Home / Colunistas / Dra. Claudia Hakim / Como deve ser oferecida a recuperação paralela pela escola e quem deve fiscalizá-la

Como deve ser oferecida a recuperação paralela pela escola e quem deve fiscalizá-la

Quem deve fiscalizar o cumprimento do reforço e das recuperações paralela pela escola ?

O cumprimento ou não pela escola quanto ao início e término das aulas no referido período fica sob a responsabilidade da supervisão de ensino, atividade extremamente importante para a garantia de uma escola com qualidade de ensino. Mas, também entendo que os pais devem, sempre que possível, fiscalizar se a escola está oferecendo estas oportunidade dos alunos recuperarem o conteúdo da matéria, que apresentam dificuldade.

Foto: Reprodução www.parentmap.com
Foto: Reprodução www.parentmap.com

E como deve ser feito este trabalho de recuperação paralela pela escola ?

O trabalho de recuperação dos alunos deve apresentar-se diverso daquele oferecido pelo professor da classe regular, pois se o aluno não aprendeu com a metodologia do professor regular não é pedagogicamente correto que se repita o mesmo procedimento pelo professor do reforço.

Também deve ser significativo, atraente e motivante; não deve apresentar um caráter punitivo mas uma nova possibilidade de aprender e agora de forma mais individualizada e para atender a diversidade de características, de necessidades e ritmos de cada aluno.

Quanto aos projetos de recuperação paralela e reforço, deverão ocorrer a partir de decisão do Conselho de Série/Classe e elaborados a partir das fichas de avaliação diagnóstica elaboradas pelo professor da classe regular. Os referidos projetos deverão ser elaborados em conjunto com os professores, e não somente pela coordenação pedagógica, e aprovados pela Diretoria de Ensino. A direção da escola e coordenação pedagógica deverão coordenar, implementar, acompanhar e avaliar os referidos projetos, disponibilizar espaço físico e material pedagógico, promover a integração com as famílias dos alunos, enfim, zelar para que o reforço apresente um impacto positivo na aprendizagem dos alunos.

Sugestão para a escola : A Escola oferece um roteiro de recuperação ao longo do ano, que contém exercícios que devem ser entregues ao final da recuperação e cuja nota é incorporada à avaliação feita na prova.

O que fazer se a escola não oferecer recuperação paralela ao aluno?

Porém, se a escola não oferecer REFORÇO, NEM RECUPERAÇÃO PARALELA ao longo do ano letivo,  isto configura INFRAÇÃO LEGAL aos direitos do aluno e qualquer decisão que retiver o aluno de série, não considerando o reforço e as recuperações paralelas deverá ser anulada, seja via administrativa perante a diretoria de ensino ou judicialmente, mediante ação judicial.

Leia também:

O que é Recuperação Paralela
Escolas não podem negar matricular alunos autistas ou cobrar taxas extras
Data corte para matrícula no ensino fundamental e educação infantil

Sobre Claudia Hakim

Advogada Especializada em Direito de Educação e Especialista em Neurociência e Psicologia Aplicada Autora do Blog e grupo no Facebook voltado para a Educação de Crianças Superdotadas : “Mãe de Crianças Superdotadas : www.maedecriancassuperdotadas.blogspot.com Membro Fundadora do Instituto Brasileiro de Superdotação e Alterações do Neurodesenvolvimento (IBSDND) Contato : claudiahakim@uol.com.br/ Fone : (11) 35113853

Veja também

Direitos Educacionais dos alunos com QI abaixo de 90 | Deficiência Intelectual Leve

Direitos Educacionais dos alunos com QI abaixo de 90 – deficiência intelectual leve. Direito ao …

2 comentários

  1. Gostaria do contato da DRa Claudia Hakim.
    Aguardo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.