Home / Gestação e parto / Complicações / Dor no pé da barriga na gravidez

Dor no pé da barriga na gravidez

Dor no pé da barriga, dor pélvica ou dor no baixo ventre. Apesar de receber tantos nomes, a dor pélvica pode aparecer principalmente no terceiro trimestre de gestação e é causada principalmente pelo estiramento dos músculos da barriga, ligamentos mais relaxados, mudança postural e peso da barriga.

dor no pé da barriga na gravidez dor pélvica

Dor no pé da barriga no segundo ou terceiro trimestre de gravidez

Durante a gravidez é produzido um hormônio chamado relaxina e possui a função de relaxar as articulações para o parto. Porém ele não consegue atuar somente em uma região, ele atua em todo o corpo da mulher, relaxando todos os ligamentos do corpo.

Além dos ligamento relaxados, soma-se o peso da barriga, estiramento dos músculos abdominais por conta do crescimento uterino. Toda essa pressão é sentida como cólicas e como a dor pélvica.

Como é sentida a dor pélvica?

A dor pélvica é sentida como um estiramento muscular ou peso muito forte no pé da barriga.

Os lugares em que ela é mais sentida são:

  • No pé da barriga;
  • Pode ser sentida somente de um lado;
  • Pode migrar de lado, ou seja, antes era sentida do lado direito e depois no esquerdo;
  • Atrás das coxas;
  • Nas nádegas;
  • Lombar
  • Sentar e levantar pode ser muito doloroso;
  • Mudar de posição na cama pode ser extremamente doloroso.

Geralmente é mais sentida à noite, em resposta aos esforços realizados durante o dia, como caminhar, sentar e levantar, entre outros movimentos comuns, mas que com a gravidez exigem mais esforços.

Dor na lombar pode ser inflamação no nervo ciático?

Dor pélvica e inflamação no nervo ciático são problemas completamente diferentes, por isso a importância de relatar corretamente ao médico para que ele possa diagnosticar e tratar corretamente.

Um dos sintomas mais comuns quando o ciático está inflamado é formigamento e fraqueza nas pernas. Ao segurar um objeto mais pesado parece que sua perna perde as forças para andar e você não consegue mover os pés do chão.

Quando a dor no pé da barriga aparece no primeiro trimestre de gravidez

Se você sentir dores intensas no pé da barriga no primeiro trimestre ou notar qualquer sangramento, fale imediatamente com seu obstetra ou procure por um pronto atendimento, já que pode significar uma gravidez ectópica, que é quando o embrião fixa em um lugar “errado” e traz até mesmo risco de morte para a mulher.

Quando o sangramento não é acompanhado de dor, geralmente não significa um problema, mas reforço a importância de informar o ginecologista, obstetra ou procurar por um pronto atendimento de forma imediata.

Dicas para aliviar a dor no pé da barriga durante a gravidez

Com algumas dicas a dor pode diminuir ou até mesmo desaparecer, mas não deixe de conversar com seu médico para que ele possa avaliar se será necessário algum tratamento. E lembre-se: Nunca se automedique.

  • Se atentar à sua postura enquanto anda, mantendo ombros retos e balançando os braços enquanto caminha;
  • Aposentar, pelo menos até o final da gestação, sapatos com salto alto;
  • Evitar esforço físico, com o corpo aquecido a dor pode aliviar, mas no final do dia ela poderá piorar;
  • Evitar levantar e arrastar peso. Nesta lista entram até carrinhos de supermercado, pois o esforço para empurrá-los pode piorar consideravelmente a dor;
  • Para pegar objetos no chão, sempre que possível utilize um apoio (mesa, sofá..) e dobre os joelhos para se aproximar do objeto. Nunca incline sua coluna;
  • Sentar-se para vestir calcinha, calça, meia e sapatos;
  • Descansar sempre que possível;
  • Evitar ficar deitada com a barriga para cima. Se for realmente necessário, colocar um apoio na altura da cintura, como um travesseiro baixo, e manter as pernas dobradas;
  • Praticar exercícios ajudam a fortalecer os músculos e evitar ou aliviar a dor na virilha e pélvica. Os mais indicados são os de baixo impacto como hidroginástica, pilates e alongamentos;
  • Uso de cinta de suporte, indicada pelo obstetra, ajuda a aliviar a pressão da barriga. O alívio da dor com o uso de cinta chega a ser instantâneo.
  • Calcinhas altas que sustentam o peso da barriga também são indicadas, porém merecem atenção especial porque não devem apertar a barriga, somente oferecer sustentação.
  • Fisioterapia auxilia no tratamento e prevenção das dores;
  • Bolsa de água quente na região.

Você também vai gostar de ler:

Trabalho de Parto: como é o trabalho de parto, fases e características
É normal sair leite do peito durante a gravidez? Em vídeo
Como está dividido o peso da gestante no final da gravidez
Mudança de lua influencia no trabalho de parto?

Sobre Almanaque dos pais

Conteúdo produzido pela equipe do Almanaque dos pais.

Veja também

É normal sair leite do peito durante a gravidez? Em vídeo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.