Home / Colunistas / Dra. Taila Billa / Dentes de leite

Dentes de leite

Os dentes de leite (também chamados decíduos, provisórios ou caducos) receberam este nome devido a sua cor mais branca, leitosa. São dentes mais porosos e mais finos que os permanentes, e por isso ficam mais suscetíveis a cáries, merecendo cuidado redobrado.

Foto: Wikimedia
Foto: Wikimedia

Se os dentes de leite são temporários, por que tratá-los?

Aquela história de que os dentes de leite irão cair e por isso não precisam de cuidados é uma grande mentira. Apesar de ficarem pouco tempo na cavidade bucal, são dentes muito importantes e desempenham diversas funções:

– Auxiliam a correta mastigação e deglutição.
– Auxiliam na pronúncia das palavras.
– Estimulam o crescimento ósseo em altura da maxila e mandíbula (ossos que sustentam os dentes).
– Mantém o espaço presente para os dentes permanentes que virão.
– Preparam o caminho (guia) para a erupção dos dentes permanentes,

Quando nascem os primeiros dentinhos?

A idade cronológica (idade de vida) pode não coincidir com a idade biológica (idade de maturação do desenvolvimento).

O crescimento de uma criança varia de indivíduo para indivíduo, mas normalmente as meninas tem sua maturação mais cedo que os meninos.

As tabelas abaixo foram feitas com base na idade média para a erupção e esfoliação dos dentes de leite.

Erupção (nascimento) dos dentes de leite:

erupcao-dentes-de-leite

Esfoliação (queda) dos dentes de leite:

esfoliacao-dentes-de-leite

Quais os sintomas da erupção dos dentes de leite?

A erupção dentária é um acontecimento natural e pode estar associada a alguns sinais.

A criança tende a ficar mais agitada que o normal devido à coceira e dor na gengiva, apresentar um aumento considerável da salivação, inchaço e coloração mais esbranquiçada da gengiva, febre, diarreia e indisposição.

Apesar das discussões entre pesquisadores, não se pode afirmar que diarreia, vômito e febre sejam causas diretas da vinda dos dentinhos, já que não existem dados científicos suficientes para comprovar essa relação.

Devido à coceira causada pela erupção dos dentinhos, a criança procura levar tudo o que encontra à boca para morder.

Algumas crianças recusam alimentos, pois a dor é incômoda.

Foto: Wikimedia
Foto: Wikimedia

Como aliviar o desconforto desta fase?

bebe-mordedor-by-wikimedia
Foto: Wikimedia

Alimentos mais consistentes como pedaços de pão, cenoura ligeiramente cozida e maçã nutrem e ajudam a aliviar a coceira.

Mordedores de borracha massageiam a gengiva, e alguns modelos podem ser refrigerados para dar maior alívio ao bebê.

Massagear a gengiva com os dedos previamente embebidos em água fria.

Ainda existem as pomadas de lidocaína ou benzocaína, mas devem ser usadas com cuidado e em pequena quantidade, apenas quando a criança estiver muito incomodada, pois são medicamentos (anestésicos). Antes de utilizar qualquer pomada ou medicamento fale com o médico pediatra.

O dentinho do meu filho ainda não nasceu, e agora?

O atraso na erupção pode acontecer, assim como o adiantamento.

Devemos ficar atentos se o atraso é geral, ou de apenas um dente.

Quando é geral, pode ser por causa de uma gengiva mais fibrosa, que dificulta o seu rompimento. Nos casos de bebês prematuros, Síndrome de Down, hipo e hipertireoidismo, é comum este atraso da dentição.

Quando é de apenas um dente, pode ser por causa de uma gengiva fibrosa, por alguma estrutura no trajeto de erupção do dente, ou anodontia (não formação do dente).

Lembre-se sempre de levar seu baixinho ao dentista, pois é ele quem vai proporcionar um sorriso saudável.

Leia também:

Quando nascem os primeiros dentinhos do bebê

Sobre Dra. Taila Billa

Dra. Taila Billa é dentista especialista em ortodontia com aperfeiçoamento em cirurgia bucal. Atende em consultório próprio na cidade de Taubaté - SP. Contato: (12) 3026-8789.

Veja também

Porque o dente permanente não nasce?

O dentinho de leite caiu já faz tempo e o permanente não nasce? Quanto antes procurar um dentista melhor, pois problemas podem estar causando este atraso...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.