Home / Filhos / Saúde / Por que bebê não pode comer mel?

Por que bebê não pode comer mel?

Conforme recomendação da ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária – crianças menores de um ano de idade não devem consumir mel. Alguns pediatras estendem esse tempo para dois anos.

Por que bebê não pode comer mel?

Foto: Steve Woods
Foto: Steve Woods

O mel pode estar contaminado com  a bactéria Clostridium botulinum, bacilo responsável pela transmissão do botulismo intestinal. Pesquisas brasileiras indicam que 7% das amostras de mel comercializadas em mercados, ambulantes e feiras livres estavam contaminadas com o bacilo.
Como o sistema imunológico do bebê ainda é frágil, ele pode adquirir uma doença conhecida como butolismo infantil.
O botulismo é responsável por 5% das mortes súbitas em crianças menores de 1 ano no Brasil, conforme dados do Guia Brasileiro de Vigilância Epidemiológica.

O que é botulismo?

O botulismo é uma doença grave e não contagiosa, que é adquirida quando há a ingestão da bactéria Clostridium botulinum, ou seja, é considerada uma doença transmitida por alimento, em especial o mel. Também pode ser encontrada em xarope de milho.
Por ser uma bactéria altamente resistente, ela pode sobreviver à pasteurização e até mesmo altas temperaturas.

O que é botulismo intestinal?

O botulismo intestinal é uma forma de transmissão do botulismo e que acomete principalmente crianças entre 3 e 26 semanas de vida. Está diretamente ligado à ingestão de alimento contaminado.
Ele tem início após a transformação dos esporos do Clostridium botulinum para a forma vegetativa, onde esse bacilo se multiplica e libera toxina botulínica no intestino. “É importante lembrar que a multiplicação do Clostridium botulinum e liberação da toxina no intestino só ocorre em crianças que ainda não possuem a flora intestinal completamente formada ou em adultos com alguma doença que possa alterar essa flora protetora”, afirma a diretora da Anvisa, Maria Cecília Martins Brito.

Sintomas do botulismo

Após a ingestão do alimento contaminado os primeiros sintomas começam a aparecer entre 8 e 36 horas depois. Os sintomas mais comuns são:
– tremores
– fraqueza
– falta de apetite
– dificuldade para engolir
– prisão de ventre
– paralisia em algum membro
Em casos mais graves o botulismo pode causar insuficiência respiratória e até problemas neurológicos.
Ao desconfiar que seu filho possa estar com botulismo infantil, procure ajuda médica imediatamente.

Cuidados especiais

Por mais que o mel seja indicado para amenizar os sintomas de gripes e resfriados, bebês menores de 1 ano devem passar longe desse alimento.
Inclusive os sprays de própolis com mel entra na lista de proibições.

Dei mel para meu filho, e agora?

O tempo de incubação da bactéria varia entre 8 e 36 horas, se o tempo de ingestão é maior do que uma semana e não há sintomas a criança não foi contaminada.
Porém se o mel foi ingerido a menos tempo é melhor ficar atento aos sintomas e procurar um pronto-socorro imediatamente se houver qualquer desconfiança.

Há risco para adultos?

Em crianças maiores e adultos sem problemas relacionados à flora intestinal, o consumo de mel ou outro alimento contaminado não gera qualquer tipo de problema para a saúde.

Fonte: www.anvisa.gov.br

Sobre Almanaque dos pais

Conteúdo produzido pela equipe do Almanaque dos pais.

Veja também

Como saber se meu filho precisa usar aparelho?

Se você observar algum dos problemas abaixo, pode ser que seu filho precise tratamento ortodôntico como usar aparelho, por exemplo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.