Home / Filhos / Educação e comportamento / O que criança pode e não pode: na cozinha

O que criança pode e não pode: na cozinha

Ao convidar as crianças para ajudar a preparar alimentos com você na cozinha lembre-se de que eles não possuem maturidade para lidar com alguns materiais e situações de risco que a cozinha apresenta.
A lista abaixo contém algumas situações para você usar como um guia inicial para a participação dos pequenos chefs ser enriquecedora para o conhecimento, coordenação motora e interação familiar.

Criança pode:

Foto: Gomi Lao
Foto: Gomi Lao

– misturar ingredientes frios com colheres ou com as mãos;
– colocar os ingredientes frios nos recipientes também frios;
– modelar a massa com bolinhas ou desenhos para colocar na assadeira;
– rasgar folhas de verduras com as mãos (para colocar em uma salada por exemplo);
– frutas: descascar banana, separar as uvas dos cachos, lavar morangos…
– pincelar gemas de ovos nas massas;
– salpicar queijo ralado, orégano, granulado e outros ingredientes;
– buscar utensílios expostos (colheres, recipientes, panelas e formas);
– decorar bolos e tortas;
– decorar os pratos (fazer carinhas felizes, bichinhos, objetos..);
– decorar a mesa (com flores, brinquedos, guardanapos… deixe por conta da imaginação);
– ligar e desligar liquidificadores, batedeiras, espremedor de frutas com a supervisão de um adulto.

Criança não pode

– ficar sozinha na cozinha;
– ficar próxima ao fogão ou forno;
– subir nas pias, mesas ou bancadas (risco de queda ou se de queimar com alimentos quentes);
– mexer alimentos nas panelas ao fogo;
– abrir o forno;
– pegar forma quente, mesmo usando luvas;
– manusear facas ou objetos cortantes;
– manusear utensílios de vidro, louça, cerâmica ou qualquer outro material quebrável;
– manusear máquinas que possam machucar, tais como processadores, batedeiras e mixes com lâminas expostas.
Para evitar sujeira por toda a casa, lembre-se de que as crianças não podem sair da cozinha com os materiais utilizados e devem sempre lavar as mãos. Se possível providencie avental para toda a família.

Leia também: Crianças na cozinha – Dicas de segurança e diversão com os pequenos chefs

Sobre Almanaque dos pais

Conteúdo produzido pela equipe do Almanaque dos pais.

Veja também

Características Emocionais do Superdotados

Yolanda Benita (2007) elenca algumas características emocionais dos comportamentos dos superdotados e a Webb (1993) traz alguns atributos que são comuns entre eles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.