Home / Filhos / Educação e comportamento / Alimentos que podem causar engasgo em seu filho e você nem imagina

Alimentos que podem causar engasgo em seu filho e você nem imagina

Existem alimentos que podem causar engasgo em seu filho e você nem imaginava, e você vai se surpreender ao descobrir que muitos deles são oferecidos quase que diariamente para bebês e crianças e que para sanar esse risco de causar engasgo, muitas vezes basta cortar em pedaços menores.

menina-comendo-pipoca-by-johnnythejester-com-au

Foto: Reprodução johnnythejester.com.au

Lembre-se, até os seis meses de idade o bebê deve ser alimentado exclusivamente com leite materno ou, se prescrito por um pediatra, fórmulas adequadas.

Alimentos que podem causar engasgo em seu filho e você nem imagina

  • Uva e outras frutas pequenas– ofereça sempre cortada em 4 partes;
  • Tomate cereja – ofereça sempre cortada em 4 partes;
  • Cenoura – ofereça cozida, ralada ou cortada em pedaços pequenos;
  • Beterraba – ofereça cozida, ralada ou cortada em pedaços pequenos;
  • Maçã e outras frutas firmes – ofereça sempre em pedaços pequenos;
  • Docinhos de festa – eles podem grudar na garganta e são difíceis de serem retirados por serem cremosos, ofereça em pedaços menores e ensine os pequenos  a sempre morderem as bolinhas e não colocá-las diretamente na boca;
  • Doce de leite, manteiga de amendoim, Nutella – alimentos muito cremosos também podem grudar na garganta e causar engasgo nas crianças. Prefira oferecer essas pastas cremosas passando em pães, torradas e bolachas;
  • Nuts (amendoim, castanhas, pistache, noz…) – o maior risco que esses alimentos oferecem é de serem engolidos sem mastigação adequada ou inalados, causando um bloqueio nas vias aéreas;
  • Pipoca – além do desconforto de uma casquinha do milho ficar presa na garganta, também há risco de inalação do piruá, que pode bloquear a respiração;
  • Balas duras e pirulitos – as balas podem ser engolidas em tamanhos grandes e acabar causando engasgos. Apesar de muitas pessoas recorrerem ao pirulito para que a criança não fique com a bala na boca, é importante alertar que é comum a bala do pirulito se soltar do palito;
  • Balas moles e Gomas de mascar (chiclete) – por sua consistência grudenta, essas guloseimas também podem causar engasgos caso fiquem presas na garganta.

 

Atitudes que podem fazer com que seu filho engasgue

Não são só os alimentos que trazem risco de causar engasgos, comer pulando, por exemplo, também pode fazer com que seu filho engasgue mesmo com alimentos considerados seguros.

  • Comer em movimento – pular, brincar, correr entre outros “agitos” enquanto se alimenta é um fato que pode acabar resultando em engasgos. Comer sentado e em ambientes mais tranquilos, além de mais seguro, fará com que seu filho preste mais atenção aos sabores e texturas dos alimentos;
  • Comer no carro – o mais risco, nesse caso, é que fica difícil ajudar uma criança engasgada com o carro em movimento;
  • Comer sozinho – bebês e crianças com menos de 3 anos devem sempre se alimentar com a supervisão de um adulto, para que seja controlada a quantidade de alimento que está sendo levada à boca e evitar engasgos e acidentes.

 

Até que idade devo tomar cuidado com alimentos que podem causar engasgos

Não existe uma idade específica, mas crianças após os 3 anos de idade tendem a se alimentar melhor, mastigando com mais cuidados os alimentos.

Liberar as guloseimas e doces não é uma boa ideia, já que uma boa alimentação está atrelada ao baixo consumo de alimentos com muito açúcar e gorduras. Deixe as guloseimas para apenas 1 dia da semana ou em ocasiões especiais como festinhas infantis, por exemplo.

Você também vai gostar de ler:

Bebê com febre: tudo o que você precisa saber
Bebês podem ter cárie?
Ar condicionado no quarto do bebê: temperatura ideal e mais dicas
Como pentear cabelo de menina

Sobre Almanaque dos pais

Conteúdo produzido pela equipe do Almanaque dos pais.

Veja também

Visão Do Bebê: Entenda os mistérios e cuidados

A visão do bebê é algo que desperta muitas dúvidas nos pais, principalmente para os …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.