Home / Filhos / Educação e comportamento / Dizer não para os filhos também é um ato de amor

Dizer não para os filhos também é um ato de amor

Quando se trata da educação, dizer não para os filhos também é um ato de amor, carinho e cuidado.

O equilíbrio entre o sim e o não ajuda as crianças a descobrirem o que é certo e o que é errado, ensina que regras precisam ser respeitadas, os valores da família, além de ensinar a criança a controlar suas emoções e frustrações. Somente assim os pais poderão estabelecer os limites na educação infantil.

dizer nao para os filhos Monica Romeiro

O sentimento de culpa dos pais – os que querem suprir a ausência – é a principal razão dos excessivos “sim” que as crianças ouvem ao pedir um brinquedo desnecessário, um passeio fora de hora ou a quebra das regras da casa, especialmente quando o pedido é seguido por choros, birras, biquinhos e cara emburrada.

Nesses casos o ato de amor é dizer não, e não ao contrário como muitos acreditam. Se a birra acontecer em lugares públicos, a dica é levar a criança para um local mais tranquilo, mesmo que seja um canto da loja de brinquedos, segurar seus braços firmemente, porém sem machucar, olhar em seus olhos e falar com firmeza qual comportamento você não aceita.

Mantenha a calma e controle o tom de voz, uma voz firme é mais eficiente que gritos. Além de dizer não é importante explicar de forma que a criança entenda a razão da negativa, porém a melhor forma de assimilar é com o exemplo dos pais, a criança observa muito e aprende muito mais com o exemplo do que com palavras.

Quando os pais se comportam com ética e tratam seus filhos com respeito, educação e amor, os filhos consequentemente desenvolverão o mesmo comportamento.

O sim também é imprescindível e faz parte da educação infantil, especialmente quando aplicado para reforçar atitudes positivas. É importante aos pais buscarem o equilíbrio entre o sim e o não e manterem a coerência, pois de nada adianta dizer que não pode comprar aquele brinquedo caro hoje e amanhã chegar em casa com o brinquedo nas mãos porque não resistiu ao choro do filho na hora de dormir.

Educação dos Filhos: Estabelecer limites

Não há idade para começar a dizer não, até um bebê que faz manha ao ver a mamãe conversando com uma amiga já pode entender que aquele comportamento não é adequado. Dar limites é educar com valores, ensinando o respeito, desenvolvendo a tolerância, e tornando a criança menos egocêntrica, mais forte e compreensiva.

Estabelecer limites na educação dos filhos é essencial para sua formação e sucesso também na vida adulta, pois ajuda a lidar com as frustrações, especialmente no âmbito profissional em que os “nãos” serão encarados de forma mais leve. Papais e mamães, não se sintam culpados por dizerem “não”, nem por não poderem comprar aquele presente caro. O que realmente importa e estará na memória de seu filho para sempre é estar ao lado dele quando ele precisar, dar amor, carinho, educação e passar seus valores.

Post publicado originalmente no site OMO em 2014

Sobre Monica Romeiro

Monica Romeiro
Monica Romeiro é mamãe babona e apaixonada do Lucas - nascido em janeiro de 2011 - e da Larissa - nascida em julho de 2012 -, casada, publicitária por formação e empreendedora na Internet por paixão – paixão por criar, ler, escrever, pesquisar, colaborar, navegar, ajudar e compartilhar suas experiências. Escreve (sem papas na língua) sobre maternidade e dá dicas sobre empreendedorismo.

Veja também

Direitos Educacionais dos alunos com QI abaixo de 90 | Deficiência Intelectual Leve

Direitos Educacionais dos alunos com QI abaixo de 90 – deficiência intelectual leve. Direito ao …

3 comentários

  1. Sabina Mpanzu

    Amei a dica Mónica

  2. adriana joao de oliveira torres

    Eu concordo com tudo que esta escrito

    • Monica Romeiro
      Monica Romeiro

      Tudo bem Adriana?
      Obrigada por sua mensagem. Sabemos muitas vezes os “Nãos” também são bem dolorosos para dizer, mas necessários para que nossos pequenos cresçam educados, com limites e sabendo o quanto são amados.
      Beijos para você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.