Home / Papai / Saúde / Obesos ejaculam menos espermatozoides do que homens no peso ideal

Obesos ejaculam menos espermatozoides do que homens no peso ideal

Barra-guest-post

11 de outubro – Dia Nacional de combate à obesidade

OBESOS EJACULAM 9 MILHÕES DE ESPERMATOZOIDES MENOS QUE HOMENS DENTRO DO PESO IDEAL

  • Pesquisa do IVI (Instituto Valenciano de Infertilidade) revela a importância do peso do homem na fertilidade.

homem balanca dest

Pesquisa realizada por especialistas do IVI demonstrou a importância dos fatores físicos do casal na hora de conseguir a gravidez. O estudo titulado influência da obesidade masculina nas taxas de gestação em ciclos de reprodução assistida com óvulos doadosrevela que os homens obesos ejaculam em média 8 milhões de espermatozoides por mililitro menos que os homens que estão dentro do peso ideal, ou seja, com IMC (Índice de Massa Corporal) entre 19 e 25, conforme recomendação da OMS (Organização Mundial da Saúde)

A importância do peso na fertilidade do homem

O estudo realizado em Madri por especialistas do IVI contou com a participação de um total de 1.931 casais que realizaram tratamento de reprodução humana com utilização de óvulos doados. “O critério de investigar apenas casos com óvulos de doadoras foi uma premissa adotada para ter a máxima qualidade no fator feminino e, desta forma, minimizar os desvios nos resultados concentrando o peso do fracasso ou êxito da gravidez na qualidade do sêmen” – explica Dra. Genevieve Coelho, especialista em reprodução humana e diretora do IVI Salvador.

Entre os homens com um IMC ideal e com sobrepeso não foi identificada uma diferença significativa na concentração dos gametas masculinos, que foi respectivamente (52.8 mi/ml) e (53.2 mi/ml). No entanto, os homens obesos atingiram a média de 44,8 mi/mil espermatozoides por ejaculação. O estudo encontrou uma relação entre a obesidade e a baixa qualidade do sêmen, porém esta diminuição de qualidade não refletiu nos resultados de taxas de gravidez; fato pode ser entendido porque através da técnica de Fertilização in Vitro o sêmen passa por um processamento, onde a mostra exposta ao óvulo é selecionada e, portanto, qualificada.

“A conclusão do estudo foi que ainda que a obesidade afete a qualidade do sêmen, este obstáculo é superado ao utilizar a técnica de Fertilização in Vitro. Para casais que estão tentando engravidar de forma natural, e não através de tratamento de reprodução humana, recomenda-se não arriscar, pois quanto mais saudável e com melhor saúde estiver o pai, melhor qualidade genética terá não apenas para conseguir a gravidez, mas também para transmitir aos futuros filhos”, afirma Dra. Silvana Chedid, especialista em Reprodução Humana e diretora do IVI São Paulo.

 

Alimentação e fertilidade masculina

A qualidade e quantidade dos espermatozoides não são influenciadas simplesmente pelo peso, uma alimentação equilibrada também vai ser positiva para a saúde masculina. A nutricionista Raquel Pegorano dá dicas de alimentos importantes para fertilidade do homem:

Zinco: Presente no plasma seminal, sua deficiência pode levar a níveis mais baixos de testosterona e inibição da espermatogênese. Alimentos fonte de Zinco: ostras, carne bovina, fígado de galinha, carne de peru escura, feijões, germe de trigo, amêndoas, leveduras, entre outros.

Selênio: A maior parte do selênio encontrado está no sêmen. Esse mineral é tão importante quanto o zinco para a produção de esperma saudável. Alimentos fonte de Selênio: grãos integrais e ovos.

Vitamina C: De acordo com vários estudos, a vitamina C melhora a imunidade e também a qualidade do esperma. As frutas cítricas são ricas em antioxidantes, e por isso diminuem o impacto dos hormônios do estresse, que podem atrapalhar a ereção.

Guest Post escrito por IVI

Sobre o IVI

Com sede em Valência, na Espanha, o Instituto iniciou suas atividades em 1990. Possui 25 clínicas, em 7 países e é líder europeu em medicina reprodutiva. O grupo conta com uma Fundação, um programa de Docência e Carreira Universitária.

Desde 2010 está no Brasil, em Salvador e desde 2012, o instituto chega a São Paulo. Em ambas as ocasiões, através de parcerias com especialistas já consagradas no país (respectivamente Dra. Genevieve Coelho e Dra. Silvana Chedid).

 

 

Sobre Autor Convidado

Artigo escrito por um autor convidado. Mais informações sobre o autor você encontra no final texto acima.

Veja também

Diabetes e os problemas bucais

O que é Diabetes Mellitus? É uma doença caracterizada por um defeito na produção ou …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.