Home / Geral / Fertilização in vitro (FIV)

Fertilização in vitro (FIV)

A Fertilização in vitro (FIV) é o nome do procedimento em que a fecundação do óvulo por um espermatozoide é realizada em um laboratório (in vitro) e só então transferida para o útero da mulher. A Fertilização in vitro ficou popularmente conhecida na década de 80 como “Bebê de proveta”. Todo o processo, desde a coleta dos óvulos e espermatozoides até a transferência embrionária para o útero materno, dura cerca de 20 dias.

gravida13-750

Quem deve recorrer à fertilização in vitro (FIV) para engravidar?

A fertilização in vitro é indicada para diversos casos de infertilidade, tais como:

  • Casais que não tenham obtido sucesso com outros tratamentos de fertilidade, como indução da ovulação ou a inseminação artificial (quando há a estimulação da ovulação e o sêmen previamente colhido é transportado artificialmente para a cavidade uterina e a fecundação acontece naturalmente);
  • Mulheres com ausência, bloqueios ou lesões nas trompas de falópio;
  • Mulheres que realizaram laqueadura;
  • Homens que realizaram vasectomia;
  • Homens com baixa contagem ou baixa mobilidade nos espermatozoides;
  • Mulheres com mais de 38 anos de idade que não conseguiram engravidar de forma natural durante 1 ano;
  • Mulheres com endometriose;
  • Mulheres com baixa reserva ovariana.

 

Em alguns casos em que a ausência ou má qualidade dos espermatozoides não possibilita a fecundação do óvulo, é indicada a fecundação em vitro com esperma doado.

A fecundação in vitro com óvulos doados também é possível e indicada para mulheres com poucos óvulos ou até mesmo a ausência deles, geralmente causada pela idade.

Como é realizada a fertilização in vitro?

A fertilização in vitro (FIV) é dividida em quatro etapas:

1-) Indução da ovulação:

A mulher receberá doses de um medicamento por via oral ou por injeção subcutânea que estimulará os ovários para que mais óvulos amadureçam e aumentem as chances de sucesso do procedimento. O medicamento é necessário porque na maioria das vezes a mulher amadurece somente um óvulo por ciclo.

A evolução dessa etapa é acompanhada por ultrassonografias e exames de sangue para determinarem o momento adequado para que a mulher receba uma dose hormonal de HCG para que óvulos amadureçam e seja realizada a coleta dos óvulos.

2-) Coleta dos óvulos:

A coleta dos óvulos é realizada com a paciente anestesiada e dura por volta de 15 minutos. Uma agulha própria para a coleta dos óvulos é inserida por via vaginal.

3-) Fecundação dos óvulos

Após a coleta dos óvulos e dos espermatozoides, a fecundação dos óvulos podem acontecer de 2 maneiras distintas:
Fertilização in vitro convencional (FIV)
Em uma placa Petri, com meio de cultivo e temperatura ideal, cada óvulo é mantido junto com milhares de espermatozoides (entre 100 e 200mil). Neste tipo de procedimento o espermatozoide precisará, sozinho, fecundar o óvulo.

fertilizacao in vitro (FIV)
Foto: Reprodução www.ivi-fertilidade.com

Fertilização ICSI (Intra Cytoplasmic Sperm Injection)
O ICSI é o procedimento em que o espermatozoide é injetado dentro do óvulo. Este método é adotado quando se há pouca quantidade e/ou pouca mobilidade de espermatozoide, tornando improvável a fertilização do óvulo por conta própria.

Foto: Reprodução www.ivi-fertilidade.com
Foto: Reprodução www.ivi-fertilidade.com

4-) Transferência embrionária

Após a fertilização os óvulos fecundados são observados durante cinco dias. Nesse período são descartados os que não obtiveram sucesso em seu desenvolvimento e selecionado os que serão transferidos para a mulher.
A transferência embrionária é realizada sem necessidade de anestesia. A sensação é similar ao do exame Papanicolau, onde um “bico de pato” é posicionado e um cateter fino levando os óvulos é introduzido pela vagina.
Os embriões de boa qualidade que não foram transferidos serão vitrificados para que o casal não precise passar por todas as etapas anteriores numa nova tentativa.

Após 2 semanas é possível realizar um teste de gravides para verificar o sucesso do procedimento.

As chances de sucesso da Fertilização in vitro (FIV)

Muitos fatores influenciam no sucesso da Fertilização in vitro (FIV), como a causa da infertilidade e quantidade de embriões de boa qualidade, porém a idade da mulher é o fator isolado que mais influencia nessa estatística.

Considerando que os embriões sejam de ótima qualidade, as chances por tentativa são:

  •  Mulher até 30 anos: 60 a 70%
  • Mulher após 35 anos: 50 a 60%
  • Mulher após 40 anos: 30 a 40%
  • Mulher entre 43 e 44 anos: 5 a 10%

* Após os 45 anos é indicada a Fertilização in vitro (FIV) com óvulos doados.

 

Fonte: http://www.ivi-fertilidade.com/pt-br/

Sobre Almanaque dos pais

Conteúdo produzido pela equipe do Almanaque dos pais.

Veja também

Penteado para menina | 34 sugestões de tranças infantis

Penteados para menina: Selecionamos 25 sugestões de tranças infantis para você se inspirar e inovar no visual em festas, casamentos e dia a dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.