25 Semanas de Gestação

Centenas de mulheres já recebem o Gravidez Semana a Semana por email!

Sua Gravidez: 25 semanas de gestação

gravidaNesta semana você entrou no sétimo mês lunar. É o momento ideal para descansar, dormir sempre que possível e se preparar para a chegada do seu bebê.
Certamente sua cabeça está repleta de planos e pensamentos sobre tudo que você quer deixar pronto até o dia do parto, porém se você já tem outro(s) filho(s) esses pensamentos devem ser bem mais tranquilos. Mas se juntarmos as suas preocupações com todos os conselhos diários de amigos e parentes teremos a receita perfeita para um cérebro em pane.

Você e seu corpo

Está cada dia mais difícil pensar em você como indivíduo, ou seja, a esta altura você talvez nem se lembre de como é não estar grávida, o bebê já faz parte de sua vida e fica impossível pensar em você sem incluir o seu filhote.
Ao escovar os dentes você poderá notar um pouco de sangue na escova. É sua gengiva que está mais sensível por conta dos hormônios. Ao passar o fio dental poderá sair ainda mais sangue. Se o sangramento estiver intenso, procure um dentista que poderá lhe indicar um creme dental apropriado ou bochechos com algum produto indicado para gestante. De qualquer forma a higiene bucal é muito importante e a escovação diária e uso de fio dental não poderá ser interrompido por conta do sangramento. Se o seu dentista necessitar indicar algum medicamento, peça a ele para conversar com seu obstetra antes de receitá-lo.
Em seus seios alguns vasos azulados podem ser notados, isto se deve ao aumento da circulação sanguínea nesta região.
Alterações de humor também podem ocorrer, e é claro que é culpa dos tais hormônios da gravidez.
Abrir a geladeira para procurar petiscos virou quase um esporte? E aquela sensação de um buraco no estômago que nunca é preenchido? Se isso faz parte da sua rotina é hora de analisar com carinho a sua alimentação. Bolos, chocolates, massas e bolachinhas podem ser muito atraentes, mas não contribuem em nada para a sua saúde e a do bebê, somente engordam e como a digestão desses alimentos é rápida, logo você estará assaltando a geladeira novamente. Pense sempre em qualidade ao invés de quantidade. Isso não significa que você deve passar fome, pelo contrário, você deve se alimentar bem e nutrir adequadamente o seu corpo e do seu bebê.
Os ligamentos e músculos do seu corpo estão trabalhando duro para dar suporte à gestação e se preparando para o parto. Algumas dores costumam aparecer e uma boa forma de aliviá-las é tomar um banho morno e massagear levemente o corpo. Lembre-se que banho de imersão com água quente não é indicado para gestantes, fale com seu médico antes de entrar numa banheira.

Foto: Lusi
Foto: Lusi

A ansiedade em montar o enxoval cresce a cada dia, mas tente manter a calma e não saia comprando sem antes montar uma lista. Converse com outras mamães para saber o que você realmente precisa, afinal as propagandas e mesmos as listas prontas das lojas indicam uma série de itens que você jamais usará, e se for usar por pouco tempo não vale a pena investir naquele modelo super caro. E lembre-se que estocar fralda é um risco, afinal seu filhote pode apresentar alergia por algumas marcas e você perder todo aquele estoque. Compre somente tamanho pequeno, em pouca quantidade e sempre mais de 1 marca para você decidir qual é o melhor para seu pequeno.
Lembre-se de sempre procurar um médico ao sentir qualquer sintoma diferente, tais como dores, sangramentos, desmaios ou tonturas. Esse cuidado poderá evitar o parto prematuro e trará mais tranquilidade para você.
Mantenha o hábito de dormir sempre virada para o lado esquerdo para aliviar a pressão na veia cava e manter o suprimento de sangue e oxigênio adequado para o bebê. Esta posição também ajuda na circulação da mamãe aliviando inchaços e dores nas pernas causadas pela má circulação. Para que a coluna não fique curvada dobre as penas e coloque um travesseiro entre elas, desta forma você terá mais apoio e conforto para dormir. Se a barriga já estiver pesada e incomodando, utilize um travesseiro também para apoiar a barriga.

Semana 25

Seu Bebê

Seu bebê já está medindo cerca de 22 cm (da cabeça até o bumbum – ou 30 a 33cm da cabeça aos pés) e pesa cerca de 700g, podendo chegar a 840g até o final desta semana.
Seus braços e pernas já estão proporcionais e suas mãos abrem e fecham.
Suas narinas estão liberadas e o bebê já pode praticar os movimentos respiratórios. Os olhos já respondem à luz, uma lanterna na barriga poderá fazer com que o seu filhote se movimente.
Apesar de já ter cabelos, sua cor e textura podem mudar, ou seja, um bebê que nasce com cabelos claros e ondulados poderá em pouco tempo estar com cabelos escuros e lisos ou vice-versa.
O bebê ainda explora várias posições em seu útero, hora está sentado, hora na diagonal e assim por diante. Nesse estágio da gravidez eles ainda estão com espaço para explorar, esticar e procurar posições confortáveis. Mas esse sapequinha geralmente escolhe as posições mais complicadas na hora do ultrassom só para dificultar para o médico ver seu rostinho lindo e deixar a mamãe ainda mais curiosa.
O batimento cardíaco do bebê é 2 vezes mais rápido do que o da mamãe e, se você tiver um ultrassom esta semana, aproveite para observar a velocidade dos batimentos. Esse som é tão gostoso de ouvir que algumas mamães até compram um kit doppler para monitorar em casa os batimentos, porém essa ação só é indicada em casos de gravides de risco.
Os vasos capilares, ou capilares sanguíneos estão se formando. São os minúsculos vasos do sistema circulatório responsáveis pelo recolhimento e distribuição de sangue nas células.

Alimentação da mamãe…

alimentos saudaveis cereal (640x427)A prisão de ventre é um vilão para muitas gestantes e uma boa forma de evitar esse mal é com uma alimentação adequada. Durante a gestação o ideal é ir ao banheiro todos os dias ou pelo menos 4 vezes por semana. A primeira ação para melhorar o funcionamento do intestino é aumentar a ingestão de líquido para, pelo menos, 2 litros ao dia, diminuir o consumo de gordura e açúcares e aumentar a ingestão de fibras.
Os alimentos mais indicados são: cereais, pães integrais, verduras, legumes e frutas tais como o mamão, melão, laranja, ameixa, manga e melão. Evite consumir goiaba, maçã, pera e banana quando se sentir constipada.

Dicas da semana:

cafe - costiq (640x501)Você costuma sair à noite para jantar, encontrar amigos para um bate papo ou mesmo visitar os parentes? Aproveite esses hábitos noturnos durante a gestação, pois após o nascimento do bebê será mais difícil realizar essas “aventuras” noturnas tanto por conta do desconforto do bebê em locais com barulho ou com muitas pessoas, quanto à importância em manter um ambiente confortável, silencioso e seguro para que seu filho se acostume a dormir bem durante a noite para aproveitar melhor o dia. Mas nada de exageros para a mamãe também porque é importante que você descanse e tenha pela menos 8 horas bem dormidas por noite.

nao fumeJamais fique no mesmo ambiente em que alguém estiver fumando. O fumo, mesmo que passivo, é extremamente prejudicial ao bebê, pois o monóxido de carbono e demais químicas que você inala não são filtradas pela placenta. Este problema se agrava caso você seja fumante, ou seja, faça tudo que estiver ao seu alcance e pare imediatamente fumar. Vale hipnose, acupuntura, grupos de apoio e terapias ocupacionais. Para fortalecer essa dica, estudos da Universidade Hasselt (Bélgica) com base em 600mil partos, indicam que a aplicação da lei antifumo no país diminuiu o número de partos prematuros, ou seja, partos com menos de 37 semanas de gestação. A lei foi aplicada em 3 fases e a cada fase deu-se uma maior redução nos índices. Então nada de fumar e mantenha distância de pessoas fumando, combinado?

enxovalUm dos desafios ao pensar no enxoval é sobre os tamanhos. Alguns bebês nascem grandinhos e o ultrassom nas últimas semanas poderá estimar as medidas. Aguarde essa época para comprar as roupinhas menores, pois seu bebê poderá nem usar roupas RN (recém-nascido) e ir direto para o P ou 3 meses. Pois é, você encontrará uma enorme variação de nomenclaturas e medidas entre as marcas de roupas, algumas utilizam PP, P, M, G, GG, outras utilizam os nomes RN, 3 meses, 6 meses, 9 meses, 12 meses, 18 meses e assim por diante. Mas nem sempre um bebê de 3 meses utiliza roupas de 3 meses ou P, ele pode ser grandinho e usar roupas de 6 ou até mesmo 9 meses se for bem fofinho. Calma, não precisa entrar em pânico com essas informações, relaxe, compre somente o necessário (a não ser que você vá montar o enxoval no exterior) e com o tempo você irá adquirir novas peças a medida que achar necessário. E prepare-se para não conseguir usar algumas peças lindas, eles crescem tão rápido que nem sempre conseguem usar todas as roupinhas que possuem.

 

Confira as demais semanas

Sem. 01 Sem. 02 Sem. 03 Sem. 04 Sem. 05
Sem. 06 Sem. 07 Sem. 08 Sem. 09 Sem. 10
Sem. 11 Sem. 12 Sem. 13 Sem. 14 Sem. 15
Sem. 16 Sem. 17 Sem. 18 Sem. 19 Sem. 20
Sem. 21 Sem. 22 Sem. 23 Sem. 24 Sem. 25
Sem. 26 Sem. 27 Sem. 28 Sem. 29 Sem. 30
Sem. 31 Sem. 32 Sem. 33 Sem. 34 Sem. 35
Sem. 36 Sem. 37 Sem. 38 Sem. 39 Sem. 40

Sobre Almanaque dos pais

Conteúdo produzido pela equipe do Almanaque dos pais.

Veja também

Semana 24

24 Semanas de Gestação

Com 24 semanas de gestação o seu bebê já mede cerca de 21cm e pesa 500g. Ele poderá ganhar mais 200g até o final desta semana.

11 comentários

  1. Muito bom, parabéns pelo conteudo!

  2. Drica Lorena

    Gente boa tarde! não sei se acontece com vocês mas eu to sentindo muita câimbra chego a passa mal ja fiz de tudo exercício, comer banana e nada. alguma dica

    • Almanaque dos pais

      Olá Drica, tudo bem?
      As câimbras realmente podem fazer parte da rotina das gestantes. Uma dica que pode lhe ajudar é alongar levemente antes de se levantar da cama ou cadeira e, ao sentir que a câimbra vai pegar, realize massagem no local para aliviar os músculos. Uma bolsa de água quente também pode lhe ajudar.
      Fatores que pioram a incidência de câimbras: pouca ingestão de água e excesso de fósforo, presente em frios, salgadinhos e refrigerantes.
      Beijos

  3. Que fase gostosa,meu bebê mexe muito é um menino!!!

    • Almanaque dos pais

      Parabéns pelo meninão Gisele!
      Essa fase realmente é uma delícia, sentir o bebê mexendo é incrível e um ótimo sinal de que ele está se desenvolvendo!
      Beijos

  4. REGIANE ARRUDA

    Olá…
    Estou com 25 semanas de gestação, minha princesa estava no Ultrassom de 23 semanas com 28 cm e 609 gr, tamanho e peso nd além do normal e saudável graças a Deus.
    Porém estou sofrendo muito com dores nas costas, (dor lombar) que essa dor é normal todos sabem porém minha dor está além do normal, está sendo insuportável e nunca senti essa dor com tamanha intensidade.
    Nessa semana precisei pegar um atestado pra repousar um dia, pois nesse dia eu não conseguia sequer sentar e levantar me sem a ajuda do meu marido, é uma dor do outro mundo…ESTOU ENLOUQUECENDO!!!
    No decorrer do meu expediente eu as vezes vou ao banheiro pra desabafar em lágrimas, estou me esforçando pra suportar mas tem dias que é IMPOSSIVEL… eu chego a gritar de dor, coisa que nunca fiz nem nos meus dois partos normais. DETALHE: não posso tomar nenhum medicamento e o que posso tomar não alivia em nd!
    SOMENTE DESABAFOSSSSSS

    • Monica

      Tudo bem Regiane?
      Nossa, que barra. Realmente a dor na lombar acomete muitas gestantes, especialmente por conta do nervo ciático que é “pinçado”, refletindo a dor na lombar e pernas.
      Passei por isso também na minha segunda gestação e o que salvou minha qualidade de vida foi uma injeção de cortisona, na dose adequada ela é segura também para o bebê e a dor diminui muito (no meu caso não chegou a sumir, mas pelo menos eu conseguia andar sem dor, porém levantar da cama ou sofá continuava dolorido).
      Fale com seu médico sobre a possibilidade da cortisona para você. Estou torcendo muito por sua recuperação. Volte para nos dar mais notícias!
      Beijos

      • Regiane Arruda

        Ola Mônica!
        Nossa,sério que existe uma injeção?!!! Poxa bom saber,todos os médicos que passei disseram q a tendência é piorar e só posso tomar paracetamol junto com buscopam mas aonde q isso passa uma dor violenta nas costas? E Qdo dá uma aliviada realmente desce para as pernas…
        Semana que vem inicio o pré natal com outra obstetra pois o medico que eu passava se desligou do convênio. Vou questionar essa questão com ela.
        Graças a Deus hj estou bem mas isso é momentâneo. Comprei até uma faixa gestacional da nuk que por sinal tem me ajudado um pouco.
        Meu medo é que eu desejo ter mais um filho futuramente e tenho medo dessa dor piorar numa gestação futura… Os médicos faltam dizer que estou velha… Dizem que já tenho uma idade avançada.
        Poxa 32 anos ser velha pra ser mãe é fogo

        • Monica

          Pois é Regiane, a cortisona realmente me ajudou muito, quem sabe seu caso é similar ao meu e seja uma solução para você!
          Por coincidência, eu tinha 32 anos quando engravidei pela segunda vez, mas se te chamarem de mãe velha me avisa que compro a briga junto… kkkkkk… brincadeiras a parte, fique tranquila que a dor lombar tem muito mais relação com esforço físico (pegar filho no colo durante a gravidez foi meu maior problema, quando engravidei meu filho tinha só 9 meses) e genética, tem muita mamãe de 40 que não sente dor alguma.
          Beijos e melhoras!!

          • Regiane Arruda

            Vou verificar com minha médica mas meu caso creio que seja devido o peso!
            Não pego peso pois minhas filhas tem 10 e 8 anos elas mesmas não me deixam pegar peso…rsrsrs
            Desde o início que minha barriga se mostrou e hj com 6 meses comparada a outras gestantes, minha barriga continua mais pra frente sabe… No meu trabalho há quem diga que estou já com os 9 meses só esperando a hora Hoje… Acredita nisso? Kkkkkkkk
            Embora eu acho um tremendo exagero, não acho tãoooo grande assim! Meu útero com 22 semanas estava com 24cm e minha filha é muito folgada rsrs, toda ultrassom que faço ela tá deitada com os joelhinhos dobrados e bumbum pra cima, e sinto ela pesando pra baixo sabe! Acho q isso favorece essa dor, além do peso… Engordei 7 kg até o momento mas o problema é que estou com 77kg e nas duas gestações anteriores eu cheguei aos 77 com os 9 meses… Engordei 20kg na primeira e 15kg na segunda mas não passei de 77 e nessa já estou com 77 pois eu já não tenho aquele corpo de menininha de antes! Eu penso que seja esses dois fatores que causam essa dor..
            Ahhhh outra coisa,não posão deitar com a Barriga pra cima por mais de.5 minutos pq senão vem uma dor absurda na barriga e chega a endurecer minha barriga, nossa é uma dor que toda noite eu sentia no meio da madrugada e eu não entendia o pq, e embora ainda não entenda a razão que causa essa dor, percebi que só ocorre se eu me deitar de barriga pra cima…
            Nossa eu sei q uma gestação é diferente da outra mas essa de fato está me surpreendendo…
            Obrigada pela atenção e carinho Mônica!

          • Almanaque dos pais

            Olá Regiane!
            Não se apegue às comparações de barriga, cada gestação é única e cada mulher também. Como o útero possui “memória”, ele já sabe que precisará se expandir para acomodar o bebê, desta forma a tendência é que a cada gestação sua barriga fique um pouco maior e o bebê nasça um pouco mais pesado também. Mas isso não é regra.
            Para evitar desconforto noturno e também te ajudar durante o dia, tente se acostumar a dormir de lado, apoiada em seu lado esquerdo. Use um travesseiro entre as pernas e, se achar mais confortável, outro para apoiar a barriga. Essa posição alivia a pressão sobre o nervo ciático.
            Outro benefício dessa posição é que ela também alivia a pressão sobre a veia cava, melhorando a circulação sanguínea, oxigenação do bebê e diminuindo retenção de líquido da mamãe.
            Beijo para você e outro na barriga!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione a opção desejada para ser notificado sempre que um novo comentário for publicado ou quando houver uma resposta para seu comentário.