Home / Gestação e parto / Complicações / Sintomas de Gravidez Ectópica

Sintomas de Gravidez Ectópica

Toda Gravidez Ectópica, quando não resulta em aborto espontâneo, é interrompida através de medicamentos ou cirurgia devido ao grande risco de prejudicar a fertilidade da mulher, além do alto risco de morte. Por essa razão é importante se atentar aos sintomas de Gravidez Ectópica.

O que é Gravidez Ectópica e onde ocorre

Gravidez ectópica significa gravidez fora do lugar, ou seja, é toda aquela gravidez em que a implantação do óvulo fecundado não ocorreu no útero.

A gravidez tubária, que é quando o óvulo, que é fecundado em uma das trompas, ao invés de se conduzir até o útero, se implantou durante o percurso pela tuba que liga os ovários ao útero. Geralmente isso acontece devido à alguma lesão no local ou por estreitamento do canal, impedindo ou dificultando o óvulo de chegar ao útero. A gravidez tubária representa cerca de 98% dos casos de gravidez ectópica.

Em outros casos a gravidez ectópica acontece quando o óvulo fecundado se implanta no colo do útero, no ovário ou, ainda, na cavidade abdominal.

Leia também: Gravidez Ectópica: o que é, como ocorre e tratamentos

Sintomas de Gravidez Ectópica

Os sintomas nas primeiras semanas de gestação de Gravidez Ectópica e da Gravidez Tópica (normal)  são muito parecidos, tais como atraso menstrual, enjoos, mamas sensíveis, aumento do apetite, entre outros. Leia também: Os 21 sintomas de gravidez mais comuns nas primeiras semanas.

Juntamente com os sintomas de gestação comuns, 2 sinais são muito comuns nos casos de gravidez ectópica:

  • Dor abdominal: Dor forte em um lado do abdômen pode ser um sinal de gravidez tubária.
  • Sangramento vaginal: um sangramento diferente da menstruação e que pode ser moderado, geralmente mais escurecido e aguado;
Foto: Reprodução www.jaspital.com
Foto: Reprodução www.jaspital.com

Outros sintomas de Gravidez Ectópica são:

  • Dor intensa no abdômen devido à hemorragia causada pela ruptura da trompa, e que apresenta piora com esforço. Geralmente é mais forte do lado da trompa afetada e espalha por toda região;
  • Vontade intensa de evacuar acompanhada de dor;
  • Dor nos ombros (quando há hemorragia no abdômen, ela pode irritar o diafragma que fica irritado e a dor é sentida nos ombros;
  • Tonturas, suor e desmaios;
  • Sangue nas fezes;
  • Choque hemorrágico.

O que fazer ao notar os sintomas de gravidez ectópica

Com o avanço da medicina e exames do pré-natal, geralmente a gravidez ectópica é descoberta antes que ocorra complicações e necessidade de cirurgia de emergência.

Ao notar os sintomas acima, mesmo que não sejam todos os relatados, procure imediatamente assistência médica ou hospitalar. Se for observado o rompimento da trompa, você precisará ser submetida a uma cirurgia de emergência para interromper a hemorragia.

Como é o tratamento da gravidez ectópica

Quando não há necessidade de cirurgia de emergência, a gravidez ectópica pode ser tratada das seguintes formas:

Com medicamento.

Quando uma gravidez ectópica é diagnosticada precocemente, o embrião é menor do que 4cm, não há batimento cardíaco e as trompas não foram danificadas, um medicamento, geralmente o metotrexato, é injetado intramuscularmente. Ele age impedindo o desenvolvimento do embrião, e este material é reabsorvido pelo organismo.

O uso do medicamento compreende cerca de 33% dos casos de gravidez ectópica.

Com cirurgia

Em quase 60% dos casos é necessária a intervenção cirúrgica para interromper a gestação e remover o embrião.

A labaroscopia é a melhor opção quando as trompas não foram rompidas e não há sangramento. Porém quando há rompimento da trompa, uma cirurgia abdominal é necessária para conter a hemorragia e avaliar se será necessária a remoção da trompa. Nesse caso, quando a outra trompa da mulher está saudável, ela poderá engravidar.

Conduta expectante

Muitas vezes a gravidez ectópica resulta em aborto espontâneo. Quando é diagnosticado o aborto o médico passará a testar regularmente o sangue para acompanhar se os níveis de hCG estão caindo. Durante a observação, chamado de conduta expectante, ao constar que o aborto espontâneo aconteceu, a cirurgia ou medicamento poderão ser dispensados.

A gravidez ectópica prejudicará minha fertilidade?

Quando as trompas não foram prejudicadas, a sua fertilidade não foi prejudicada.

Porém quando a gravidez tubária provoca rompimento da trompa ou danos mais graves, a sua fertilidade diminui, porém mais de 60% das mulheres conseguem engravidar após até 18 meses de tentativas. Quando a outra trompa também está prejudicada por inflamações, endometriose tubária, entre outros fatores que comprometem sua estrutura, a Fertilização in vitro pode ser a opção mais segura para uma gravidez de sucesso.

Sobre Almanaque dos pais

Conteúdo produzido pela equipe do Almanaque dos pais.

Veja também

SOP: Síndrome dos Ovários Policísticos e Gravidez

Mulheres com a Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) podem apresentar dificuldade de ovulação e atrasos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.