Home / Mamãe / Saúde / Pílula do dia seguinte (PSD) – Tudo o que você precisa saber

Pílula do dia seguinte (PSD) – Tudo o que você precisa saber

A Pílula do dia seguinte (PSD) é um contraceptivo de emergência que deve ser tomada somente em último caso. Como muitas são as dúvidas em torno da pílula do dia seguinte, sua eficácia e efeitos, abaixo você encontrará as respostas para as perguntas que mais chegam aqui no Almanaque dos pais.

pilula-do-dia-seguinte-by-marie-stope-south-africa

Foto: Reprodução Marie Stope South Africa

Pílula do dia seguinte – tudo o que você precisa saber

A pílula do dia seguinte é abortiva?

Não, inclusive como o aborto não é legalizado no Brasil, se fosse considerado um medicamento abortivo, a sua venda seria proibida em nosso país.

A pílula do dia seguinte atua bloqueando ou atrasando a ovulação e agindo também no endométrio (camada que reveste o útero e onde o óvulo fecundado se fixa) para evitar a implantação.

Quando devo usar a pílula do dia seguinte?

Por ser um contraceptivo de emergência, a pílula do dia seguinte deve ser usada somente em último caso e nunca rotineiramente ou mais de uma vez por mês.

São considerados casos de emergência:

  • Estupro;
  • Camisinha estourou ou escapou do pênis durante o ato sexual;
  • Preservativo feminino rompeu ou saiu do lugar;
  • Esquecimento da pílula por 2 ou 3 dias;
  • Atraso de mais de 1 semana para tomar a injeção anticoncepcional;
  • DIU que saiu do lugar

Outro fator importante é que ela só possui eficácia se a relação sexual aconteceu nas últimas 72 horas.

Quanto não devo usar a pílula do dia seguinte?

Não é recomendada a pílula do dia seguinte nos casos abaixo:

  • Se você está amamentando;
  • Se está em seu período menstrual;
  • Durante a pausa do anticoncepcional;
  • Se não houve penetração;
  • Se você já tomou a pílula do dia seguinte nos últimos 30 dias.

Quanto tempo após o sexo posso usar a PDS?

Quanto antes você tomar a Pílula do dia seguinte, maior sua eficácia. O tempo máximo é de 120 horas (5 dias), porém é recomendado.

A PSD corta o efeito da pílula anticoncepcional?

Não, a PSD é mais um anticoncepcional e sua única possível reação com outros anticoncepcionais seria o reforço e não cortar o efeito.

Como tomar a pílula do dia seguinte?

A pílula do dia seguinte é vendida em dose única (um único comprimido) ou em duas doses (dois comprimidos).

Quando comprada a PDS com 2 comprimidos, o segundo deve ser ingerido 12 horas após o primeiro. Se não for possível respeitar o intervalo de 12 horas, tome os 2 comprimidos de uma só vez.

Tomei a PDS e tomo pílula anticoncepcional, posso continuar tomando?

Aguarde a sua menstruação descer e volte a tomar normalmente o anticoncepcional. Durante esse período previna-se com outros métodos, como camisinha por exemplo, já que a PDS não tem efeito prolongado.

A pílula do dia seguinte é eficiente?

Quanto antes a PDS for tomada, maior sua eficácia. Se tomada até 24 horas após o sexo, ela possui 88% de chances de evitar a gravidez.

Posso tomar a pílula do dia seguinte mais de uma vez no mês?

Não pois ela não terá eficiência, ou seja, aumenta o risco de gravidez.

Outro complicador de se tomar a pílula mais de uma vez por mês ou mesmo habitualmente, é que aumenta as chances de apresentar efeitos colaterais (veja abaixo).

O uso excessivo também aumenta as chances de infarto, trombose e derrame.

A PDS possui efeito colateral?

Os efeitos colaterais mais comuns são:

  • náuseas e vômitos;
  • desregular menstruação nos próximos 2 ciclos;
  • dor de cabeça;
  • sensibilidade nos seios;
  • dor abdominal;
  • diarreia;
  • tontura;
  • fadiga

Havendo vômito nas primeiras duas horas após a ingestão da pílula, é recomendado ingerir novamente.

A PDS possui contraindicação?

Sim, o seu uso não é indicado para pessoas com insuficiência renal, tromboembolismo, entre outros distúrbios metabólicos. Antes de ingerir converse com o seu ginecologista.

Precisa de receita médica para comprar a pílula do dia seguinte? É muito cara?

Não é necessário pedido ou receita médica para comprar a pílula do dia seguinte, que é vendida em farmácias. O valor médio é de R$20,00 e cada caixinha possui 2 comprimidos.

Porém alerte-se para os riscos da automedicação, fale sempre com seu médico antes de comprar qualquer medicamento.

Tomei a pílula do dia seguinte e não tive sangramento, estou grávida?

A eficácia da Pílula do dia seguinte independe do sangramento, ou seja, ter sangramento ou não ter o sangramento, não significam que ela teve o efeito esperado.

Para ter certeza você deve aguardar 15 dias da relação sexual e realizar um teste de gravidez.

Tomei a pílula do dia seguinte e estou grávida, isso pode prejudicar meu bebê?

A PSD seguinte não é abortiva, então se você a tomou já estando grávida, geralmente não representa nenhum problema para a gestação ou ao feto.

Você também pode gostar de ler:

Teste de gravidez online e grátis
Os 21 sintomas de gravidez mais comuns nas primeiras semanas
Gravidez na adolescência
Quais os métodos anticoncepcionais para mulher que amamenta

Sobre Almanaque dos pais

Conteúdo produzido pela equipe do Almanaque dos pais.

Veja também

Campanha Mundial de Apoio Emocional no Mês da Fertilidade – Por IVI

IVI lança a Campanha Mundial de Apoio Emocional no Mês da Fertilidade (Junho de 2017) …

Um comentário

  1. Tomei a pilula do dia seguinte e a menstruação desceu em horas não desejadas antes do dia q deveria descer! posso tomar anticoncepcional para cortar a menstruação e parar pra ela descer no seu ciclo normal?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.