Home / Colunistas / Dra. Genevieve Coelho / Calendário de ovulação

Calendário de ovulação

Calcular o período fértil para montar um calendário de ovulação personalizado é muito útil tanto para evitar a gravidez quanto para saber os dias mais férteis e aumentar as chances de engravidar.

1 – A primeira coisa importante antes de começar a criar sua tabelinha é saber que este cálculo é uma estimativa e que pode variar de mulher para mulher e inclusive entre um ciclo e outro da mulher.

2 – A segunda coisa importante é que você precisa ter um ciclo regular para identificar quando sua ovulação está acontecendo. Ter um ciclo irregular não necessariamente significa que você tem algum problema de fertilidade, mas é um indicador de risco que deve ser analisado por um ginecologista especialista em reprodução humana para o caso de que seja necessário algum tratamento preventivo.

3 – O terceiro ponto que você deve ter em mente é não limitar o namoro com base no calendário de ovulação, pois está comprovado que manter relações sexuais frequentes, entre duas e três vezes por semana, aumenta as chances de engravidar.

Dias do período fértil

Os melhores dias para engravidar são os 4 que antecedem a ovulação, o dia da ovulação e um dia após a ovulação. Isso porque o óvulo sobrevive um dia após ser liberado pelo ovário, mas os espermatozoides podem sobreviver até 5 dias dentro do corpo da mulher esperando o óvulo graças à persistência dos próprios espermatozoides, mas também com a ajuda do corpo da mulher, que nos dias que antecedem a ovulação se prepara para propiciar um ambiente que ajuda os gametas masculinos resistir mais tempo.

Você pode ter mais precisão na hora de conhecer o seu período fértil se conseguir identificar a fase lútea do ciclo menstrual, que é o período que ocorre após a ovulação até um dia antes da menstruação. Para identificar a fase lútea você terá que identificar os sintomas da TPM, que normalmente são alterações no humor, sensibilidade nos seios e inchaço. Se você souber quantos dias dura a sua fase lútea, você pode calcular que um dia antes destes sintomas a ovulação provavelmente estará acontecendo.

Organizando o calendário de ovulação

A conta mais aproximada para identificar o dia da ovulação é diminuir 14 dias da duração completa do ciclo menstrual, ou seja, para um ciclo de 28 dias, será exatamente a metade, e em um ciclo de trinta dias seria o 16º dia.

Para saber a duração do ciclo menstrual, você deve anotar pelo menos por 3 meses o primeiro dia da menstruação e observar se durante os 3 meses o intervalo entre os ciclos menstruais é sempre igual. São normais os ciclos menstruais que duram de 21 a 35 dias.

O resultado do total do ciclo menos 14 dias ou menos os dias que você contou da fase lútea irá dar o dia provável da sua ovulação, então o que você deve fazer agora é marcar também os 4 dias que antecedem esta data e o dia posterior à ovulação. Este período de 6 dias é o seu período fértil.

Você também vai gostar de ler:

Chá de inhame para engravidar, mito ou verdade?
As melhores posições para engravidar
Dicas para engravidar mais rápido – em vídeo
Não Consigo Engravidar: o que faço?

Sobre Dra. Genevieve Coelho

Dra. Genevieve Coelho
Dra. Genevieve Coelho é ginecologista especialista em reprodução humana pelo Instituto Valenciano de Infertilidade (IVI), na Espanha, e especialista em vídeo cirurgia pelo Instituto São Rafael em Milão, Itália. Dirige o IVI Salvador desde sua fundação em 2009. www.ivi.net.br (71) 3014 9999

Veja também

O que você pensa pode ser tóxico para sua saúde e para sua longevidade

Há um princípio para o qual muitos de nós não dá atenção e que influencia diretamente em nossa saúde e longevidade: Como andam nossos pensamentos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.