Home / Colunistas / Dra. Silvana Chedid / Fiz laqueadura e me arrependi, e agora?

Fiz laqueadura e me arrependi, e agora?

Fiz laqueadura e me arrependi, e agora?

A laqueadura ou ligadura de trompas é um método de anticoncepção “definitivo” em essência, já que como procedimento cirúrgico não é feito para ser revertido. A técnica consiste em cortar e ligar as trompas de Falópio para prevenir o encontro do óvulo com o espermatozoide, evitando assim a gravidez para sempre. Apesar disso, não é raro receber uma paciente que tenha se arrependido de ter feito a laqueadura e deseja ter filhos novamente. E agora?

laqueadura-700

A boa notícia é que há esperança, o avanço da medicina reprodutiva oferece mais de uma opção para este caso, pois nem sempre com a reversão da laqueadura será possível engravidar novamente; dependerá de vários fatores que deverão ser estudados. Caso as possibilidades de restabelecer a fertilidade após a reversão sejam baixas, é preferível realizar a Fertilização in Vitro como alternativa que pode chegar a oferecer mais chances de sucesso. Vamos entender as duas opções:

Opção1: Reversão de laqueadura:

Reverter a laqueadura é possível dependendo de como foi feita inicialmente (porção da trompa cortada e técnicas utilizadas) e também considerando as chances de normalizar a fertilidade da paciente para que ela possa engravidar normalmente. Para tanto, o tempo de recuperação da cirurgia não pode ser um fator de risco para a qualidade dos óvulos, que começa a diminuir de forma mais intensa a partir dos 35 anos.

Alguns exames que podem ser solicitados para fazer o diagnóstico são a histerossalpingografia e a laparoscopia diagnóstica. Por outro lado é preciso avaliar a reserva ovariana (qualidade e quantidade dos óvulos) para conhecer aspectos que podem interferir na fertilidade da mulher.

Opção 2: Fertilização in Vitro (FIV)

Com a Fertilização in Vitro a fecundação do óvulo é feita em laboratório e por isso não é necessário que os espermatozoides passem pelas trompas interrompidas. Essa alternativa evita ter que submeter-se a uma cirurgia novamente e, portanto, evita também os respectivos riscos de um procedimento cirúrgico. A Fertilização in Vitro pode ter melhores taxas de êxito ou ser a opção viável dependendo do tempo de recuperação da cirurgia.

Quando a questão é saúde, é preciso ter cuidado ao comparar-se com outras pessoas, pois cada caso deve ser tratado individualmente de acordo com seu diagnóstico. Um especialista de confiança irá avaliar seu caso e responder todas suas dúvidas para que você possa tomar a uma decisão consciente. Consulte sempre seu ginecologista ou especialista em reprodução humana antes de tomar uma decisão.

Sobre Dra. Silvana Chedid

Dra. Silvana Chedid
Dra. Silvana Chedid (CRM 57672) é especialista em Reprodução Humana pelo Center for Reproductive Medicine da Universidade de Bruxelas (Bélgica). Por 15 anos dirigiu o CEPERH (Centro de Endoscopia Pélvica e Reprodução Humana do Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo) e por 10 anos sua clínica própria, que foi incorporada ao grupo espanhol de medicina reprodutiva IVI em 2012. www.ivi.net.br

Veja também

muco hostil

Muco cervical hostil, ou muco hostil. O que é, como identificar e o que fazer

O muco cervical hostil, ou simplesmente muco hostil, é considerado por alguns especialistas em fertilidade …

5 comentários

  1. Mirian kezia

    Oi tudo bem?
    Fiz uma laqueadura logo após o parto.Ha exatamente 6 anos.Ainda hoje minha ginecologista se esquece e pergunta se fiz laqueadura,Pois ela vê meus exames que estou ovulando normalmente.
    Sempre me considerei muito férteis para engravidar.
    Tenho um casal o primeiro fez 12 anos.
    E eu sinto desejos de engravidar novamente eu e ele somos saudáveis.
    Porque onde começo a analisar nesse caso de querer engravidar novamente?

  2. ELIZABETE DA SILVA

    Oi boa tarde ei fiz laqueadura eu poderia fazer inseminação in vitro e é muito caro

  3. Olá fiz laqueadura a 4 anos me arrependi tem como toma alguma que ajude no crescimento dasustentável tromba

  4. Minha última menstruaçãoa foi 30 de novembro tive relação dia 14 e dia 20 de dezembro consigo saber o dia que engravidei?

    • Silvana Chedid

      O dia exato da gravidez é difícil pois a ovulação nem sempre acontece no mesmo dia durante o ciclo menstrual.
      Para saber quando provavelmente estaria ovulando primeiro é preciso saber a duração completa do ciclo menstrual e diminuir 14 dias. Por exemplo, se o ciclo dura 30 dias, o dia da ovulação seria aproximadamente o dia 16, se o ciclo é de 24 dias, a ovulação estaria em torno do dia 10 e assim sucessivamente. Indico uma referência de post sobre esse assunto para você: http://blog.ivi-fertilidade.com/pt-br/periodo-fertil/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.