Home / Colunistas / Dra. Claudia Hakim / Habilidades sócio emocionais e a sua crescente importância no desenvolvimento pessoal

Habilidades sócio emocionais e a sua crescente importância no desenvolvimento pessoal

O que são as habilidades sócio emocionais ?

Até pouco tempo, acreditou-se que bons alunos, necessariamente, seriam bem sucedidos profissional e pessoalmente. A inteligência pode ser resumida como a capacidade de resolver problemas, usando do raciocínio lógico para se adaptar ao ambiente. Habilidades cognitivas são aquelas relacionadas ao conhecimento. Mas, as pesquisas na área da neurociências e comportamento têm indicado que estas habilidades cognitivas não são as únicas ou melhores habilidades para se atingir o sucesso na vida adulta.

Foto: Reprodução Wikipedia
Foto: Reprodução Wikipedia

 

Os estudos acadêmicos atuais têm apontado que  não basta dominar os conhecimentos em Português e/ou Matemática, por exemplo, se o indivíduo não souber se relacionar com os outros, não for responsável, consciente ou não conseguir controlar suas emoções, entre outras características da personalidade. Estas são as competências sócio-emocionais, e que hoje em dia têm sido muito valorizada : autonomia, estabilidade emocional, liderança, sociabilidade, abertura à experiência, responsabilidade, curiosidade, perseverança…

Não há uma relação pré-definida e nenhum rol taxativa de quais seriam essas competências sócio-emocionais, mas, as pesquisas científicas em torno do sucesso e do bem estar emocional, social e até mesmo de saúde têm demonstrado que para as pessoas serem felizes e serem bem-sucedidas profissionalmente, deve ser dotada destas ditas habilidades sócio-emocionais. Estas habilidades, se bem trabalhadas, ajudam, inclusive, na aprendizagem.

O fato é que, o que as pesquisas estão descobrindo agora, pais e professores já sabiam há tempos. Sem persistência, dedicação, responsabilidade, esforço, organização, e boa sociabilidade, mesmo um aluno muito inteligente poderá ter dificuldades em ter uma vida acadêmica, pessoal ou profissional bem sucedida. Por outro lado, um aluno com alguma dificuldade de aprendizagem pode compensar com perseverança, disciplina e maturidade emocional para dar conseguir contornar suas dificuldades de aprendizagem.

Ao contrário das habilidades cognitivas que são natas, ou seja, o indivíduo já nasce com ela, as habilidades sócio-emocionais podem ser aprendidas em qualquer momento da vida, inclusive depois da infância, época em que melhor se desenvolvem as competências cognitivas.

  • E você.. O tem feito para o seu filho, aluno ou paciente desenvolver as suas habilidades sócio-emocionais?

Sobre Claudia Hakim

Advogada Especializada em Direito de Educação e Especialista em Neurociência e Psicologia Aplicada Autora do Blog e grupo no Facebook voltado para a Educação de Crianças Superdotadas : “Mãe de Crianças Superdotadas : www.maedecriancassuperdotadas.blogspot.com Membro Fundadora do Instituto Brasileiro de Superdotação e Alterações do Neurodesenvolvimento (IBSDND) Contato : claudiahakim@uol.com.br/ Fone : (11) 35113853

Veja também

Tabela do Sono do Bebê e Criança – 0 a 12 anos

Conheça a Tabela do Sono do Bebê e Crianças, segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.