Coronavírus em Bebês: eles são mais vulneráveis? E os Prematuros?

Coronavírus em bebês, eles são mais vulneráveis? E no caso de Prematuros, existe alguma recomendação especial?

Bebês são mais vulneráveis ao Coronavírus?

Estudos recentes publicados no World Journal of Pediatrics tem mostrado que, apesar de contraírem o coronavírus com facilidade – afinal as crianças estão sempre com mãos nos rosto, no chão e toda superfície que conseguem alcançar – muitas apresentam poucos ou nenhum sintoma, a chamada “infecção silenciosa”.

Esta situação se encaixa, principalmente, em crianças com até 10 anos de idade.

Porém são transmissores em potencial, ou seja, como não apresentam sintomas em muitos casos, consideramos que estejam sem o coronavírus, mas na verdade estão com a infecção assintomática e transmitindo através de contato, saliva, excreções (como fezes) e gotas de contato.

Coronavírus é perigoso para bebês recém-nascidos e prematuros

Apesar de muitos casos serem assintomáticos, o coronavírus – COVID-19 – é uma infecção viral grave e pode ser ainda mais grave em bebês recém-nascidos, especialmente em prematuros.

Com seu sistema imunológico em amadurecimento, os pequenos ficam mais suscetíveis a complicações da doença.

Mães com coronavírus podem amamentar?

Sim, não há qualquer evidência de que o vírus passe para o bebê através do leite materno.

Porém é importante que a mãe tenha cuidado para não transmitir, especialmente pelas gotas respiratórias.

Os principais cuidados são:

  • Higienizar bem as mãos, braços, pescoço e colo antes de amamentar;
  • Utilizar máscara

Caso a mãe não se sinta segura com a amamentação, ela poderá ordenhar i leite e pedir para outra pessoa oferecer a mamadeira.

A higiene dos objetos utilizados na ordenha e produtos da criança, se possível, deverá ser realizada por outra pessoa.

O que faz as crianças não serem consideradas grupos de risco para o Coronavírus ou COVD-19?

Apesar do risco de contágio ser considerado, até o momento, o mesmo que nos adultos, as crianças de até 10 anos de idade geralmente não manifestam sintomas graves.

Ainda não se sabe ao certo a razão, apesar de muitas teorias estarem sendo levantadas. Como é uma doença que está se espalhando há apenas 2 meses, ainda há muito o que descobrir sobre ela.

Quais são os sintomas de coronavírus nas crianças?

Os sintomas do COVID-19 mais comuns em crianças são:

  • Tosse;
  • Nariz entupido (congestão nasal);
  • Dor de cabeça;
  • Diarreia.

Os sintomas do COVID-19 menos comuns em crianças são:

  • Febre;
  • Dificuldade para respirar.

Criança com sintomas de Coronavírus, o que fazer?

Mesmo que a criança já tenha tido contato com um caso confirmado ou suspeito de coronavírus, o primeiro passo é manter a calma e analisar a necessidade real de levar a um pronto socorro, já que é um ambiente que pode estar cheio de pessoas doentes e de fácil transmissão do coronavírus.

Procure o pediatra ou serviço de emergência se:

  • a criança tiver febre por mais de 48 horas;
  • febre alta (acima de 39 graus);
  • falta de ar;
  • ou outros sintomas graves.

Crianças com sintomas leves de coronavírus, o que fazer?

Se a criança manifestar apenas sintomas leves e estiver se sentindo bem, o recomendado é:

  • manter a criança em casa – mantenha a casa ventilada;
  • mantenha a criança hidratada;
  • evitar que a criança tenha contato com outras pessoas (apenas as que estão cuidando dela);
  • manter todos os cuidados de higiene, lavando bem as mãos e, se possível, utilizado álcool em gel;
  • se for preciso sair de casa, a criança doente deve utilizar máscara.

Avise o pediatra sobre o quadro da criança e siga as recomendações do médico.

A automedicação traz riscos para a saúde das crianças. Não existe um remédio certo para o tratamento da infecção do coronavírus e o uso do medicamento errado poderá piorar o quadro.

Você também vai gostar de ler:

Amamentação: saúde para a mãe e o bebê
Coronavírus em gestante
Devo acordar o bebê para amamentar?

Sobre Almanaque dos pais

Avatar
Conteúdo produzido pela equipe do Almanaque dos pais.

Veja também

Visão Do Bebê: Entenda os mistérios e cuidados

A visão do bebê é algo que desperta muitas dúvidas nos pais, principalmente para os …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *