Home / Especiais / Brincadeiras / Por que é importante fazer atividades com as crianças?

Por que é importante fazer atividades com as crianças?

Barra-guest-post

Os tempos modernos são cada vez mais desafiadores, não é mesmo? E não é só a vida dos pais que é feita de várias responsabilidades ou jornadas duplas. As crianças também se desdobram entre a escola e outras atividades como balé, inglês ou natação, desde muito cedo. Todo mundo se vê sem tempo e nem percebe. As noites em casa viram aquela correria para dar conta do jantar, das tarefas da escola, das roupas para lavar. O fim de semana que deveria ser mais uma oportunidade de descanso ou tempo com a família, acaba virando o dia da faxina ou de atualizar as tarefas atrasadas que se acumularam.

Então como fazer atividades de lazer com as crianças nesses dias tão cheios? Quem tem tempo para isso? Será que as crianças realmente se interessam por atividades recreativas, brinquedos diferentes, trabalhos manuais, brincadeiras de rua ou até mesmo reciclagem em uma era onde eles dominam os eletrônicos desde pequenos?

Imagem por Cássia Afini
Imagem por Cássia Afini

A resposta não é simples, mas a motivação para cada um achar sua solução é quase óbvia. Justamente porque o dia a dia anda tão cheio e atarefado, tirar um tempinho para fazer atividades com o seu filho se torna algo importante. Podem ser apenas 15 minutos diários, mas vai ser um tempo de qualidade e só de vocês.

E se você ainda não se convenceu, aqui estão mais algumas boas razões para começar a fazer atividades com as crianças:

1 – Para que seu filho goste de aprender.

Quantos pais já acharam que o filho tem muita tarefa da escola para fazer? Mas aprender não tem que ser trabalhoso e muito menos restrito à mesa, papel e lápis. Crianças aprendem fazendo, experimentando e brincando. Assim o aprendizado se torna divertido e faz com que elas gostem de aprender.

Se seu filho pegar o gosto, vai ter sede de aprender para o resto da vida. Quando aprender uma coisa, vai querer mais. Vai pular da tinta caseira para as telas e pincéis, dos gibis e desenhos para devorar livros, e ainda pode sair de uma batucada de latas para um instrumento musical.

2 – Para fazer o seu filho se mexer.

Já reparou que às vezes seu filho volta da escola cheio de energia, querendo correr, pular, subir pelas paredes? Pois é, crianças precisam se mexer. Você não precisa pensar em uma brincadeira que vai desenvolver a coordenação motora. Elas simplesmente precisam se movimentar, pensar e se envolver na brincadeira. Aliás, crianças provavelmente necessitam muito mais de ação do que a gente imagina.

Quando o seu filho terminar a tarefa escolar, tire ele da mesa e chame para uma brincadeira rápida. Você vai perceber que quando eles se movimentam ficam menos irritadiços, brigam menos com os coleguinhas ou irmãos e acabam inventando outras brincadeiras a partir daquela. Uma brincadeira estimula a criatividade para outras e ainda gasta um pouco daquela energia que não deixa ele sentar sossegado durante alguns minutos para jantar.

3 – Para se divertir e ter boas lembranças.

Fazer atividades com o seu filho não significa ter mais desenhos espalhados pela casa ou brinquedos coloridos de papelão. Muito menos para o seu filho aprender o que você idealiza que ele vai assimilar ou entender. Muitas mães que começam a inventar brincadeiras com reciclagem por exemplo, já viram que o resultado final nem sempre era o que elas esperavam. Tudo bem! O que vale é o tempo que vocês passaram juntos e como a expectativa e a realidade se misturaram.

 

A ideia aqui é fazer o seu filho se divertir, mas principalmente passar mais tempo com você, conversando, se divertindo e curtindo a presença um do outro. É nessa hora que você vai ver o sorriso luminoso ou escutar as gargalhadas gostosas. Provavelmente também são esses momentos que seu filho vai lembrar e recordar com carinho quando crescer. Afinal, quem aqui não tem a recordação de um momento precioso em que o pai ou a mãe parou tudo para brincar com você?

Guest Post produzido por Cleanipedia.

Sobre Autor Convidado

Artigo escrito por um autor convidado. Mais informações sobre o autor você encontra no final texto acima.

Veja também

Como fazer tinta relevo caseira (tinta puff)

Aprenda a preparar a tinta relevo caseira, conhecida também como tinta puff e dê um efeito incrível nas pinturas. Diversão garantida para toda a família!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.