Estados Unidos, o uso de pasta fluoretada 2 vezes ao dia pode reduzir em até 40% o aparecimento de cáries. Mas devemos lembrar que durante os primeiros aninhos de vida, a criança não sabe cuspir o excesso da pasta, e isso pode levar à má formação dos dentes permanentes, ou seja, eles podem nascer com manchas brancas características da fluorose dentária.

Portanto, o uso de pasta com fluoretos só é recomendado quando a criança já souber cuspir todo o excesso do creme, ok?

  • Clareadores

Como são abrasivos, não são recomendados para crianças, principalmente com dentes de leite, e a maioria apresenta flúor em sua composição, o que é mais uma contraindicação.

  • Triclosan

É um agente bacteriostático, ou seja, que inibe a proliferação de bactérias, e sua concentração a nível seguro à saúde é de até 0,3%.

  • Corantes

Como nossa alimentação já apresenta muito corante, o ideal seria utilizar um creme dental sem esse aditivo, até porque sua função é a higienização dos dentes e mucosa bucal. Vale lembrar que o creme dental que apresenta corante em sua composição não é recomendado para quem faz ou fez clareamento e quer manter a cor branquinha dos dentes.

  • Sabor

Existe diversos sabores disponíveis no mercado, mas os mais vendidos são os refrescantes. Já as crianças gostam daquelas com sabores mais adocicados.

  • Tratamento

 

Para quem possui doença gengival (gengivite ou periodontite) existe aquelas pastas com sabor não tão agradável, mas que ajudam a diminuir o sangramento e inchaço da gengiva.

pasta de dente

Se for para uma criança, o ideal é os pais utilizarem uma pasta com sabor agradável e realizarem a escovação, assim o filho vai aprender a escovar os dentes sem o trauma do sabor desagradável.

 

Eu sei que a variedade é grande, mas seguindo essas dicas, vai ficar um pouco mais fácil na hora de escolher o melhor creme dental para você e sua família.

Sobre Dra. Taila Billa

Dra. Taila Billa é dentista especialista em ortodontia com aperfeiçoamento em cirurgia bucal. Atende em consultório próprio na cidade de Taubaté - SP. Contato: (12) 3026-8789.

Veja também

Tabela do Sono do Bebê e Criança – 0 a 12 anos

Conheça a Tabela do Sono do Bebê e Crianças, segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria. …

2 comentários

  1. Pode ate ser que o fluor diminua as caries, mas estudos mais atuais nao comprovam isso, muito pelo contrario o fluor prejudica a saude em geral, e afeta a glandula pineal, é um veneninho a mais na nossa vida. Existem alternativas bem mais saudaveis que nao afetarão tanto a glandula pineal quanto outros orgaos. Na Europa nao tem fluor na agua, e vc encontra pastas sem fluor, aqui ja é dificil, as de criança tem sabores viciantes e adocicados que acabam estimulando a criança a engolir a pasta e a ficar presa no sabor doce que justamente é o acucar que é acidificante e prejudica nao so os dentes mas ao Ph do sangue alem de deixar as crianças obesas.

    • Boa noite Elisa,

      A fluoretação da água de abastecimento é uma alternativa barata e abrangente que o governo utiliza para atingir grande parte da população brasileira, o que diminui o índice de cárie.
      A dose de flúor utilizada na água é mínima e não oferece risco à saúde. O problema está na superdosagem de flúor, que pode causar de fluorose dental até casos alérgicos.
      Apesar de alguns países abolirem a fluoretação da água,existem outros métodos de fluoretação, como o do leite e do sal.
      A controvérsia existe, mas mesmo assim alguns países ainda utilizam este método preventivo, como a Inglaterra, Irlanda, Estados Unidos e Austrália.

      Sobre a pasta de dente ser adocicada, não quer dizer que ela apresente açúcar (carboidratos fermentáveis) em sua composição. Os tipos de “açúcares” encontrados, referem-se, muitas vezes, a formas de celulose e polissacarídeos que são digestíveis e não oferecem risco de provocar cárie dental.
      A norma ISO 11609 determina que as pastas não devem conter carboidratos fermentáveis em sua formulação, o que é testado pelo Inmetro.

      Abraços,

      Dra. Taila Billa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.