Home / Colunistas / Dra. Silvana Chedid / Doença sexualmente transmissível – DST- pode causar infertilidade?

Doença sexualmente transmissível – DST- pode causar infertilidade?

Quando pensamos em prevenir doenças sexualmente transmissíveis, normalmente a AIDS é a primeira que vêm à mente, mas não deve ser a única. Com a chegada do Carnaval as campanhas de prevenção de doenças aumentam, mas além de prevenir, talvez seja o momento de fazer testes para identificar possíveis contaminações já existentes que não apresentam sintomas. Faço um alerta sobre a DST Clamídia, que pode ser assintomática em 75% dos casos, por isso muitos portadores dessa doença que pode causar infertilidade não sabem que foram contagiados.

DST-pode-causar-infertilidade

A clamídia (Chlamydia Trachomatis) é uma bactéria que pode afetar homens e mulheres. Conforme dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), 25% das causas de infertilidade estão relacionados com a Clamídia, atingindo 15% das mulheres e 10% dos homens. Hoje em dia esta doença é também a que mais provoca infecções pélvicas e alterações tubárias. Se não for tratada, a infecção pode provocar danos nas trompas, como obstrução, entupimento ou dilatação. E essas alterações podem causar infertilidade.

O tratamento contra a Clamídia é realizado com antibióticos, no entanto a demora em tratar a infecção pode provocar danos como obstrução ou dilatação das trompas, que por consequência levam à infertilidade. A Clamídia tem cura, mas os danos provocados pela infecção podem ser irreversíveis.

Clamídia durante a gravidez

Estudos revelam um incremento de evidências que relacionam a infecção por Clamídia Trachomatis com o aumento de complicações durante a gravidez, segundo informação publicada pela FEBRASGO (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia). Os problemas relacionados são: abortamento, infecção intra-uterina, natimorto, prematuridade, ruptura prematura de membranas e endometrite pós-parto.

A única forma de prevenir uma DST é usar preservativo (camisinha). Esteja sempre alerta sobre todas as DST, pois são problemas que em alguns casos não tem cura, mas podem ser tratados. Com relação às DST’s que podem causar infertilidade, não apenas a Clamídia, mas também a Gonorreia é especialmente perigosa.

Doenças sexualmente transmissíveis no Brasil

Conheça as estimativas de novos contágios das doenças sexualmente transmissíveis na população sexualmente ativa do Brasil segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS):

Clamídia: 1.967.200

Gonorreia: 1.541.800: Assim como a Clamídia, a Gonorreia é uma infecção causada por bactéria, podendo infectar o pênis, o colo do útero, o reto (canal anal), a garganta e os olhos.

Herpes genital: 640.900: É uma doença causada por vírus. Não tem cura, mas pode ser tratada. Os sintomas são geralmente pequenas bolhas agrupadas que se rompem e se transformam em feridas, que podem reaparecer dependendo de vários fatores.

HPV: 685.400: Existem mais de 100 tipos de HPV, um vírus que não tem cura, mas pode ser tratado. Alguns tipos de HPV podem causar câncer, principalmente no colo do útero e no ânus. Atualmente existem vacinas para prevenir o contágio por HPV, mas é importante manter os métodos de prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, já que caso contrário a pessoa estará exposta a outras DST’s.

Sífilis: 937.000: Os primeiros sintomas da Sífilis são pequenas feridas nos órgãos sexuais e caroços nas virilhas (ínguas). A ferida e ínguas não doem, não coçam, não ardem e não apresentam pus. Essas feridas podem desaparecer sem deixar cicatriz mesmo sem tratamento, dando a falsa sensação de cura da doença.

Sobre Dra. Silvana Chedid

Dra. Silvana Chedid
Dra. Silvana Chedid (CRM 57672) é especialista em Reprodução Humana pelo Center for Reproductive Medicine da Universidade de Bruxelas (Bélgica). Por 15 anos dirigiu o CEPERH (Centro de Endoscopia Pélvica e Reprodução Humana do Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo) e por 10 anos sua clínica própria, que foi incorporada ao grupo espanhol de medicina reprodutiva IVI em 2012. www.ivi.net.br

Veja também

11 Verdades e mitos sobre a fertilidade

Hoje vou falar sobre 11 verdades e mitos sobre a fertilidade Ao procurar informação sobre …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.