Home / Colunistas / Dra. Silvana Chedid / Tratamento de câncer afeta gravemente a fertilidade

Tratamento de câncer afeta gravemente a fertilidade

Apesar dos efeitos do tratamento de câncer na fertilidade serem amplamente difundidos entre os médicos ginecologistas e oncologistas, a população geral desconhece o impacto da quimioterapia e da radioterapia na fertilidade de homens e mulheres que após superarem a doença, muitas vezes enfrentam a consequência de não poder ter filhos.

Ao receber o diagnóstico de câncer, as pessoas devem ser consultadas sobre seu interesse em ter filhos no futuro e, caso queiram, os oncologistas devem avaliar a situação e encaminhar estes pacientes a uma clínica de reprodução humana para realizar a preservação de sua fertilidade.
cancer_freedigital

Relação entre tratamento de câncer e a infertilidade

– Após o tratamento contra o câncer nem todos perderão a capacidade reprodutiva, mas o fato da menstruação não desaparecer não é sinônimo de fertilidade. Embora se recupere a função ovariana, a qualidade ovocitária pode estar abaixo do ideal.
– O número de folículos primordiais que sobrevivem após a exposição à quimioterapia depende de fatores como a idade, o tipo de câncer, o agente utilizado (quimio ou radioterapia), a dose e o número de ciclos.
– No homem, estes tratamentos danificam as células precursoras dos espermatozoides nos testículos, além de causar alterações nos mecanismos intratesticulares de espermatogênese e frequentemente resultam em infertilidade temporária ou esterilidade permanente.

Como funciona a preservação da fertilidade?

Homens: Preservar a fertilidade para os homens consiste em congelar sêmen, algo que pode ser feito rapidamente.

Mulheres: Existem várias alternativas de preservação de fertilidade das mulheres e caberá ao oncologista sugerir a melhor em cada caso. São elas: Vitrificação de óvulos, criopreservação do córtex ovariano e transposição de ovários.  A mais utilizada é a Vitrificação de óvulos (72% dos casos), onde é preciso um período aproximado de 10-12 dias para realizar a estimulação ovariana necessária para obter um maior número de óvulos em um único ciclo.

Uma atitude visando o futuro traz benefícios para o tratamento e recuperação do câncer

Pesquisas recentes realizadas em mulheres jovens – Infertility and cancer in young women (C. Sáez-Mansilla, R. Costa-Ferrer, L. Carmona-Saborido, T. Sáez, A. Pellicer, M. Sánchez) e Aproximación clínica de la toma de decisiones sobre fertilidad en pacientes de cáncer de mama (Begoña Bermejo, Vicenta Almonacid y Ana Lluch) – revelam que a preservação da fertilidade têm sido demonstrada como positiva na recuperação do tratamento de câncer, porque a partir da preservação da fertilidade os pacientes passam a ter uma atitude otimista ao ver a doença como algo temporário, gerando sentimentos de esperanças e planos futuros.

Apoio à preservação da fertilidade

Com o Programa Preserva, iniciativa das clínicas do grupo IVI em vários países e também no Brasil, os pacientes obtêm a preservação de sua fertilidade através condições acessíveis para o tratamento. Também existem projetos que dão descontos na compra de medicamentos que as mulheres precisam tomar para realizar a preservação da fertilidade.

Você também pode gostar de ler:

O que é infertilidade?
Engravidar com óvulos doados

Sobre Dra. Silvana Chedid

Dra. Silvana Chedid
Dra. Silvana Chedid (CRM 57672) é especialista em Reprodução Humana pelo Center for Reproductive Medicine da Universidade de Bruxelas (Bélgica). Por 15 anos dirigiu o CEPERH (Centro de Endoscopia Pélvica e Reprodução Humana do Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo) e por 10 anos sua clínica própria, que foi incorporada ao grupo espanhol de medicina reprodutiva IVI em 2012. www.ivi.net.br

Veja também

Campanha Mundial de Apoio Emocional no Mês da Fertilidade – Por IVI

IVI lança a Campanha Mundial de Apoio Emocional no Mês da Fertilidade (Junho de 2017) …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.