Home / Filhos / Educação e comportamento / Obesidade infantil começa com os hábitos dos adultos

Obesidade infantil começa com os hábitos dos adultos

A Obesidade infantil começa com os hábitos dos adultos, que são os responsáveis não só por educar, mas também por alimentar os pequenos. Conheci a ação Desenhos da Verdade da Amil, que mostrou essa realidade e a importância dos pais na alimentação dos filhos.

Vou explicar como aconteceu a ação desenhos da verdade promovida pela AMIL, a minha experiência e te propor um desafio:

A ação Desenhos da Verdade – por Amil

Uma equipe da Amil acompanhados de uma nutricionista, em parceria com uma escola em São Paulo, reuniu sete crianças entre 6 e 8 anos de idade para desenharem seus alimentos preferidos. Não me surpreendeu que os desenhos de batata-frita, hambúrguer e pizza lideraram a lista de preferidos da criançada.

O segundo desafio proposto para a turminha foi o de desenhar um alimento saudável, como legumes e verduras. Para surpresa de todos, somente 1 criança conseguiu desenhar um legume, enquanto as outras seis crianças não conheciam os legumes e verduras citados.

Confiram o vídeo da Amil com a ação Desenhos da verdade abaixo:

A ação Desenhos da Verdade – em minha casa

Tenho 2 filhos, o Lucas de 4 anos e a Larissa que completará 3 anos em julho, como ambos amam desenhar, quando propus esse desafio eles adoraram!

Com papel e lápis de cor a postos, lá vamos nós!

Lucas-Desenhos-Da-Verdade

O primeiro desafio era desenhar o alimento preferido. Resultado: Lucas desenhou batata palha e arroz, e Larissa desenhou banana. Para mim foi um misto de “eu já esperava” com “que orgulho”!

Alimento preferido – Lucas Alimento preferido – Larissa
Lucas-alimento-preferido Larissa-alimento-preferido

O segundo desafio era desenhar uma cenoura. Resultado: O Lucas só queria desenhar com a cor preta e desenhou a cenoura crua, quando perguntei a cor da cenoura ele disse: -É laranja, mas não quero pintar agora. A Larissa, por sua vez, pegou a cor laranja e começou a desenhar a cenoura do seu jeito.

Desenho da cenoura – Lucas Desenho da cenoura – Larissa
Lucas-cenoura Larissa-cenoura

Então propus que desenhassem a beterraba. Dessa vez eles travaram. O Lucas queria saber como era a beterraba antes de desenhar, e eles não se lembravam nem da cor dessa raiz. Quando mostrei uma beterraba e cortei ao meio o Lucas reconheceu a raiz como sendo aquele legume que ele não gosta, mas não nunca tinha visto uma beterraba como ela era “fora do prato”. A Larissa lembrou que é o legume que “deixa a boca de batom”, mas também somente quando viu a cor viva da beterraba. Para esta parte do desafio só o Lucas colaborou, a Larissa continuou desenhando a cenoura.

Desenho da beterraba – Lucas Larissa continuou desenhando cenoura
Lucas-beterraba Larissa-Desenhos-Da-Verdade

O resultado da ação Desenhos da Verdade em casa

Percebi que preciso mostrar os alimentos antes do preparo, explorar mais a fruteira e a gaveta de legumes e verduras da geladeira. Para que eles conheçam não só formas e cores, convidá-los para preparar saladas e alguns pratos comigo, o que também é um ótimo jeito para apresentar cheiros e texturas, além de que formas diferentes de preparar o mesmo alimento acabam por despertar a curiosidade em experimentar.

O Lucas, desde pequeno, tem muita resistência para experimentar qualquer tipo de alimento (incluindo doces, hambúrgueres e, claro, alimentos saudáveis), por ele viveria somente comendo arroz e batata palha. Vou trazê-lo mais para a cozinha e envolvê-lo nas escolhas por hábitos mais saudáveis em casa.

A Larissa tem se mostrado mais restritiva nesses últimos meses, excluindo algumas verduras e legumes de sua dieta, mas quando despertamos sua curiosidade ela acaba levando algumas colheradas à boca.

Desafio Desenhos da Verdade

Que tal realizar a ação Desenhos da Verdade também em sua casa, ou pedir para aplicarem na escola de seus filhos? Basta propor que a crianças desenhem seus alimentos preferidos e depois alimentos saudáveis. Os desenhos das crianças são uma ótima forma de refletir sobre os hábitos alimentares da família e se os pequenos realmente conhecem os legumes e verduras que devem fazer parte do cardápio oferecido no dia-a-dia.

Conte para nós como foi sua experiência com o desafio Desenhos da Verdade e como você acredita que pode promover hábitos mais saudáveis em sua casa e, assim, combater a obesidade infantil.

Conheça o Movimento Obesidade Infantil NÃO

Em 2014 a Amil lançou o movimento Obesidade Infantil NÃO para conscientizar os pais sobre os perigos da obesidade e a importância de uma boa alimentação e hábitos saudáveis para toda a família.

No site do movimento Obesidade Infantil NÃO você encontrará diversas dicas e informações de profissionais da saúde para promover hábitos mais saudáveis para bebês e conteúdo voltado para mamães, papais, escolas e área médica.

Acesse o site www.obesidadeinfantilnao.com.br, mais uma iniciativa da AMIL para o combate à Obesidade Infantil.

Barra-publieditorial-548x49

Sobre Monica Romeiro

Monica Romeiro
Monica Romeiro é mamãe babona e apaixonada do Lucas - nascido em janeiro de 2011 - e da Larissa - nascida em julho de 2012 -, casada, publicitária por formação e empreendedora na Internet por paixão – paixão por criar, ler, escrever, pesquisar, colaborar, navegar, ajudar e compartilhar suas experiências. Escreve (sem papas na língua) sobre maternidade e dá dicas sobre empreendedorismo.

Veja também

Como está a polêmica da Data de Corte no Estado do Pernambuco?

Meus leitores que aqui acompanham a minha coluna sabem que tenho acompanhado constantemente as Resoluções, …

10 comentários

  1. Acho oportuno a tentativa de criar uma motivação para as crianças, principalmente que tenha por objetivo ampliar a quantidade de opção alimentar das crianças, bem como o interesse para o conhecimento das origens dos alimentos.

    • Monica Romeiro
      Monica Romeiro

      Exatamente, essas motivações para conhecer os alimentos também resultam na curiosidade para experimentá-los e ampliar a variação de alimentos saudáveis nas refeições de toda a família.

  2. Muito interessante a matéria. ..Parabéns Mônica a informação é a melhor ferramenta na educação das crianças.

    • Monica Romeiro
      Monica Romeiro

      Obrigada Cris! Também acredito que informar é melhor caminho para juntos combatermos a obesidade infantil!

  3. Muito legal. Interessante envolver as crianças na preparação dos alimentos em casa e apresentar alimentos saudáveis a eles. Realmente eles aprendem o que
    nós ensinamos.
    Me fez pensar em meus hábitos e confesso que alguns legumes e verduras até eu teria dificuldade de desenhar.

    • Monica Romeiro
      Monica Romeiro

      Vou aplicar com você a ação Desenhos da Verdade Rennan, hehehe! Um passeio pelo CEAGESP no sábado pela manhã deixa qualquer pessoa em dúvida se realmente conhece todas as frutas, verduras e legumes que nosso país (e outros também) nos oferecem. A variação é tão grande que com certeza você encontrará muitos alimentos saudáveis que agradarão qualquer paladar.

  4. Texto muito legal! Levanta uma série de procedimentos muito simples de se fazer em casa, mas que, na maioria das vezes por pura falta de atenção, acabamos relegando aos nossos filhos. E justamente em um ponto que tanto preocupa os pais, a alimentação dos filhos. Vou me policiar mais a partir de agora.

    • Monica Romeiro
      Monica Romeiro

      Que bacana Fabio! Fico feliz por despertar o interesse por hábitos mais saudáveis na casa de outras famílias também.
      Obrigada por sua mensagem!

  5. Adorei. Tenho certeza que em casa tbm não ia sair nada na hora do “desenho saudavel”

    • Monica Romeiro
      Monica Romeiro

      Faz o teste aí também e depois me conta, você pode se surpreender (eu confesso que esperava um resultado bem pior).
      beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.