Home / Mamãe / Saúde / É normal ter um ovário maior do que o outro?

É normal ter um ovário maior do que o outro?

É normal ter um ovário maior do que o outro?

A resposta é sim, é normal ter um ovário maior e outro menor sem que isso represente qualquer problema. Uma pequena variação entre os tamanhos dos ovários é perfeitamente normal e esperado.

Mas atenção: Quando a diferença entre os tamanhos dos ovários é muito grande você deve procurar por um médico ginecologista para investigar a causa do ovário maior e ter um diagnóstico seguro.

ovario-maior-do-que-o-outro

Foto: Reprodução www.enkivillage.com

Estar com um dos ovários maior é sintoma de gravidez?

Na verdade não, não existe nenhuma relação entre ter um ovário maior e outro menor com uma possível gravidez. Para confirmar uma gestação é necessário realizar um teste de gravidez, sendo o mais seguro o beta-hCG quantitativo, um exame de sangue.

O que pode causar o aumento anormal do ovário?

São muitas as prováveis causas que podem provocar o aumento do ovário, entre elas:

Agora calma, como eu disse antes, as causas podem ser diversas, o importante é procurar um médico ginecologista para ser examinada o quanto antes.

Síndrome dos Ovários Policísticos

A SOP, abreviação para Síndrome dos Ovários Policísticos,  é um transtorno endócrino que vem acompanhado dos seguintes sintomas:

  • obesidade;
  • menstruação irregular
  • hiperandrogenismo (aumento dos hormônios masculinos, resultando no aumento de pelos no corpo, acne, entre outras características masculinas).

A SOP gera dificuldades para obter a gravidez, no entanto se a mulher pode engravidar de forma espontânea ou através de tratamento especializado dependerá de cada caso.

O que são cistos no ovário

A maioria dos cistos no ovário são consequência um folículo que não rompeu para liberar o óvulo. Este então pode crescer e formar o cisto.

Os cistos ovarianos, por exemplo, são umas bolsas de líquido e que podem se formar dentro ou fora do ovário. Na maioria dos casos os cistos do ovário não trazem complicações e, muitas vezes sem tratamento, tendem a desaparecer em alguns meses.

Muitas vezes os cistos não causam nenhum sintomas, porém os sintomas que podem acompanhar os cistos são náuseas, vontade frequente de urinar, dor pélvica e até mesmo a o ciclo menstrual desregular.

Câncer no ovário

O câncer no ovário causa o crescimento anormal do ovário. Quando a mulher possui mais de 50 anos ou está na menopausa, e é verificado o aumento ou deformidades no ovário, uma das possibilidades é o câncer no ovário.

Se diagnosticado é realizada uma cirurgia para remoção do tecido comprometido. Em casos mais avançados pode ser necessária a realização de quimioterapia.

Você também vai gostar de ler:

Quando a fertilização in vitro – FIV – é a melhor opção para engravidar
Ovário policístico e gravidez
Infertilidade sem causa aparente
Período Fértil: Como calcular

Sobre Almanaque dos pais

Conteúdo produzido pela equipe do Almanaque dos pais.

Veja também

Como está dividido o peso da gestante no final da gravidez

Saiba como está dividido o peso da gestante no final da gravidez: peso do bebê, útero, seios, sangue, gorduras, placenta, líquido amniótico....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.