Home / Gestação e parto / Complicações / Candidíase na gravidez: o que é, sintomas e tratamentos

Candidíase na gravidez: o que é, sintomas e tratamentos

As chances de uma mulher apresentar a candidíase na gravidez é maior do que quando não está grávida.

candidíase na gravidez

O que é candidíase

A candidíase é causada por um fungo, chamado Cândida. Este fungo vive na flora intestinal masculina e feminina.

Porém em cerca de um terço das mulheres, esse fungo também é encontrado na região da vagina, o que num primeiro momento não é sinal de alerta. O problema é quando a cândida começa a se proliferar mais do que os outros micro-organismos.

Quais os sintomas da candidíase

Quando a cândida começa a se proliferar na região vaginal, os sintomas, tanto para mulheres grávidas quanto as que não estão grávidas, são os mesmos:

  • corrimento vaginal mais denso;
  • coceira;
  • irritação;
  • odor.

Candidíase na gravidez

As chances de uma mulher grávida estar com candidíase chega a ser 10 vezes maior do que quando não está grávida. Isto acontece porque durante a gravidez, além de aumentar a umidade vaginal, o PH da vagina sofre algumas alterações deixando a região mais propensa à proliferação da cândida.

A candidíase na gravidez traz risco ao bebê?

Não, a candidíase não traz nenhum risco para o bebê durante a gravidez.

Porém, há risco de, durante o parto normal, o bebê ter contato com a cândida ao passar pela vagina. A cândida na boca causa o chamado “Sapinho” (clique aqui para saber mais sobre sapinho em bebês).

Sapinho é nome popular para candidíase na boca e seus principais sintomas são:

  • língua esbranquiçada;
  • cantinho da boca branquinho;
  • em alguns casos, assadura no bumbum já que ela passa por todo sistema digestivo.

Quando o bebê está com sapinho, ele também passa cândida para o bico do peito da mãe durante a amamentação, o que causa bastante ardência e irritação no bico do peito.

Quando isto acontece, a mãe precisará passar uma pomada, geralmente receitada pelo próprio pediatra do bebê, no bico do seio, um tratamento simples e rápido para se livrar da cândida.

Para o bebê o pediatra precisará avaliar o quanto está afetando o pequeno para determinar o melhor tratamento.

O que fazer se suspeitar de candidíase na gravidez

O primeiro passo é jamais se auto medicar, cada estágio da gravidez precisa de um tratamento diferente. Em alguns casos o obstetra pode pedir para não passar nenhum medicamento, já que depende não só do estágio gestacional, mas também do quanto ela está atacada.

Em outros casos ele pode sugerir uso de medicamentos como cremes ou próprios para banhos de imersão.

Receitinhas caseiras para aliviar os sintomas da candidíase

Atenção: as receitinhas caseiras são apenas para alívio e não para tratamento, converse sempre com seu médico para que ele possa determinar o melhor tratamento para o seu caso.

  • compressa de água fria na vagina;
  • compressa com chá de camomila frio na vagina;
  • ingerir aquelas bebidas “ricas em lactobacilos vivos” que regula a flora intestinal, auxiliando no controle da cândida;
  • durante o banho, lavar a região íntima somente com água ou chá de camomila, evitando o uso de sabonete, inclusive sabonete íntimo.

Dicas para evitar que a candidíase apareça

Existem sim algumas dicas que ajudam bastante no controle da candidíase, evitando que ela apareça e que podem ser aplicadas durante toda sua vida, e não somente durante a gravidez.

  • dormir sem calcinha;
  • durante o dia, usar somente calcinha de algodão;
  • evitar calças apertadas (jeans ou sintéticas) que não deixam a região “respirar”. Depois de usar calças apertadas ou sintéticas, ao chegar em casa coloque uma saia ou calça mais larguinha;
  • evitar o uso de protetores íntimos, principalmente perfumado;
  • evitar ficar com biquíni ou maiô molhado por muito tempo

Suspeita de candidíase, o que fazer

O primeiro passo é conversar com seu ginecologista ou obstetra, um exame simples identifica se há ou não a candidíase e o tratamento será determinado de acordo com o estágio gestacional o do quanto a cândida está proliferada em sua região íntima.

Você também vai gostar de ler:

Mamilo rachado ou sangrando, o que fazer?
Câimbra na gravidez: o que fazer e como evitar
Tabela Beta HCG por Semana de Gravidez ou Idade Fetal
Gripe na Gravidez

Sobre Monica Romeiro

Monica Romeiro
Monica Romeiro é mamãe babona e apaixonada do Lucas - nascido em janeiro de 2011 - e da Larissa - nascida em julho de 2012 -, casada, publicitária por formação e empreendedora na Internet por paixão – paixão por criar, ler, escrever, pesquisar, colaborar, navegar, ajudar e compartilhar suas experiências. Escreve (sem papas na língua) sobre maternidade e dá dicas sobre empreendedorismo.

Veja também

Câimbra na gravidez: o que fazer e como evitar

Saiba o que pode causar câimbra na gravidez, o que fazer quando elas ocorrem e como evitar esse incômodo comum no 2º e 3º trimestre de gestação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.