Home / Filhos / Educação e comportamento / Bebê com febre: tudo o que você precisa saber

Bebê com febre: tudo o que você precisa saber

Uma das maiores preocupações dos pais é notar que seu Bebê com Febre. Aqui vou falar sobre tudo o que você precisa saber, o que você pode fazer e mais informações sobre possíveis causas e tratamento para bebê com febre.

bebe-com-febre

Foto: Reprodução www.momjunction.com

Qual a temperatura normal do bebê e a partir de quantos graus é considerado febre

A temperatura corporal normal de um bebê é entre 36°C e 37,5°C. Alguns médicos consideram que entre 37,5°C e 37,8°C o bebê está em estado febril e somente temperatura mais elevada é considerada como febre, porém com 37,5°C você já deve entrar em estado de atenção e observar com mais cuidado seu bebê.

Mais importante que a temperatura é o comportamento

Se o bebê está com febre de 38°C mas continua se alimentando bem, ativo e brincando normalmente, não é necessário combater a febre, já que ela é um sinal de que o corpo está tentando combater alguma infecção aumentando a temperatura corporal.

Porém mesmo em um estado febril, se o bebê está letárgico, com perda do apetite ou chorando bastante, é recomendado que você entre em contato com um médico.

Avalie se realmente é necessário levar o bebê ao Pronto Socorro ou outros locais frequentados por pessoas doentes para evitar que ele acabe sendo contagiado por outras doenças.

Bebê recém-nascido com febre

Se o seu bebê tem até três meses de idade e está com temperatura igual ou maior do que 37,5°C, procure imediatamente pelo pediatra, pronto atendimento ou posto de saúde para que possam identificar o quanto antes a razão da febre.

O que causa febre em bebês

A febre não é uma doença, mas é o sintoma de alguma doença viral ou bacteriana. Geralmente a febre indica que o corpo do bebê está lutando contra alguma doença, e as mais comuns nessa fase são gripes, resfriados, otites, dor de garganta ou alguma outra infecção viral.

Apesar de menos comuns, a febre também pode ser causada por infecções urinárias, infecções bacterianas, meningites, entre outras doenças mais sérias que também causam febre.

Outras causas para febre são: reações à vacinas, insolação ou mesmo estar muito agasalhado em um dia quente também pode aumentar a temperatura corporal do bebê.

Sintomas de que o bebê está com febre

O sintoma mais comum é sentir, com os lábios ou mãos, que a testa ou pescoço do bebê está muito quente, porém existem outros sinais de que o bebê possa estar com febre e que devem ser observados:

  • Testa ou pescoço mais quentes que o normal;
  • Perda do apetite (não quer mamar ou comer);
  • Chorar mais do que o normal;
  • Dormir mal;
  • Desânimo para brincar;
  • Vômito;
  • Diarreia;
  • Erupções na pele;
  • Em casos mais graves em que a febre está muito alta, convulsões.

Ao notar qualquer um dos sinais acima, entre em contato com o pediatra para que o seu bebê receba a orientação necessária e jamais medique por conta própria, alguns medicamentos, como dipirona por exemplo, não podem ser oferecidos a bebês com menos de 1 ano.

Como tratar Bebê com febre

A febre é um sintoma de alguma doença, por esta razão é importante falar com o pediatra antes de oferecer qualquer medicamento e tentar diagnosticar a causa da febre para tratar a diretamente a doença. Porém existem algumas formas de aliviar a febre e que só devem ser aplicadas quando a temperatura é maior do que 38°C e o bebê apresenta alguns desconfortos ou já teve convulsão anteriormente.

  • Banho morno, de preferência na banheira (imersão). Não dê banho gelado ou muito quente, o banho deve trazer conforto para o bebê e não deixá-lo com frio;
  • Não agasalhe muito ou pouco o bebê. Deixe-o vestido de acordo com a temperatura do ambiente;
  • Ofereça bastante líquido para evitar a desidratação (leite materno, fórmula e, para bebês maiores, água, suco, caldos e sopas).

O que NÃO se deve fazer

Algumas receitas caseiras que não vão ajudar a tratar seu bebê são:

  • Medicar sem o consentimento do pediatra;
  • Banho frio ou gelado;
  • Colocar ervas, essências ou qualquer outro produto químico ou natural na água da banheira;
  • Passar álcool no corpo do bebê para baixar a temperatura;
  • Usar bolsa de água fria ou gelada;
  • Oferecer chás para crianças menores de 6 meses sem o consentimento do pediatra.

Febre acima de 39°C

Se o seu bebê está com febre alta, ou seja, acima de 39°C, fale imediatamente com o pediatra para que ele possa diagnosticar e tratar a causa da febre.

Sempre confie em seus instintos

Se o seu bebê está com febre e você desconfia que alguma coisa não anda muito bem, mesmo a febre sendo baixa, confie em seus instintos e entre em contato com um médico para que seu bebê possa ser examinado.

Você é sempre o melhor termômetro para saber se o seu bebê está doente ou não.

Você também vai gostar de ler:

Prisão de ventre em bebês, o que fazer?
Meu bebê transpira muito quando dorme é normal?
Dentinho de leite nascendo torto? Veja o que fazer
Culpas de mãe, será que só eu passo por isso?

Sobre Almanaque dos pais

Conteúdo produzido pela equipe do Almanaque dos pais.

Veja também

Direto das pessoas com autismo (TEA)

Falo hoje sobre o Direito das pessoas com Autismo, de uma forma bem sintetizada, com foco na educação, plano de saúde e na vida em sociedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.