Home / Filhos / O bebê mês a mês / Desenvolvimento do bebê de 1 mês

Desenvolvimento do bebê de 1 mês

Seu filho completou 1 mês de vida, passa rápido apesar de muitas histórias para contar e uma mudança radical na rotina da sua casa. Acompanhe com a gente o desenvolvimento do bebê de 1 mês,  neste post relacionamos as principais informações deste 2º mês de vida do bebê.

Prepare o coração, seu bebê em breve começará a sorrir!

Menino logo-FILHO

Altura mínima: 50,8 cm
Altura máxima: 58,6 cm
Peso mínimo: 3,4 kg
Peso máximo: 5,8 kg

Meninalogo-FILHA

Altura mínima: 49,8 cm
Altura máxima: 57,6 cm
Peso mínimo: 3,2 kg
Peso máximo: 5,5 kg

O desenvolvimento do bebê de 1 mês

bebe de 1 mes
Foto: Sherry & John

Seu bebê já quer se comunicar e o sorriso, conhecido como sorriso social, é a demonstração de que está tudo bem – que ele está se sentindo bem e que o desenvolvimento psíquico está em ordem – e que ele está gostando da atenção, carinho e gracinhas que recebe.

Você vai ficar apaixonada com tantos sorrisos banguela. Lembre-se de sempre retribuir o sorriso, mas acreditamos que seja impossível não retribuir.

Os sentidos

As retinas finalmente se fundiram, o que significa que agora o bebê já consegue acompanhar pessoas e objetos em movimento. Outra boa notícia é que ele consegue enxergar os rostos com mais detalhes e já conhece bem a mamãe, papai e pessoas de sua convivência.

Sua capacidade intelectual se desenvolve rapidamente: ele já busca o peito da mãe, especialmente quando o bico do peito escapa de sua boca; ele começa a tentar pegar objetos que alcança, tais como os dedos das mãos do papai e da mamãe; reconhece a mamãe pela voz, cheiro e, se estiver próxima, por alguns traços de sua fisionomia que ele já consegue enxergar.

Comportamento, estímulos, brincadeiras e brinquedos

Com os olhinhos do bebê se desenvolvendo, os móbiles são excelentes para estimular ainda mais a visão. Seus movimentos lentos e cores vibrantes (que logo o bebê conseguirá ver com mais detalhes) chamam a atenção e deixam os bebês entretidos.

Quando conversar com o bebê estabeleça o contato visual também, fale de forma gentil e seja expressivo. Quanto mais informações o bebê tiver, maior sua vontade de interagir.

Suas mãozinhas continuam fechadas, o que requer um cuidado melhor na hora do banho, pois pode acumular sujeiras, suor e causar irritação e até mau cheiro.

O banho começa a se tornar um momento mais gostoso para o bebê. Cante baixinho e converse com voz suave durante o banho do bebê, para completar faça massagens suaves com hidratante próprio para bebê após o banho, além de estimular o contato, o bebê adora e ficará ainda mais relaxado. Essa rotina é perfeita para preparar para o sono da noite, o bebê limpo e relaxado dorme melhor e por mais tempo.

Nesta fase o bebê chega a dormir entre 19 e 20 horas por dia, mas ainda em intervalos curtos de 3 a 5 horas cada. Como ele já consegue diferenciar dia e noite, tente manter os ambientes bem iluminados durante o dia e escuros durante a noite, assim ele passará a dormir por períodos maiores quando anoitecer.

Alimentação

O bebê necessita somente de leite materno em seus primeiros 6 meses de vida. Você poderá notar que o bebê está ainda mais faminto, porém é importante que você deixe seu bebê determinar o quanto ele quer mamar e quando, a não ser por ordens do pediatra. Sempre que o bebê solicitar ofereça o leite materno e, quando seu estômago estiver cheio, ele mesmo irá parar de mamar. Se notar que ao esgotar o leite de um dos seios ele continuar agitado, talvez você precise começar a oferecer os dois seios em cada mamada.
Para que suas necessidades nutricionais sejam supridas ele precisa ingerir cerca de 600ml de leite por dia, o que significa cerca de 400 a 900 calorias por dia.

Desenvolvimento

Uma grande evolução desse segundo mês de vida é que ele começa a levantar a cabeça, virar para os lados e, se colocado deitado com a barriga para baixo, já consegue virar a cabeça para o lado mais confortável e até mesmo levantar o queixo, porém por períodos curtos.

Nesta etapa do desenvolvimento o bebê deverá ganhar cerca de 150 à 200g por semana. Esse ganho logo será visível em suas pequenas bochechas e dobrinhas lindas em seu pescoço, braços e pernas. Porém o ganho de peso não é o único indicador de crescimento do seu bebê, o pediatra também irá medir circunferência da cabeça, tórax e barriga. A análise de todos esses dados, mês a mês, indicarão o desenvolvimento do filhote.

Cuidados

O bebê ainda é muito frágil e vulnerável a doenças. O ideal é que o bebê fique em casa, saindo somente para visitas ao pediatra. O passeio que já está liberado é o banho de sol matinal. Colocando o bebê no carrinho a mamãe também aproveita para fazer caminhada. Caminhar com o bebê é uma delícia!

Seu pescoço ainda não está fortalecido o suficiente para sustentar o peso da cabeça. Ao pegar o bebê no colo tome bastante cuidado com a cabecinha que tente a cair para trás. Oriente as demais pessoas que irão pegá-lo para sempre fornecer sustento para a cabeça.

Se você possui animais de estimação, nunca os deixe com o bebê sem supervisão. O bebê pode se machucar quando um animal tenta interagir por curiosidade, esbarrando por acidente em seu carrinho, ou mesmo tentando se deitar ao lado dele no sofá, cama ou até no berço.

Apesar de muito pequeno, jamais deixe o bebê sozinho em trocadores, camas e outros locais que não sejam perfeitamente seguros, pois eles podem se movimentar e cair.

Saúde

Alguns bebês podem começar a apresentar cólicas que, apesar de não causarem nenhum problema sério, causam desconforto para a criança. Quando a cólica aparecer fique com o bebê em seu colo, barriga com barriga, para que ele possa sentir seu calor. Bolsa de água morna, banho morno, especialmente no ofurô especial para bebês, também ajudam a aliviar esse desconforto. Se o choro persistir procure sempre o pediatra.

Bebês prematuros

Se o seu filho nasceu prematuramente, ele levará um pouco mais de tempo para apresentar as características citadas. Por esta razão os prematuros possuem duas datas, a cronológica (data do nascimento) e a corrigida (data prevista do parto). Para acompanhar o desenvolvimento do bebê considere a data corrigida.

A mamãe

Finalmente você começa a sentir que o bebê está respondendo, interagindo e demonstrando o quanto gosta de estar com você, afinal nas primeiras semanas o bebê não demonstra muito coisa além de sono, fome e desconforto, não é mesmo?

Fale com seu médico sobre quais exercícios você está liberada para realizar, e já comece a fazer pequenas caminhadas com o bebê pela manhã para aproveitar o sol matinal. Vale lembrar que exercícios que exigem muito esforço podem afetar a produção de leite materno.

Compareça a todas as consultas pós-natal, mesmo que tenha sido parto normal. Também é uma oportunidade para conversar sobre métodos contraceptivos, futuras gestações e sua saúde.

Cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo. Havendo qualquer dúvida fale sempre com o pediatra, somente ele está apto a avaliar o desenvolvimento do seu filho está adequado para a idade.

Você também pode gostar de ler:

Desenvolvimento do bebê no 1º mês de vida
Desenvolvimento do bebê de 3 meses

Gravidez: Vídeo do desenvolvimento fetal
Dicas para evitar acidentes com as crianças no banheiro
Viagem de avião com bebês e crianças

Sobre Almanaque dos pais

Conteúdo produzido pela equipe do Almanaque dos pais.

Veja também

Foto: Sherry & John

Desenvolvimento do bebê de 5 meses

Desenvolvimento do bebê de 5 meses: sentidos, comportamento, saúde, vacinas, dicas para mamães e muito mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.